Carta da Editora – Outubro 2018

31
2414

Gostaria de começar este mês com um recadinho.

Lá no começo do ano, quando eu anunciei a separação dos canais do Vida Organizada, eu avisei que seria um processo de aprendizado e experiência, e uma construção. Muitos de vocês reclamaram, enquanto outros adoraram.

Esse processo ainda está em andamento. Como todo processo, não é do dia para a noite. É um processo e, como tal, leva tempo.

Muitas pessoas me cobram e me enviam mensagens dizendo que não gostaram da separação, mas o fato é que essa separação nem existiu totalmente. Eu tentei, inicialmente, mas com tudo o que começou a acontecer com a minha avó desde março, eu não tive a possibilidade de produzir conteúdo para mais de um canal. Então fiz um esforço tremendo para manter o conteúdo do Vida Organizada, e até VEDA (vídeo todo dia em abril) eu fiz, produzindo conteúdo para vocês, mesmo no olho do furacão.

A ideia de separar o conteúdo de GTD foi apenas para tirar uma marca registrada, que custa dezenas de milhares de dólares de royalties anualmente à franquia brasileira, daqui de dentro do blog, para que essa marca pudesse ser melhor aproveitada por todos os outros instrutores da franquia. O meu conteúdo pessoal de GTD continua por aqui, como estava antes. Fiz a semana de instalação no canal do GTD Brasil lá no começo do ano, pois foi algo específico, e sempre que for algo bem específico ao método postarei por lá, mas o meu conteúdo pessoal continua por aqui. Com todas as coisas que aconteceram, minha prioridade sempre foi manter o Vida Organizada e qualquer outro canal ficaria em stand-by.

A ideia de separar o conteúdo de “casa” era fazer um canal novo sobre a vida em casa, com receitas, falar sobre pets, hobbies e atividades domésticas diversas. O conteúdo de organização da casa continuaria por aqui (eu percebi que isso faria mais sentido depois de algumas semanas tentando dividir esse conteúdo). Mas, com o que aconteceu na minha vida pessoalmente, com relação aos cuidados com a minha avó, me fez perceber que eu não tinha estrutura de vida mesmo no momento para abraçar esse novo conteúdo, que era imenso, então mantive no meu radar apenas o que era do Vida Organizada mesmo, referente à organização da casa. Então tanto no blog quanto no canal os conteúdos sobre casa continuaram. Teve post pra caramba e vídeos diversos sobre organização com foco na casa.

Eu estou escrevendo isso porque recebo diariamente (sim, todos os dias) mensagens aqui no blog e nas diversas redes sociais reclamando da separação que anunciei lá no começo do ano e que, de lá pra cá, mil outras coisas aconteceram e eu já compartilhei com vocês sobre esse processo – erros e acertos, decisões e continuidades.

Não me parece possível que alguém que acompanhe o Vida Organizada não tenha percebido que os conteúdos continuam por aqui e que os conteúdos mais específicos de GTD, quando acontecem, sempre são divulgados nos canais do Vida Organizada também (tanto aqui no blog quanto na newsletter).

Porém, isso me faz realizar uma nova auto-crítica (acho que auto-crítica é o que eu mais faço na vida) para avaliar como tenho investido meu tempo na produção de conteúdo e também na divulgação desse conteúdo que está sendo criado. Se eu publico um conteúdo que algumas pessoas sequer sabem que existem, como posso melhorar?

Enfim, são algumas observações importantes e que quis compartilhar com vocês, para que vocês saibam como se dá a construção editorial deste canal.

Em resumo: não é que a separação dos canais não deu certo (preciso escrever assim porque já recebi esse tipo de comentário afirmando o contrário). É que a separação que eu queria fazer leva tempo e demanda uma estrutura que, com tudo o que aconteceu na minha vida, eu ainda não concluí. A do GTD está em construção, mesmo devagar, e o conteúdo extra que queria fazer sobre casa ficará para um futuro em breve. O conteúdo sobre organização continua por aqui, normalmente. No meu blog pessoal, de lifestyle, escrevo sem obrigação, quando dá vontade. Não é um blog profissional.

Sobre os temas mensais, comentei no post de ontem que um mês tem sido pouco tempo para explorar alguns temas tão bacanas, então estou repensando esse formato para o calendário editorial, com mudanças que vocês sentirão aqui diariamente, muito aos poucos.

Obrigada por me acompanhar. <3 Sempre que você quiser sugerir algum assunto a ser abordado aqui, pode deixar um comentário. Vale a pena fazer uma busca no blog antes para ver se já não tem algo a respeito, pois desde 2006 tem muuuuito texto por aqui.

31 comentários

  1. Thais, eu fico impressionada com o tanto que as pessoas reclamam e criticam… parece que as coisas nunca estão boas o suficiente e, vendo as queixas não são só com vc mas com outras blogueiras que sigo, parece que estão pagando o valor de um MBA quando, na verdade, são conteúdos maravilhosos gratuitos… as pessoas acham que produzir conteúdo é fácil, que é “só” escrever um texto e apertar enter, sem imaginar o tanto de estudo e dedicação que tem por trás de um blog ou canal do YT, não só com relação ao tema mas também em relação à estrutura.

    Eu te acompanho em todos os canais e sei exatamente a fase que você está passando, por isso acho difícil que seja por vc não estar “comunicando direito”. Acho que apenas o fato de vc ter contado sobre o falecimento da sua avó já seria suficiente para que tivessem a compreensão do momento que você está passando.. pois já ouvi uma vez, quando da época do falecimento da minha, que “já morreu, bola pra frente”, como se não existissem o desgaste emocional, o luto, a necessidade de resolver burocracias, muitas vezes os problemas dentro da família que surgem por conta de um falecimento, enfim, todos os desdobramentos que uma perda desse tamanho acarreta…

    Penso, ainda, que você tem tanto conteúdo bom que vale sempre reler e rever posts e vídeos antigos… e só temos a agradecer por toda a sua disponibilidade em oferecer de graça aquilo que te custa tempo e dinheiro.

    Bjos

  2. Thais,

    Faz bastante tempo que consumo seu conteúdo, não sou muito de comentar mas acredito que seja um bom momento.

    Seus textos e vídeos são muito motivadores, sempre que a vida da aquela bagunçada e sinto que vou perder a linha, recorro ao blog ou ao canal para me inspirar, funciona muito viu?

    Achei a mudança ótima e acredito que o pessoal que te acompanha com frequência conseguiu entender a maneria sutil como foi separando os contextos.

    Parabéns e obrigada por tudo!

  3. Oi Thaís!

    Do meu ponto de vista, por mais que a gente queira separar, a vida é uma só. No frigir dos ovos, quando a gente pega a nossa lista de determinado contexto, tanto faz se são ações pessoais ou de trabalho, ad-hoc ou de projeto… São ações que precisam ser feitas e ponto. Demorei muuuuuuuito para aprender isso, sabe, pra virar aquela chavinha na cabeça? Foi você quem me ensinou, e serei eternamente grato por isso ^^

    Trazendo esse raciocínio para o seu conteúdo, tudo se trata de organização da vida: casa, trabalho, GTD… Então até que parece fazer sentido separar, mas no fundo acredito estar tudo muito ligado.

    Bom, no final das contas, para mim, tanto faz, pois coloco todos os canais no meu agregador RSS (Feedly) e vejo tudo junto 😉

    De todo modo, sou muito grato por compartilhar essas reflexões conosco, que sempre nos fazem refletir sobre nossa vida também!

    Muito obrigado!

    • Obrigada, Marcelo. Concordo. O que acho que não deixei claro é que essa separação não teria esse foco, como você comentou, e sim seriam conteúdos extras sobre os outros assuntos, para que outros instrutores pudessem escrever (no caso do GTD) e seria criado um portal extra de conteúdos sobre casa, além da organização. Mesmo para mim isso não estava tão claro no começo, então por isso minha comunicação não deve ter sido tão assertiva a respeito.

  4. adoro o conteudo, tudo junto e misturado ou tudo separado, a gente tem mesmo é que testar o que funciona para nossa vida, e como imprementar as ideias, sem tentar?

  5. Olá, Thais! Te conheci apenas no início deste ano e me tornei um fã instantâneo, como já comentei em outras mensagens. Sempre fui muito ligado à organização, mas nunca havia me empanhado muito nela. Desde o ano passado venho dando mais importância a esse assunto e pensei “Como não me dediquei a isso antes?”. Bem, acredito que tudo tem seu momento nessa vida. Creio que já assistir quase todos seus vídeos e, é claro que a gente sente falta quando você não os publica, mas sabemos que este ano tem sido bem “corrido” para você (pra nós também! rs…). Parabéns pelo seu trabalho! Um beijo! 🙂

  6. Bom dia!
    Parabéns pleo blog, pela publicação e pelo livro Trabalho Organizado que eu amei!!!
    Sabe o mais incrível, é ver que mesmo você que é uma pessoa que trabalha com organização as vezes passa por imprevistos e precisa rever prioridades, objetivos e abrir mão de desejos para ter uma vida em paz e saudável.
    Para mim esse post não tem a ver com você ter ou não ter feito o que se propôs, e sim apresentar a oportunidade de eu olhar para mim mesma com mais autocompaixão ainda, e perceber que isso acontece com todos nós. E que (fala que vc sempre repete) a organização está aí para tomarmos esse tipo de decisão com mais tranquilidade.
    Abraços e sucesso!

    • É isso mesmo, Daniela! Na verdade, o processo de organização envolve tudo isso. Não se trata de viver uma vida perfeitamente organizada, mas de fazer reajustes o tempo todo. Obrigada por comentar.

  7. Oi, Thais! Entendo que tenha que separar os conteúdos do GTD. O jeito que tens feito tudo está ótimo, obrigada pelas postagens que nos dão motivação para organização no trabalho e na vida!Sempre te acompanho! Siga seu ritmo, está tudo certo! 🙂
    Bom mês de outubro!

  8. Oi acompanho o blog há algum tempo e na verdade só notei melhoras. Não sei dizer ao certo o que mudou exatamente, mas acho as publicações mais interessantes e tenho a sensação que você está produzindo mais de um tempo pra cá ( não sei realmente se as publicações aumentaram ou se por eu gostar mais dos temas, leio mais e tenho a sensação de maior produção).

    Quanto aos outros blogs, realmente não acompanho. Apesar de ter comprado o livro do David Allen, não consigo aplicar exatamente a metodologia, alguma coisa não parece simples, embora pareça ( não sei explicar) rsrsrs.

    Boa sorte,
    ;*

    • Obrigada, Sara. Sim, tenho escrito mais e refinado minhas práticas de escrita, e sinto essa evolução também como escritora. Acredito que o mestrado tenha me ajudado a desenvolver mais um pensamento crítico e analítico, além de estar me aperfeiçoando como professora na parte da didática. Esse mix de coisas deve estar influenciando. Fiquei muito feliz com o seu comentário.

  9. Thais, as pessoas generosas como vc sempre ficam preocupadas em agradar todo mundo, mas a verdade é que tem gente que só quer reclamar mesmo. Fique tranquila e faça as coisas do seu jeito, toda vez que vc mudar alguma coisa vai ter gente reclamando então pra que esquentar? Deixa pra lá RS
    Sinceramente eu vejo que você se esforça pra produzir conteúdo de qualidade e novo o tempo todo. Isso é um trabalhão e quem não valoriza e acha que vc devia fazer de outra forma deveria patrocinar os posts que deseja ler pq olha, vc publica um monte de coisa bacana de graça e o pessoal ainda quer exigir…
    Melhorem, leitores que reclamam de tudo😂

    Eu gosto do blog, gosto dos vídeos, gosto do que vc faz. E vejo sinceridade e uma trabalheira danada em tudo. Então só continue seguindo seu instinto pq ele tá certo 😉

  10. Thais, eu fiquei pensando sobre o seu post. Não sei se vai fazer sentido para você rs mas como leitora eu senti o seguinte. Que talvez a separação dos assuntos não precisa constar no mesmo tipo de plataforma. Tipo, três páginas (blosg). O assunto do GTD é bem atendido no Facebook. As coisas que você compartilha da vida pessoal estão no instagram. Um bjo e bom outubro!

    • Obrigada por compartilhar esse insight!

      De modo geral é isso mesmo. Os outros canais seriam para conteúdos nada a ver com organização, tipo uma resenha do filme “Star Wars” caso eu tenha vontade de escrever. Mais isso mesmo, mas sem a obrigação de escrever diariamente.

  11. Oi Thais! Te acompanho já tem muito tempo e pude estar em algumas mudanças, ciclos e tudo mais. Esse comentário é só pra dizer obrigada pela generosidade do compartilhamento de tudo isso viu? Era isso: obrigada, sempre! <3 Beijos!

  12. Estou há um tempão querendo escrever aqui.Você não faz ideia de como você me encoraja a empreender e compreender a complexidade, determinação e organização que isso exigiu de mim, e tudo o que isso trouxe para mim e minha família. Organizar o tempo me permitiu viver das aulas particulares de inglês para bancar a minha casa, o meu filho de 17 anos e o sonho de voltar a estudar Jornalismo. Novas relações de trabalho precisam ser muito pensadas e um trabalho como o seu dá sentido à tudo o que vem de novo chegando por aí. To infinity and beyond! Sucesso ao blog, ao canal e um brinde à vida! Um beijo!

  13. Thais, te acompanho desde 2009, raramente comento, mas queria te agradecer por todo conteúdo que escreves. Neste final de semana, comprei todos os seus livros em formato de e-book e você é minha recorrência quando minha vida está o caos (intenção boa eu tenho, mas falta a disciplina).

    Você comunica muito bem, sempre. Mas nem sempre os ouvidos querem ouvir!

  14. Oi Thaís! Quero muito te agradecer novamente por seu minha inspiração em me tornar a pessoa que quero ser! Vc faz parte daquelas 05 personalidades que me fazem ser como sou… um ser em construção, que percebi com a sua ajuda é posso me permitir sonhar, realizar e curtir a vida em paz, sem ser a “mulher maravilha”, tendo opinião própria e individualidade…. só tenho a te agradecer ! Bjos mil

  15. Olá! FIco mesmo agradecida pela sua generosidade em compartilhar tanto conosco! É um amor tão grande que sinto quando leio suas palavras que acredito sempre na multiplicação do seu conteúdo para que haja uma reação global de paz no coração!
    Gratidão imensa!

Deixar uma resposta

Por favor, insira seu comentário
Por favor, insira seu nome aqui