Categoria(s) do post: Áreas da Vida

Em 2015, teremos 12 desafios de organização aqui no blog. postarei aqui no blog, todo início de mês, sobre o desafio atual. Escolherei um cômodo ou cantinho da casa para ser organizado e darei dicas ao longo das semanas para que todos consigam organizar. Cada desafio terá duração de um mês e, ao final do período, vou mostrar aqui no blog as fotos enviadas pelos leitores. Quem for blogueiro pode postar em seu próprio blog! E então, no final do mês, farei um post especial mostrando como eu apliquei o desafio aqui em casa e mostrando as fotos dos leitores e links dos blogueiros. Saiba mais aqui.

O objetivo dos desafios é incentivar os leitores a organizarem suas casas com a orientação de uma organizadora profissional. Vamos fazer um cômodo ou lugar específico por mês para dar tempo de fazer, sem pressa, pois sabemos como o dia a dia deixa a gente sem muito tempo para investir nessas atividades.

Desafio de janeiro

Em janeiro, temos como verbo regente o Simplifique!. Portanto, nosso desafio terá a ver com ele. O que nós iremos organizar no desafio de janeiro será uma área externa. Pode ser a varanda do seu apartamento, seu quintal, a varanda em um sobrado, ou apenas um cantinho em ambiente externo que você queira dar um toque ainda este mês. Não precisa ser o cômodo inteiro, então! Quem tiver varanda ou quintal grande e quiser organizar tudo, fique à vontade! Porém, se quiser pegar somente um espacinho, também pode. A ideia não é deixar algo perfeito, mas participar do desafio organizando ao menos um pouquinho.

Ideias para organizar sua área externa

  1. Organizar uma varanda de apartamento
  2. Organizar um cantinho gourmet
  3. Organizar a área da churrasqueira
  4. Organizar um cantinho relax
  5. Organizar um jardim ou horta
  6. Organizar um cantinho para meditação
  7. Organizar um cantinho para armazenar coisas de jardim, ferramentas, garagem
  8. Organizar a área de brincadeiras
  9. Organizar um cantinho de reciclagem
  10. Organizar a área da piscina
  11. Etc!

Regras

Para participar dos desafios, siga os passos abaixo:

Para leitores

  1. Inscreva-se no grupo Vida Organizada – Leitor no Facebook (obrigatório)
  2. Poste a foto do ambiente “Antes” no grupo, pedindo dicas (opcional)
  3. Pode postar fotos do ambiente ao longo do processo (opcional)
  4. Poste a foto do ambiente depois de organizado até no máximo o dia 25 de janeiro (obrigatório)

Para blogueiros

  1. Escreva um post explicando sobre o desafio de organização para os seus leitores com a foto do ambiente “Antes” (obrigatório)
  2. Pode escrever um ou mais posts nas semanas intermediárias documentando o seu progresso no desafio (opcional)
  3. Escreva um post sobre o desafio de organização com a foto do ambiente “Depois” (obrigatório)
  4. Insira o link dos seus posts de “Antes” e “Depois” nos comentários DESTE POST até no máximo o dia 25 de janeiro (obrigatório)

Por favor, é muito importante que vocês postem suas fotos no grupo ou os links nos comentários para que eu saiba quem está participando e possa divulgar os resultados de vocês no final do mês, em um post especial aqui no blog!

Quem vai participar? 🙂

Meu nome é Thais Godinho e eu estou aqui para te inspirar a ter uma rotina mais tranquila através da organização pessoal.

Categoria(s) do post: Áreas da Vida
  1. Estamos gastando menos com comida desde que optamos por uma alimentação mais natural e simples. Hoje, nossas refeições se baseiam em carnes e vegetais. Filhote e marido ainda consomem massa e doces de vez em quando.
  2. Não compramos mais presentes em shoppings em datas especiais. Estamos dando valor à produção artesanal ou cultural. Isso não impede de presentear minha sobrinha com uma roupa que ela goste ou a outra com um livro que ela quer faz tempo – só deixou de ser a regra.
  3. Paramos de “fazer despensa” e compramos somente o que vamos consumir. Não sei vocês, mas é muito comum fazermos “compra de mês” e gastar muito dinheiro ainda na primeira semana do mês. Nós já tínhamos mudado esse hábito quando passamos a fazer compras semanalmente, mas intensificamos ainda mais agora comprando somente o que vamos consumir mesmo.
  4. Estamos lavando menos roupa. Pode parecer besteira, mas eu costumava usar a roupa uma vez e já lavar. Se a roupa ainda estiver limpa, volta para o guarda-roupa. Isso aumenta inclusive a durabilidade dela. Infelizmente não é possível fazer com camisetas, meias e outros artigos que ficam mais fedidinhos se usados mais de uma vez.
  5. Estou levando comida para o trabalho. Quando não levo, costumo gastar de 25 a 35 reais por almoço, o que é um absurdo. Se eu usasse esse dinheiro para fazer compras diariamente no mercado, poderíamos comer filé mignon todos os dias, por exemplo. É muito dinheiro!
  6. Quando vamos comprar algo, optamos sempre pelo mais barato – observando, é claro, a qualidade. Nas compras do mercado, de centavo em centavo a gente acaba economizando bastante. Outro dia mesmo fui comprar uma escova de dentes e já ia pegando uma de R$9 quando vi uma de R$2,70 e troquei. Elas eram equivalentes, mas a primeira era de uma marca famosa.
  7. Mudamos para um apartamento menos dispendioso. Ele é maior em metragem, mas tem somente dois quartos. O aluguel e o condomínio são mais baratos e ele é mais simples, mas gostamos muito mais daqui!
  8. Só compro roupas quando eu preciso. Eu gosto de moda, então para mim isso foi um processo lento. Porém, hoje, compro somente quando preciso de alguma coisa, e estou voltando a ser frugal, e não minimalista, nesse caso. Estava precisando de uma sandália para este verão (a minha tinha rasgado…) e poderia ter comprado uma na Arezzo, onde sempre compro, mas encontrei uma linda e confortável em uma loja de rua e paguei R$45 – menos da metade do que eu pagaria na outra.
  9. Deixar a luz do dia entrar no apartamento e ligar as luzes somente quando fosse necessário.
  10. Estou analisando tudo o que eu tenho e me desfazendo de muitas coisas de todos os tipos. Seja vendendo, dando de presente, doando, jogando fora. Hoje mesmo separei 80% das minhas bijouterias para doar, ficando somente com o que uso sempre e adoro.
  11. Aprendi a viajar somente com o necessário. Meu próximo desafio é fazer uma viagem internacional de mais de uma semana somente com uma mala de mão! É fundamental colocar na cabeça que viagem não é hora de levar todo nosso estoque de coisas, pelo menos para mim!
  12. Instalamos um filtro de água no apartamento novo. No antigo, o encanamento tinha problemas e só consumíamos água mineral.
  13. Comprar livros novos somente quando não tiver uma pilha muito grande de livros não lidos. Eu leio muito rápido e diversos livros ao mesmo tempo, mas costumo ter um limite pessoal de livros não lidos até comprar novos, para não virar uma bola de neve. Tem funcionado.
  14. Cancelei minhas assinaturas de revistas no iPad. Tinha várias. Usava muito como referência para o blog, principalmente as da Martha Stewart. Mas não estava mais conseguindo acompanhar como deveria, então decidi cancelar.
  15. Como não bebo mais, nem socialmente, estou saindo menos. Fui somente a dois happy-hours no final do ano (amigos e empresa) e, sem beber, tudo fica muito chato (porque todos estão bebendo e você fica de fora). Prefiro ficar em casa mesmo.
  16. Aliás, ficar mais em casa é muito bom. Estou saindo menos e curtindo atividades mais simples e cotidianas.
  17. Trocar sucos e refrigerantes por água. Bebo muita água e sempre tenho uma garrafinha comigo. Com o refrigerante, ainda chego lá. Tenho muito a melhorar.
  18. Voltei a caminhar. Não preciso mais marcar horário para fazer isso – deixo o dia a dia me trazer oportunidades. Em vez de ir de carro ou de ônibus em alguns lugares, estou indo a pé. Gosto de caminhar porque é um momento meu de reflexão, além de fazer bem para a saúde.
  19. Comer só quando eu estou com fome, e não de três em três horas. Acabo fazendo de duas a três refeições por dia normalmente e me sinto muito bem.
  20. Valorizo mais pequenos momento como fazer uma pausa no trabalho para tomar um café ou beber uma xícara de chá antes de ler na cama, na hora de dormir.
  21. Estou meditando todos os dias.
  22. Estamos aproveitando o que temos em casa, em vez de comprar coisas novas. Vivi durante um bom tempo com caixas da mudança cortadas embaixo organizando a nossa despensa, e poderiam ficar assim, se não fosse a minha vontade de deixar tudo bonitinho com cestinhos (baratos). A história de fazer compras na própria casa é incrível.
  23. Passei a me perguntar o tempo todo: eu preciso disso? e daquilo? Hoje mesmo estava tomando banho e vi a quantidade de produtos no box: shampoo, condicionador, sabonete líquido, creme esfoliante, creme para isso, creme para aquilo. Eu preciso só do shampoo e do sabonete… Não digo que devemos abrir mão do que já compramos (isso seria desperdício), mas vale a reflexão para diminuirmos aos poucos.

Cada um dos itens acima daria um tópico a parte, e talvez eu faça mesmo. =)