Categoria(s) do post: Diário da Thais

Não tenho mais postado aos finais de semana, mas algumas vezes os dias em que costumo postar alguns tipos de artigos caem justamente aos sábados e domingos, então eu abro uma exceção.

Meu mês de junho não foi nada fácil na vida pessoal. Não quero entrar TANTO em detalhes, pois ainda prefiro preservar algumas informações da minha vida. Para quem trabalha com Internet, isso é difícil, eu sei. Mas neste exato momento eu me sentiria mais à vontade se falasse sobre outras coisas.

Bom, o primeiro semestre do mestrado acabou há pouco, na semana passada. Nesta última semana de junho, tive minha última reunião com o professor orientador antes das férias. Foi boa, mas ele me passou tanta coisa para fazer em julho, que sinceramente não sei se conseguirei alocar os recursos suficientes para essas atividades. Afinal, tem outras diversas coisas acontecendo. Prometo que farei o meu melhor. As disciplinas foram concluídas, mas preciso entregar os trabalhos até o começo de agosto. É um projeto e um artigo, e tenho as entrevistas e as leituras para a pesquisa em si. Vamos ver como será.

O mês começou com um feriadão de Corpus Christie em que não viajei, não fiz nada de especial além de ficar em casa e curtir a cidade vazia. Fomos ao parque, o Paul andou de patins, e a vida seguiu leve. Por conta da Copa, eu me programei para não realizar tantos cursos presenciais, e isso foi bom, porque realmente precisava dar uma descansada tanto física quanto mentalmente.

Fiz um curso no segundo final de semana, em São Paulo, de GTD Nível 2: Projetos & Prioridades, e foi muito gostoso. Mas não viajei para nenhum outro curso, ao contrário de maio, quando viajei duas vezes (veja o post com o resumo do mês de maio).

No terceiro final de semana foi a festa junina na escola do Paul e fiquei muito feliz de vê-lo finalmente se entrosando com os coleguinhas da escola nova (já não tão nova) e também tive a oportunidade de conhecer alguns pais. Também tivemos um aniversário de dois deles (gêmeos), onde conheci vários pais e mães e consegui entrar no grupo do What’s App. <3

As aulas dele terminaram nessa última semana, e todas essas semanas com a Copa têm sido muito preguiçosas, por conta dos jogos. Realmente, demora alguns dias para engrenar, mas de repente o Brasil inteiro está imerso no assunto, assistindo até jogos como Japão x Senegal. Acho engraçado.

A melhor coisa da Copa, para mim, está sendo o Paul começar a se interessar por futebol. Ele nunca foi muito chegado. Hoje está torcendo, acompanhando os jogos, perguntando o que é impedimento, e estou achando bonitinho.

Este mês também foi marcado principalmente pela organização e planejamento de atividades que virão a seguir, a partir de julho. O lançamento do meu novo livro, um curso novo para profissionais de organização e produtividade, além da certificação de novos instrutores da Call Daniel.

Uma das coisas que consegui definir melhor foi a questão dos meus canais de conteúdo, e acho que agora finalmente acertei a mão, pelo menos com relação aos blogs. Pode ser que você ainda não conheça o meu blog pessoal, onde estou escrevendo sobre assuntos que não tenham a ver com organização. Tudo o que tiver a ver com uma vida organizada continuará aqui, e o blog GTD Brasil terá apenas posts bem pontuais sobre a metodologia.

Fiz muita reunião e trabalhei muito na padaria perto de casa. O escritório ainda não está pronto, e meu escritório que ficava na casa da minha avó, como vocês podem imaginar, não tem sido o melhor lugar para eu trabalhar ultimamente. Tem sido bom mudar um pouco de ares porque sinto que consigo aproveitar melhor o meu tempo e também me sinto bem em lugares como esse.

Com a morte da minha avó (em maio), confesso que ainda não consegui voltar 100% ao meu ritmo normal de atividades. Este mês, no entanto, descobri uma característica importante minha, que eu diria ser um ponto forte: posso querer resolver as coisas logo no dia a dia, demonstrando até um pouco daquela ansiedade que leva a gente pra frente. Mas, em grandes situações de crise, sou a pessoa que consegue manter a calma e ver as coisas com perspectiva, buscando tomar as melhores decisões. Meu foco no momento está em concluir a submissão do inventário. O resto é resto e vou remanejando.

Um aspecto importante do mês de junho foi a minha saúde. Aliás, esse será o tema central em julho no Vida Organizada. Me sinto bem, com uma boa energia, boas taxas químicas de maneira geral, com uma alimentação na minha melhor fase e uma rotina legal de exercícios. Eu tinha um projeto, que era formatar minha vida dentro de um estilo de vida mais saudável após realizar a cirurgia bariátrica, no ano passado, e devagar mas efetivamente fui alcançando isso.

Profissionalmente falando, nunca me senti tão focada. Ter feito o curso do Érico Rocha me ajudou a implementar uma metodologia de lançamentos, produção e entrega, e estava precisando muito disso. Tem dado muito certo e me ajuda a realmente fazer as coisas com foco e melhoria contínua.

Estou tão focada nos resultados que quero alcançar, construindo a minha empresa, que vejo como todos os meus projetos que estão em andamento estão profundamente alinhados e caminhando bem.

Aliás, em junho retomei a newsletter do blog, que é um conteúdo semanal adicional. Se ainda não se inscreveu, clique aqui.

Ainda sobre a minha saúde, consegui bater (e ultrapassar) a meta médica de emagrecimento, e já eliminei 40kg. Me dei de presente uma calça jeans da Levi’s tamanho 38 para comemorar (eu disse que o faria antes mesmo de realizar a cirurgia!).

Enfim, essas conquistas e construções do dia a dia vão tornando a vida mais legal.

Uma coisa que quero compartilhar com vocês é que, na vida pessoal, estou tentando pegar mais leve com meus planejamentos. Tenho um mapa de quem eu sou e do estilo de vida que quero construir, e ele me ajuda muito, mas não estou com pressa neste exato momento de correr com nada. Minha preocupação essencial neste momento é em ficar bem emocionalmente, para então tomar boas decisões daqui em diante.

E o seu mês de junho, como foi? Me conta um pouquinho nos comentários, se quiser. Obrigada por ter me acompanhado. 🙂