Categoria(s) do post: Ferramentas de organização

Desde que voltei a usar Bullet Journal consistentemente tenho recebido essa dúvida em alguns canais e, por isso, quis escrever um post comentando rapidamente.

Antes, algumas definições para quem estiver chegando agora:

BULLET JOURNAL é um método de produtividade que tem como base caneta e papel (caderno). A ideia é você registrar de maneira analógica o que precisa fazer, o que já fez e o que pretende fazer no futuro. O BUJO também permite outros tipos de registros que não sejam de coisas a fazer, ficando totalmente a critério do seu usuário.

COMMONPLACE BOOK é um termo usado para cadernos em que você registra aprendizados de maneira geral, em ordem cronológica. Não se trata de diário e registro de sentimentos, mas de aprendizados. Você pode registrar um poema que leu e gostou, uma letra de música, trechos de livros ou até mesmo fazer anotações em cursos ou palestras.

Lewis Carrol

Para mim, a diferença muito clara entre um e outro é que o BUJO serve para registro da rotina (coisas que eu fiz ou a fazer) e o CPB para referências, coisas não-acionáveis.

Penso que um BUJO possa ser usado também como CPB (tudo misturado), mas ainda não sei se, para mim, funcionaria bem. Tenho o CPB bem separado e destinado a anotações de aulas, estudos e resumos. Entendo que possam trabalhar juntos, mas eu apenas não o faço. Deixo o BUJO para registro da rotina de maneira geral – mais parecido com um diário mesmo, se é que posso chamar assim.

Vale sempre lembrar que ferramentas são apenas ferramentas, que você usa de acordo com um método pessoal. Para mim, a diferença entre os dois está super clara, então não vejo problemas.