Usando a Tilifax de uma forma diferente

8
2168

Estou usando uma Tilifax de forma um pouco diferente. Já viram aqueles traveler’s journals? Que as pessoas colocam tudo de uma viagem dentro e levam quando vão viajar? Estou fazendo a mesma coisa com a Tili, mas como se a viagem na verdade fosse a minha semana. 🙂

Então coloco dentro dela todas as informações que vou usar na semana: checklists, contas a pagar, informações diversas. Na parte da agenda, deixo apenas as páginas dos dias da semana, onde faço registros (logs) de gastos, do que comi, do que vesti, como me sinto etc.

Depois, ao trocar de uma semana para a outra, digitalizo as páginas diárias e arquivo no Evernote. Também insiro no planner tudo aquilo que vou deixar para a semana seguinte.

Está bem legal e útil. Também uso como carteira e centralizo ali o que geralmente levo comigo todos os dias, como flags para marcar livros, post-its, cartões de visitas (meus), cartela de cores (roupas), infos médicas e de emergência etc.

As capas eu faço com fichas 3×5 e recortes / colagens + rotuladora.

Quis postar porque praticamente todo mundo usa como agenda. Eu uso a agenda do Google para compromissos e atividades profissionais (acho mais prático de atualizar e os recursos de invites para reuniões são imbatíveis), mas sentia falta de centralizar minhas anotações e registros diários em um só lugar, além de organizar o que costumo levar comigo também.

Captura de tela 2015-11-10 20.33.30

8 comentários

  1. Olá, Thais! Acompanho seu blog e acho ele incrível.

    Mas nos últimos tempos vem me surgindo um questionamento quanto a todas essas ferramentas de gerenciamento, planners, anotações, etc.

    Em nenhum momento você se sentiu escrava do planejamento, desse estilo de vida?
    Como se você vivesse mais pra isso do que pra viver em si? (sei que é seu trabalho, por isso você se dedica mais ao assunto, mas tentemos abstrair essa parte)

    Sei que organização e planejamento são importantes, tento implementá-los no meus dia a dia. Porém, algo que me incomoda um pouco e ainda me trava é a sensação de que nunca terei liberdade existencial, estarei sempre programando tudo e, necessariamente, seguindo o planejado. Escrava de sempre ter que anotar e documentar tudo em diversos locais diferentes (já que agora temos o mundo real – papel, murais, cadernos, post-its – e o virtual – e-mail, planilhas, evernote, wunderlit, todoist….).

    Enfim,

    é algo a se divagar sobre.

    Parabéns pelo seu trabalho!

    • Stephanie, nunca me senti escrava disso. Pelo contrário: ser uma pessoa organizada me permite ter a liberdade de escolher fazer o que eu quiser, porque o que escolhi não fazer está sob controle.

      Eu nunca ouvi essa indagação de quem fosse organizado. 🙂

      • Então, quando comecei a me interessar mais pelo assunto e cai de cabeça no blog (já lia a um tempo, mas nessas ultimas 3 semanas to repassando todos os posts que podem me ajudar), também fiquei pensando nisso, será que não ia virar um tipo de escravidão?
        Depois, colocando minha vida em perspectiva, vi que o tempo que a gente para pra organizar as coisas (como tirar 40min, 1h, no domingo pra organizar a semana semana seguinte) é tão pouco, e o tempo que ganhamos é tanto que vale a pena demais. Tanto pra não ter a sensação de frustração por chegar no final da semana e vimos que não fizemos nada do programado, tanto pra poder fazer qualquer coisa (como descansar, curtir, assistir filme) sem a sensação de ficar com a cabeça em outro lugar porque ta cheio de coisa pra fazer e não sabe como organizar / quando vai fazer. rs

        Estou implementando aos pouquinhos e estou achando o maximo, além de me sentir mais leve e de sentir uma euforia que nunca tive antes pra arrumar as coisas! rsrsrsw

  2. Que legal, Thais! Eu estava curiosa para saber o que estava aprontando com o planner. Comprei uma Filofax A5, mas ainda não chegou, e já estava planejando algo bem parecido, agora vou aproveitar suas ideias também! A minha Easyday é bem legal, mas tem pouca flexibilidade, então o máximo que eu conseguia era acrescentar uns post-its com checklists e outras coisas simples.

    Meu trabalho raramente inclui grupos, então pretendo continuar usando o Google só para manter lembretes/alertas no celular, porque sou meio esquecida e, nos dias em que não tenho muito trabalho, às vezes largo tudo, saio de casa com as crianças sem agenda ou computador e sou capaz de esquecer horário das atividades delas!

  3. Mas Thaís, minha inspiradora:

    Tu abrindo mais uma ferramenta na tua vida (um Tilifax ou um Moleskine…) tu estás indo na contramão da trajetória que vinhas fazendo até agora e que serve de inspiração e trilha para centenas dos teus seguidores como eu:

    Dou um exemplo: uso todas os mesmas ferramentas que nos ensinaste ao longo destes anos ( Todoist, Evernote, Google Calendar…) e agora vais “emburacar” tudo num caderninho semanal, para DEPOIS passar para aquelas outras?

    Estou me esforçando durante anos para largar o Moleskine (que levo para reuniões para anotações super ultra-rápidas, que não dão tempo de serem incluídas direto no Evernote, por exemplo), mas que a cada noite são eliminadas do Inbox fisico para o digital), e tu estás querendo regredir, guardando uma semana as “tralhas”?

    Então nem vou tentar me livrar deste vício do caderninho de bolso…(risos)

    Acho, tal qual a tua seguidora Stephanie Urbano, que tomaste uma overdose de organização, e que isto vai te escravizar um dia…

    Beijos,
    Fernando Meira

    • Você usa carteira, Fernando?

      Você acha que é escravizador abrir a carteira e tirar seu cartão ou dinheiro quando precisa pagar algo?
      Acha escravizador levar sua carteira com você todos os dias?

      O que eu estou fazendo com essa agenda é usá-la como carteira. Só isso. ;D

      Não devo ter me expressado bem, mas não estou fazendo o que você comentou sobre levar coisas que já estão no meu sistema. A agenda é uma pastinha para pormenores físicos que levaria comigo de qualquer jeito.

      Eu não gosto da associação do termo “escravização” com organização e gostaria de pedir, se possível, que evitassem comentários a respeito, porque não tem nada a ver com o conceito de organização que passo aqui no blog e procuro ensinar aos leitores com tanto afinco.

      Obrigada.

  4. olá thais
    comprei a agenda filifax a5 ano passado, mas estou com dificuldade em comprar o refil deste ano. voce sabe se posso encontrar aqui no brasil?

Deixar uma resposta

Por favor, insira seu comentário
Por favor, insira seu nome aqui