Categoria(s) do post: Casa, Comida, Áreas da Vida

Continuando nossa temática de simplicidade, minimalismo e frugalidade de janeiro, hoje eu gostaria de dar algumas dicas para ser mais frugal na cozinha. Seguem:

  1. Aprenda a fazer massa caseira. Além de ser uma delícia fazer, obriga a gente a parar um pouco, ir mais devagar, além de aprender a fazer algo novo.
  2. Faça mais refeições vegetarianas. Carne custa caro.
  3. Coma menos. Faça porções menores. No geral, costumamos comer demais.
  4. Cultive ervas em uma pequena horta em casa. Até quem mora em apartamento pode fazer com ervas mais comuns, como manjericão, pimenta, coentro etc.
  5. Substitua doces por frutas.
  6. Substitua refrigerantes por água com rodelas de limão e deixe na geladeira.
  7. Compre alimentos nos mercados menores do seu bairro. Os produtos, além de mais baratos, podem ser mais frescos.
  8. Consuma alimentos sazonais. Os alimentos de época são mais baratos e você ainda se alinha com o ritmo da natureza ao se alimentar.
  9. Melhor ir mais vezes ao mercado e comprar somente o necessário que ir poucas vezes, chutar o que vai consumir e desperdiçar.
  10. Faça café em casa. Tome o café-da-manhã em casa. Jante em casa. Leve comida de casa para o almoço.
  11. Use ingredientes simples.
  12. Faça receitas rápidas. Recomendo o livro “15 Minutos” do chef Jaime Oliver, cheio de receitas saudáveis e deliciosas para fazer em até 15 minutos.
  13. Faça sua própria geléia. É fácil e ainda tem os mesmos argumentos do item 1.
  14. Reaproveite os restos dos alimentos, como as bananas maduras com as cascas, carnes e arroz. Na Internet, há uma série de receitas ensinando como reaproveitar para fazer receitas bem gostosas!
  15. Frequente o mercado municipal da sua cidade.
  16. Aliás, compre menos em grandes mercados. Geralmente, eles são muito mais caros. Deixe como última opção.
  17. Compre vegetais congelados. Muitas vezes, eles têm mais nutrientes que os vegetais colhidos e vendidos em banca.
  18. Aprenda a fazer pão.
  19. Faça um bolo toda semana, se tiver pique para isso! Vale a pena se tiver filhos, especialmente para o café-da-manhã.
  20. Faça misturas e ensopados aproveitando algumas sobras. Além de reaproveitar alimentos, são pratos de volume que servem muitas porções.
  21. Se não se importa de comer comida congelada e requentada, faça e congele algumas porções para não precisar cozinhar ao longo da semana.
  22. Compre mais peixes na feira e menos no setor de congelados dos hipermercados.
  23. Vá a pé fazer compras. Isso fará com que você pense melhor no que vai precisar carregar até em casa – consequentemente, comprará menos.
  24. Substitua os grãos habituais para variar e economizar! Por exemplo, faça lentilha em vez de feijão.
  25. Congele hortaliças para evitar o desperdício. Na hora de cozinhar, basta salpicar, congeladas mesmo, em cima da comida, que elas voltam ao seu aspecto normal.

Algumas dicas de alimentos baratos (e saudáveis) para ter sempre na despensa:

  • arroz
  • lentilha
  • feijões
  • frutas
  • verduras
  • legumes
  • massas
  • temperos e ervas
  • farináceos (para fazer bolos, pães e biscoitos)
  • alho
  • cebola

E você, tem alguma dica para ser frugal na cozinha?