Categoria(s) do post: Estudos

Quando eu trabalhava em uma empresa e dedicava mais de quatro horas por dia ao deslocamento, tempo para estudar era um luxo. O fato é que o que torna a gente uma pessoa organizada não é “agendar blocos de tempo” para estudar (no caso), mas aproveitar as diversas janelas de tempo ao longo de um dia inteiro para estudar um pouquinho. Sim, o modo de estudar será diferente. Mas compare com não fazer nada. 🙂

Seguem então três dicas para você encontrar mais tempo para estudar no seu dia a dia, mesmo que você tenha uma rotina bem pesada de trabalho e sem muito tempo efetivamente.

1. Ciclo de disciplinas

Crie uma “pizza” com todas as disciplinas que está estudando atualmente, atribua um bloco de tempo suficiente para cada uma delas (1h30 de cada vez? 1h? 2h?) e comece HOJE com a disciplina que tem mais dificuldade. Faça o tempo que conseguir. Se conseguir um bloco inteiro, ótimo. Se não, da próxima vez que for estudar, comece de onde parou, até concluir o tempo do bloco que estipulou. Esse método de estudo por ciclos foi inventado pelo Alexandre Meirelles e você pode saber mais sobre ele aqui. Não depende de grandes blocos de tempo para estudar, tornando seu estudo mais fluido e adequado aos imprevistos do dia a dia.

2. Hora do almoço

Você pode todos os dias levar algum material para estudar na hora do seu almoço. Se puder, leve comida de casa, coma em 15 a 20 minutos, e aproveite o tempo restante para estudar. Aqui você pode pensar em outros momentos do seu dia que talvez você consiga encaixar esse estudo, como talvez chegar meia hora mais cedo no trabalho (apenas se você puder, tá bem?) ou estudar de noite, que seja meia hora apenas. A ideia é te mostrar como pode ser difícil conseguir 1 hora de estudo, ou 3 horas de estudos, mas se você colocar 30 minutos aqui, 40 minutos ali, vai aumentar seu tempo de estudos sem demandar tanto esforço.

3. Tenha sempre um material com você

Essa é clássica! Onde quer que você vá, tenha um material, um livro, uma apostila, um texto, seu caderno. Eu mesma, no trabalho, muitas vezes deixo um livro ao meu lado, que estou lendo, porque se um programa demora para abrir, ou se o computador está fazendo uma atualização, eu abro o livro e leio três, quatro páginas. Faz muita diferença aproveitar esses pequenos momentos do dia a dia para estudar, e isso só será possível se você levar sempre um material com você.

Quando eu morava em Campinas e estudava para concurso, eu acordava duas horas mais cedo, antes de sair de casa, para estudar. De noite, ficava com o filhote (que era pequeno na época, de 2 a 3 anos) e, depois que ele dormisse, eu estudava mais um par de horas. Eu ia dormir por volta das 23h e acordava às 6h. Essas dicas acima me ajudaram muito a levar outros tempos de estudo para o dia além desses horários, além de me ajudar a otimizar o estudo em si.

Se você está trabalhando e fazendo faculdade, a realidade é completamente diferente, pois seu dia está todo tomado de compromissos e não dá para sugerir acordar mais cedo. No seu caso, sugiro que você estude em aulas mais chatas (na boa) e aproveite real o tempo na faculdade para estudar, em vez de aproveitar uma aula vaga para tomar uma cerveja etc. Quando chegar em casa, descanse. E procure estudar aquilo que demanda mais concentração aos finais de semana.

Espero que as dicas ajudem. <3 Se quiser deixar dicas adicionais nos comentários, fique à vontade.