Pular para o conteúdo

Harmonizando o ciclo mentrual com a minha produtividade

Olá, queridas leitoras do Vida Organizada! Hoje, quero compartilhar com vocês um aspecto da minha vida que tem sido um verdadeiro jogo de equilíbrio e aprendizado: harmonizar meu ciclo menstrual com minha rotina de trabalho. Descobrir como nossa energia flutua durante o mês e ajustar nossas atividades para se alinhar com essas mudanças pode ser transformador, tanto em termos de produtividade quanto de bem-estar.

Este post também é útil para você que não tem útero saber como lidar com as pessoas que têm e que fazem parte da sua vida tanto no trabalho quanto na vida pessoal.

Entendendo o Ciclo Menstrual

Primeiro, é crucial entender que nosso ciclo menstrual não é apenas aqueles dias de menstruação. Ele é composto por diferentes fases, cada uma trazendo suas próprias características energéticas e emocionais. Em resumo, temos a fase folicular (pós-menstruação, onde nossa energia começa a subir), a ovulatória (o pico de energia), a lútea (onde começamos a desacelerar) e, finalmente, a menstrual (onde nossa energia está no ponto mais baixo).

O ciclo menstrual é um processo natural que ocorre no corpo feminino, geralmente a cada 28 dias, embora possa variar entre 21 a 35 dias em adultos e de 21 a 45 dias em adolescentes. O ciclo é dividido em várias fases, cada uma com características e mudanças hormonais específicas. Vamos detalhar cada uma dessas fases ao longo de um ciclo menstrual típico de 28 dias:

Fase 1: Menstruação (Dia 1 a 5)

  • O que acontece: Esta fase começa no primeiro dia do sangramento menstrual, marcando o início do ciclo menstrual. O revestimento espesso do útero (endométrio), que se preparou para uma possível gravidez, é descartado se não houver fecundação.
  • Mudanças no corpo e sintomas: Pode-se experimentar cólicas, inchaço, dores de cabeça e mudanças de humor devido à diminuição dos níveis de estrogênio e progesterona.

Fase 2: Fase Folicular (Dia 1 a 13)

  • O que acontece: Simultaneamente à menstruação, a fase folicular começa no primeiro dia do ciclo e dura até o início da ovulação. Durante esta fase, o hormônio folículo-estimulante (FSH) estimula os ovários a produzirem de 5 a 20 folículos, cada um contendo um óvulo. Um desses folículos se tornará dominante e continuará a maturar. O estrogênio aumenta durante esta fase, promovendo o crescimento do endométrio.
  • Mudanças no corpo e sintomas: A energia começa a subir à medida que os níveis de estrogênio aumentam. Muitas mulheres sentem-se mais energéticas, sociáveis e geralmente têm um aumento na libido.

Fase 3: Ovulação (Dia 14)

  • O que acontece: A ovulação ocorre aproximadamente no meio do ciclo menstrual, quando o aumento do estrogênio estimula a liberação de outro hormônio, o luteinizante (LH), que faz com que o folículo dominante liberte o óvulo maduro. Este é o período em que a mulher está fértil.
  • Mudanças no corpo e sintomas: Algumas mulheres podem sentir uma leve dor ou desconforto no lado do ovário que está liberando o óvulo (conhecido como dor mittelschmerz). A libido pode estar no seu pico devido ao aumento dos níveis de estrogênio.

Fase 4: Fase Lútea (Dia 15 a 28)

  • O que acontece: Após a ovulação, o folículo que liberou o óvulo se transforma no corpo lúteo, que secreta estrogênio e progesterona para continuar a preparar o útero para a gravidez. Se o óvulo não for fertilizado, o corpo lúteo degenera, levando a uma queda nos níveis de estrogênio e progesterona, e o ciclo começa novamente com a menstruação.
  • Mudanças no corpo e sintomas: Durante a fase lútea, muitas mulheres experimentam a síndrome pré-menstrual (SPM), que pode incluir sintomas como inchaço, alterações de humor, fadiga, dores de cabeça e sensibilidade nos seios. Estes sintomas são o resultado da queda dos níveis hormonais.

Cada mulher pode experimentar o ciclo menstrual de maneira diferente, com variações na duração das fases e nos sintomas associados. É importante lembrar que flutuações menores são normais, mas mudanças significativas ou sintomas perturbadores devem ser discutidos com um profissional de saúde.

Ajustando a Rotina de Trabalho

Fase Folicular: Após o término da menstruação, sinto minha energia e criatividade aumentarem. É o momento ideal para planejar novos projetos, marcar reuniões importantes e abraçar tarefas que exigem mais energia e foco.

Fase Ovulatória: Neste pico energético, aproveito para executar as tarefas mais desafiadoras. É quando estou mais comunicativa, então também é perfeito para networking, apresentações e workshops.

Fase Lútea: À medida que minha energia começa a declinar, dou prioridade a tarefas mais introspectivas e administrativas. É um bom momento para avaliação de projetos e organização de documentos.

Fase Menstrual: Aqui, procuro desacelerar. Diminuo o ritmo de reuniões e escolho atividades menos exigentes. É um período de introspecção, ideal para revisar o mês e planejar o próximo ciclo.

Dicas Práticas para Harmonizar Seu Ciclo com o Trabalho

  1. Use um aplicativo de acompanhamento do ciclo menstrual para prever as fases e planejar com antecedência. Eu uso o app de saúde da Apple mesmo. Algumas pessoas gostam de fazer uma mandala lunar. Eu não faço, mas fica a ideia para quem quiser procurar mais a respeito.
  2. Comunique-se: Se possível, converse com sua equipe sobre ajustes na sua carga de trabalho conforme suas fases energéticas. Não é frescura. É uma questão física. Precisamos mudar essa visão que as pessoas têm do ciclo menstrual.
  3. Flexibilidade: Se você tem a possibilidade de flexibilizar seus horários ou tarefas, ajuste-os de acordo com suas fases para maximizar sua produtividade e bem-estar.
  4. Autocuidado: Em todas as fases, mas especialmente durante a menstrual, incorpore práticas de autocuidado à sua rotina. Isso pode significar meditação, exercícios leves ou simplesmente tempo para si mesma.
  5. Escute seu corpo: Aprenda a reconhecer os sinais do seu corpo em cada fase do ciclo e ajuste suas atividades conforme necessário.

Compreender e respeitar o ciclo menstrual pode ser uma ferramenta poderosa para mulheres que buscam otimizar sua vida profissional e pessoal. Não é sobre lutar contra nossa natureza, mas sim aprender a fluir com ela. Espero que essas dicas ajudem você a encontrar sua própria harmonia e transformem sua maneira de trabalhar e viver.

E você, já tinha pensado em ajustar sua rotina de trabalho ao seu ciclo menstrual? Compartilhe suas experiências e dicas nos comentários!

Com carinho.

Thais Godinho

Thais Godinho

Meu nome é Thais Godinho e eu estou aqui para te inspirar a ter uma rotina mais tranquila através da organização pessoal.

1 comentário em “Harmonizando o ciclo mentrual com a minha produtividade”

  1. Obrigada pelo post, Thaís. Sinto que existe um grande tabu entre as pessoas pra falarem sobre menstruação.
    Toda a noite, antes de dormir eu monitoro os meus ciclos com o app Clue e na menstruação gosto de focar em tomar bastante água, alimentos mais saudáveis e com bastante ferro, dormir bem e pegar leve comigo e minha rotina

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *