Silêncio

27
4938
Imagem: crossingilandmono.tumblr.com
Imagem: crossingilandmono.tumblr.com

O tema da revista Vida Simples de janeiro é relacionado a apreciar o silêncio. Caiu como uma luva, pois estou escrevendo sobre simplicidade para o blog, e esse definitivamente é um tema relevante para o nosso bem-estar no dia a dia.

Nós estamos tão acostumados com o barulho! Depois que descobri que me concentro melhor quando estou em silêncio, é bastante difícil me adaptar a ambientes barulhentos.

O que eu tenho feito é andar com protetores auriculares por todos os lados. São magníficos para andar de ônibus, viagens coletivas e até mesmo para dormir, se você tiver sono leve como eu. Esses protetores (plugues) vendidos em farmácias não cortam o som completamente, apenas abafam, então não há o perigo de você não ouvir o despertador, por exemplo, ou o alarme de incêndio do seu prédio.

Há protetores mais fortes usados por profissionais da área de construção civil, que cortam quase totalmente o som. Podem ser bons para estudar ou escrever.

Outra opção é usar ruído branco de fundo e ficar com um fone de ouvido. Ruídos brancos são ruídos contínuos que cortam um pouco o barulho exterior. Ventiladores ligados, por exemplo, são um exemplo de ruído branco. Há estudos dizendo inclusive que eles ajudam a relaxar. (Veja este site com ruído branco disponível para estudos e concentração de forma geral)

Muitas vezes, a saída é ir para um lugar silencioso mesmo. Se não for possível, as dicas acima talvez te ajudem, caso você seja um(a) apreciador(a) dos momentos silenciosos como eu.

E, se você for uma pessoa barulhenta, por favor: repense. As pessoas silenciosas não incomodam quem é barulhento . Trata-se não somente de respeito, mas de qualidade de vida no trabalho, no ônibus, em casa, na rua, onde for.

27 comentários

  1. Um observador do próprio corpo nota o quanto os ruídos alteram nosso funcionamento. Um ruído saudável é aquele que te traz prazer, e não agitação. Onde moro somos obrigados a viver ininterruptamente com o ruído branco do ar-condicionado, e isso às vezes me incomoda. O que gosto muito é de ouvir os ruídos da natureza. Um barulhinho de água correndo, os passarinhos, o vento… Relaxante!!

  2. Também amei a revista deste mês..
    E para inspirar o sábado deixo esta frase
    ” Para ouvir o coração é preciso primeiramente silenciar a alma”

    Um ótimo final de semana a todos!!

  3. Amei esse post Thais!
    Eu amo o silencio, por mais estranho que possa parecer, eu lido bem com a solidão… E necessito de um tempo só… não falar nada, não ouvir nada…
    Minha família não entende e meu acham um pouco ante social. Mas não ligo, porque eu amo minha individualidade, o silencio e minha companhia….
    Uma perguntinha esse protetor auricular é aquele que vende em loja de esportes, tipo Centauro? Qual é o seu e qual a media de preço?

  4. Que coincidência, porque ultimamente eu também tenho usado bastante esses protetores, principalmente pra dormir e estudar eles são ótimos… como eu moro num bairro muito barulhento e ficar brigando com a vizinhança não é uma boa ideia eles são essenciais. Os que eu uso são aqueles laranjinhas de espuma.

  5. Não gosto de lugares barulhentos e agora como em todo coletivo tem uma pessoa que não respeita os demais ouvindo música, muitas vezes de péssimo gosto, ando com um protetor auricular na bolsa como você. Para me concentrar realmente preciso de um lugar mais calmo para estudar, ler ou escrever. O mundo hoje é barulhento, não sei como aguentam.
    Beijos Thais!

  6. Eu costumo colocar músicas nos fones, nunca tinha pensado nos protetores! Vou usar hoje para ir no supermercado! Tem dias que não é música mesmo, é silêncio que a gente precisa. Adorei a dica. Os protetores eu tenho porque uso para entrar no mar 🙂

  7. Olá Taís,

    Meu comentário não tem relação com o post, mas resolvi postá-lo para que, caso ache relevante, possa compartilhar com os demais leitores.
    Tive, recentemente, um vazamento de gás seríssimo em casa e como as temperaturas estão muito altas, estava com as janelas fechadas em razão do ar-condicionado.
    Por muita sorte levantei para tomar água, senti o cheiro de gás e corri para fechar o registro e abrir todas as janelas.
    Poderia ter sido um acidente fatal.

    Foi quando descobri que as mangueiras de gás possuem prazo de validade e a minha estava pra lá de vencida (pode parecer idiota, mas nunca me ocorreu verificar a validade da mangueira do fogão e tenho certeza que muita gente não verifica) – o ressecamento do material favorece a ruptura da mangueira e os vazamentos.
    Estou compartilhando este relato contigo porque sei do alcance do blog e porque muitas vezes os teus posts me ajudam a prestar atenção nesses pequenos detalhes do dia-a-dia, que passariam em branco de outra forma. Talvez um lembrete aos leitores para que verifiquem suas mangueiras poderia prevenir incidentes.

    Bom final de semana!

  8. Só um alerta pra quem pretende usar os protetores auriculares:
    Depois de um tempo usando continuamente você acaba ficando muito sensível ao barulho e fica díficil de desacostumar. Eu não aconselharia a usar sempre, por exemplo ao sair na rua, só nos momentos realmente necessários quando você precisa se concentrar!

  9. Olá Thais, tudo bem?
    Gostei muito de ler esse post. Também sou avessa ao excesso de barulho e tenho a sorte de morar em um sítio, onde o silêncio impera, sendo quebrado apenas pelo alvoroço e cantar dos passarinhos, pelo barulho dos ventos mais fortes, que sacodem as folhas das árvores e pelo coaxar dos sapinhos em véspera de chuva !
    Meu drama é conciliar minha paixão pelo silêncio na hora de dormir com a necessidade que meu marido tem de assistir TV até mais tarde e tem TV também no quarto (não consegui convencê-lo a quebrar este hábito…)
    Quero dizer ainda que descobri seu excelente blog recentemente e uma das minhas metas para 2014 é implementar organização em minha vida e em minha casa! Muito obrigada por suas valiosas e realizáveis dicas e orientações!
    Aliás, antes que eu me esqueça, vc escreve muitíssimo bem!
    Feliz 2014.
    Beijo
    Ju

    • Olá, Ju! Parece que vc descreveu a minha situação com meu marido (exceto por morar em sítio rs, quem sabe um dia?!). Eu sempre dormi no silêncio absoluto (a casa onde morava com minha mãe ajudava, é em outra cidade, mais tranquila de onde moro hj), e sempre gostei de dormir cedo, mas ele gosta de ver tv a noite, tem por hábito dormir mais tarde e ainda dá umas roncadinhas durante a noite rs rs. Aí já viu né, meu humor a noite e ao acordar às vezes fica péssimo rs Eu já usei algumas vezes um protetor de ouvido de silicone, é o tipo usado em natação. Não é um primor de conforto logo de início, mas ajuda bastante. Eu tinha um pouco de medo de usar durante a noite toda por não saber se poderia afetar meu ouvido, principalmente pq durmo de lado, então sempre dava uma pressionada no protetor. No entanto, ele tem a vantagem de não “entrar” no canal auditivo, só cobre mesmo a entrada (é moldável). Acabei me “acostumando” com a situação e deixei o protetor meio de lado, mas ainda o tenho na cabeceira rs. Vende em farmácia tb, custava uns 6 a 7 reais o estojinho com 4, e ele é reutilizável. Bjs!

  10. Falou e sintetizou tudo quando disse que os Silenciosos não atrapalham os barulhentos então respeite os outros.
    bjss

  11. Eu não suporto barulho! Pareço uma pessoa idosa aos 23 anos.
    Tenho sono muito leve e insônia, e meu irmão fica a madrugada toda jogando, tem uma boate perto de casa com brigas constantes às 4h da manhã, e uma avenida movimentada cheia de frenagens forçadas, batidas e veículos de emargência passando.
    Estou pensando até em colocar revestimento a prova de som na janela e na porta do meu quarto, tamanho é meu desconforto!

    Não sei se conseguiria suportar o ruído branco, mas neste mesmo site tem o ruído de chuva. Logo que cliquei já relaxei, amo chuva!! O link direto é http://rain.simplynoise.com/

    Thaís, se você tiver dicas sobre como ter uma boa noite de sono pra quem tem sono leve, por favor escreva um post, vou adorar ler!

    • Depois que instalei meu ar condicionado no quarto (antes eu não tinha, instalei ano passado) e também um corta luz/blackout, tenho dormido muito bem, até as noites que eu durmo menor quantidade de horas me sinto revigorada. Quando estou muito cansada e tenho um tempinho (tipo domigos a tarde), fecho tudo, ligo o ar e durmo como se fosse altas horas da noite… Como isso é relaxante!

      Vale lembrar que ainda não tenho filhos, então ainda tenho essa “autonomia” de dormir quando quero. rsrsrs

  12. O silêncio é uma das formas mais bonitas de autoconhecimento. E demanda um esforço exacerbado ao tentar furar o bloqueio criado por um mundo amontoado, onde o espaço individual é cada vez menor e mais delimitado.
    Como já se dizia por aí, silencia a voz de fora, conhece tua voz de dentro. E é assim mesmo. Num daqueles momentos de solidão, de silêncio profundo, é aí que mais me conheço, mais me expando, mais enxergo o universo que me cerca. Ah, silêncio… Como você é delicioso!

  13. Esse fim de semana eu me encontrei em duas situações nas quais me percebi irritada e, tentando entender o motivo, notei que estava incomodada com o barulho (no shopping e no supermercado). Aí procurei me lembrar de uma ideia que aprendi nos estudos do budismo de que, se você não estiver perturbada interiormente, se estiver em silêncio interior, não importa em que situação se encontre, você pode desfrutar do silêncio! Ajudou… pois muitas vezes é impossível evitar o barulho externo!
    Thaís, estou adorando essa nova “fase” do blog! Excelente 2014 para você e sua família!

  14. Olá pessoal, sou fonoaudióloga e venho lembrar que os protetores auriculares NÃO são indicados para dormir, já que abafam o pavilhão auricular e propiciam o desenvolvimento de fungos e bactérias que podem levar a otites e demais complicações.

    Além disso, pessoas que usam os protetores auriculares por um periodo de 8 horas (geralmente a carga horaria de trabalho) precisam realizar corretamente a higienização do protetor, trocá-lo com certa frequencia e manter hábitos de higiene e limpeza do pavilhão auricular.

    Vale lembrar também que o protetor auricular NÃO deve ser usado para dirigir e para andar na rua, podendo abafar sons vitais para defesa.

    Para usufruir de silêncio use os ruídos mascarantes ou um lugar silencioso! Não use protetores auriculares sem necessidade! Lembro também que o volume dos ruídos não pode ser alto!

    Gde abraço,

  15. Sempre fui uma pessoa muito agitada, mas a cada dia mais tenho gostado de estar em silêncio, comigo mesma. Acho que eu tinha medo de me encontrar… Rs! Agora não, os momentos de silencio me ajudam muito nesse processo de descoberta de quem eu sou!

    Abraço! e obrigada pela dica!

  16. Olá, adorei o tema. Sempre tive sono leve, mas de uns tempos para ca ficou pior, moro em apartamento, mal administrado, sem rigor no tema “silêncio”, então como tenho medo de tomar remedio e nao acordar se for preciso, durmo com fones para amenizar o barulho, sei que nao e o ideal, mas foi a forma que encontrei, quando durmo em locais mais calmos evito os fones, e isso ai! Ate mais e um excelente 2014 para todos!

  17. Bem eu, há um bom tempo que comprei os plugs pra andar nos transportes públicos… sério, já tava com os ouvidos bem sensíveis, doendo a qualquer som mais alto…:)

  18. Oi Thais! Primeiramente parabéns pelo blog. Gosto muito das suas postagens e aprendo bastante.
    Sobre a questão do silêncio, há uns 4 anos atrás estudava pra concurso e perseguia o silêncio para o estudo a qualquer custo…ficava chateada com meus familiares quando não colaboravam, latido de cachorro me irritava, obra do vizinho…..Enfim, mil coisas podem te desconcentrar por causa do barulho. Até que um belo dia um professor de curso disse em uma aula para nao tentarmos buscar o silêncio de toda maneira na hora de estudar. Na verdade, deveríamos tentar nos habituar com eventuais ruídos do dia a dia, pois questionou o que faríamos se nos preparássemos pro concurso de nossas vidas e no dia da prova fosse escolhido um local barulhento, alguém com som alto na rua, obra.?! Seria um caos e nao estaríamos preparados para nos concentrar pois evitamos todo tipo de barulho durante a preparaçao. Depois disso que ele falou passei a ser menos exigente com isso, sempre buscando o silêncio com equilíbrio nessas situações. Beijos e obrigada!

Deixar uma resposta

Por favor, insira seu comentário
Por favor, insira seu nome aqui