Categoria(s) do post: Áreas da Vida
Imagem: Free Foto

Eu moro em São Paulo e começou a tradicional época de chuvas que vai até março. Sinceramente, eu não sou muito chegada naquele calorzão de matar e prefiro o friozinho e um dia nublado, mas se tem algo que eu realmente detesto é ter que sair de casa em dia de chuva! Para dormir é perfeito, mas como todos os dias precisamos criar coragem para enfrentar a rua com uma tempestade, tem algumas dicas de coisas para ter sempre com você para tornar essa experiência menos estressante.

Leve em conta também que eu não tenho carro, o que tornaria tudo mais fácil, certamente.

O que eu sempre tenho em dias de chuva, então:

  • Um bom guarda-chuva. Pode parecer óbvio, mas a maioria das pessoas sai de casa com aqueles guarda-chuvas portáteis que ou acabam estragando ou não servem para nada. Esses guarda-chuvas são para ser deixados na bolsa caso não esteja chovendo e você não tenha muita certeza do tempo. Só. Se estiver chovendo, não seja masoquista e leve um bom guarda-chuva com você – de preferência daqueles grandões que não deixam quase você molhar o pé. Eu sei que é chatíssimo carregar guarda-chuva na mão, mas é melhor do que se molhar. Aceite a realidade e leve seu amigo.
  • Um sapato que não estrague e, se possível, impermeável. Mulheres têm uma aliada importante nessa corrida: Melissas! São feitas de plástico e, se molharem, tudo bem. Há também as galochas, mas eu acho meio feias para trabalhar – e não dá para tirar e colocar outro sapato, porque são inviáveis para carregar. Uma última opção é levar outro sapato (uma sapatilha que não ocupe muito volume) na bolsa ou mochila e trocar quando chegar no trabalho. Mesmo que você molhe o seu pé, não precisará ficar o dia todo com o sapato molhado. Homens podem usar a mesma técnica do substituto. Não se esqueça de também levar meias.
  • Uma mochila, em vez de uma pasta ou bolsa. Precisamos de mais espaço para guardar os itens anti-chuva e a mochila vai nas costas, atrapalha menos e deixa suas mãos livres para carregar o guarda-chuva e se equilibrar no ônibus ou no metrô.
  • Uma muda de roupa. Não tem NADA pior que trabalhar com roupa molhada porque pegou uma chuva desastrosa. Em janeiro deste ano, fui fazer uma entrevista de emprego e choveu bem no momento em que eu desci do ônibus. Não tinha ponto coberto nem toldos por perto e, apesar de eu estar com meu guarda-chuva grandão, a tempestade e o vento eram tais que eu cheguei encharcada no local da entrevista. Acho que a entrevistadora ficou com pena de mim e viu a tamanha vontade de conseguir aquela vaga, porque fui chamada, mas aquilo me ensinou uma lição importante: levar sempre uma muda de roupa quando estiver chovendo. E, claro: dentro de uma sacola de plástico impermeável. Use duas para garantir.
  • Uma toalha de rosto, por motivos óbvios.
  • Um pente e apetrechos para cabelo (elásticos, presilhas etc), pois eles dão uma enganada caso você tenha pego a_chuva.
  • Uma blusa quente, de preferência de lã. Você pode me achar maluca por sugerir levar uma blusa de lã em plena época de calor no Brasil, mas o fato é que, quando nos molhamos, a temperatura do nosso corpo cai bastante. A lã, ao contrário dos outros materiais, mesmo molhada ainda nos esquenta. Essa técnica eu aprendi quando fazia hiking e frequentemente pegava chuva, me molhava e passava frio. Leve sempre com você para não correr o risco de ficar doente caso pegue chuva. Você pode achar besteira, mas vai me agradecer. Não precisa ser uma blusa grossa – basta um cardiganzinho.

E você, tem mais algum item essencial para dias de chuva? Minha avó sugere uma capa, mas eu não gosto (uso mochila e fico parecendo corcunda). Meu marido disse que é uma boa levar desodorante ou uma colônia, para dar uma disfarçada caso precise trocar de roupa, e eu achei uma boa. Cada um acaba tendo seus itens de preferência e acima eu listei os meus, já que agora vou usá-los sempre. Espero que seja uma boa dica para você.

Categoria(s) do post: Casa

Ok, eu sei que não é todo mundo que tem uma casinha de verão para chamar de sua, mas elas são tão lindas! Fora que dá para tirar ideias boas para organizar nossas casas de verdade. Nessa imagem aí de cima, os destaques são o porta-temperos na parede, o porta-shampoos com vasinhos e a mesa dobrável. O plástico estampado ao lado do fogão também dá um tcham. Dá pra ficar bonito mesmo sem ser espaçoso – basta fazer as escolhas certas. Daqui.

Meu nome é Thais Godinho e eu estou aqui para te inspirar a ter uma rotina mais tranquila através da organização pessoal.

Categoria(s) do post: Checklists

Penúltimo mês do ano detected! E aí, já bateu um mini-pânico pela aproximação do final do ano? Use como motivação para finalizar seus projetos.

1. Defina seus objetivos do mês

Veja o que você fez de janeiro até hoje e o que espera finalizar antes do final do ano. Mas seja realista: defina somente o que realmente pretende fazer e o que conseguirá cumprir. Analise seus projetos e defina pequenas metas que podem ser alcançadas.

2. Cheque seus arquivos mensais

Se você utiliza o GTD, deve ter em casa seu arquivo de referência rápida. Cheque os arquivos do mês em questão e distribua nas pastas diárias correspondentes. Você pode fazer algo semelhante com anotações em sua agenda, especialmente com relação às suas contas.

3. Compre todos os presentes de Natal

Nada de entrar em dezembro sem esses presentes comprados, por favor. Veja como organizar a compra deles.

4. Compre a sua roupinha nova de final de ano

Vai dizer que você não faz isso? Você provavelmente vai querer providenciar para o resto da família também.

5. Comece a armazenar alimentos para as festas

Se você for o anfitrião, é fundamental começar a estocar logo cedo o que você vai servir de comida e bebida, não só para pagar mais barato, como também para não deixar para fazer isso de última hora.

6. Monte a árvore de Natal

Isso se você não for daqueles apressadinhos que já montam em outubro. =)

Que você consiga realizar todos os seus objetivos de novembro!

Meu nome é Thais Godinho e eu estou aqui para te inspirar a ter uma rotina mais tranquila através da organização pessoal.