Categoria(s) do post: Vida

Existem alguns princípios que norteiam todas as práticas de planejamento pessoal e este post traz a descrição de cada um deles.

Princípio 1

Fazer qualquer tipo de planejamento não é uma coisa para fazer uma vez e pronto, e sim um processo que deve fazer parte da rotina. Aproveitar as janelas de tempo no dia a dia faz com que a gente tenha tempo para se planejar. O tempo todo podemos planejar o dia, a próxima reunião, o estudo para uma prova, as próximas férias, a reforma da cozinha. O planejamento deve fazer parte do dia a dia para realmente se tornar um hábito.

Princípio 2

Não precisamos de nenhuma ferramenta fantástica ou extraordinária para fazer planejamentos! Já temos a ferramenta mais avançada do mundo, que é o nosso cérebro! Leve com você sempre papel e caneta, porque a qualquer momento ao longo de um dia, quando você tiver algum intervalo, poderá se planejar. Existem diversas ferramentas e técnicas para planejamento? Claro que existem, e podem ser usadas – mas não precisa, esse é o ponto. Você não depende de ferramentas sofisticadas para que o planejamento faça parte da sua vida.

Princípio 3

Planejar é diferente de organizar! Você precisa ter as suas informações organizadas para ter uma visão completa de tudo o que precisa ser feito para assim então se planejar! Se você fizer o planejamento sem ter as suas informações organizadas, pode correr o risco de esquecer pontos importantes ou adotar uma postura reativa sem perceber, apenas trabalhando no que for mais urgente ou gritante. Este texto do blog explica mais sobre essa diferenciação.

Conhecer esses princípios pode ajudar você a implementar o hábito do planejamento no seu dia a dia. Tem dúvidas sobre como começar? Leia este outro post. Obrigada!