Resumo do mês de setembro 2019

10
3383

Todo mês eu gosto de fazer uma retrospectiva do que aconteceu na minha vida, como forma de reflexão, e também para compartilhar com vocês um pouco da minha vida pessoal além do Vida Organizada.

Setembro foi o meu melhor mês este ano. Estava revisando os outros resumos de 2019 e pensei: “caraca, que ano desafiador”. Setembro foi incrível. Sabe quando você sente que se alinhou de volta ao seu eixo? É como me sinto neste momento em que escrevo o post.

Duas coisas foram importantíssimas este mês.

Tudo começou quando fui ao centro budista participar de um retiro em um sábado, como não fazia há anos. É difícil para mim participar de retiros, porque não me sinto bem de passar dias fora de casa, longe do Paul. Por isso, retiros de um único dia são as melhores opções para mim hoje. Eu tinha deixado de frequentar o centro budista e, sinceramente, quando pisei lá para o retiro, eu não conseguia me lembrar por quê. Foi uma sensação de prazer espiritual instantânea. Revi amigos, pessoas do bem que gosto muito, e o ambiente e maravilhoso, os ensinamentos, enfim… eu tinha tido uma semana bem difícil ali naquela primeira semana de setembro e o dia do retiro foi o dia mais feliz que consigo me lembrar, nos últimos tempos. Estava sol, aquele sol fraquinho que não queima, mas torna o dia agradável. Passei o dia sozinha e imersa em meus pensamentos. Foi tão bom. E, ali, eu tomei a decisão de voltar ao curso de aprofundamento que eu fazia e às práticas diárias.

Quando eu morava em Campinas, cheguei a dar aulas de meditação no centro, pois estava muito envolvida, e sempre tive vontade de fazer o curso de formação de professores – estava no meu “algum dia, talvez”. Achei que tinha chegado o momento, e me inscrevi. Comecei em setembro, e nunca estive tão feliz. É simplesmente o caminho certo para mim.

A outra coisa tremendamente importante do meu mês foi a decisão e a transição “formal” para o veganismo. Vegetariana é aquela pessoa que não come nada de origem animal. Existem vegetarianos que são ovolactovegetarianos, pois não comem carne, mas comem mel, ovo, leite e derivados. O veganismo não diz respeito apenas à alimentação, mas a tudo. Não se consome nada que tenha tido abuso, violência ou crueldade animal. Isso se reflete tanto na alimentação quanto na bolsa de couro que você não compra, por exemplo, e até em produtos de limpeza e cosméticos. É uma transição para a vida, mas em setembro isso foi muito marcante para mim.

Ainda pretendo escrever um post sobre o veganismo no próximo mês mas, de modo geral, é algo que eu tento fazer há uns 20 anos. Carne vermelha eu parei de comer há uns dois anos, e mesmo frango e peixe eu estava comendo no máximo uma ou duas vezes por semana. Ter descoberto a alergia à lactose me fez tirar de vez. Foi quando percebi que não havia por que continuar consumindo produtos de origem animal se me faziam tão mal – de saúde e espiritualmente, filosoficamente falando. Já faz quase três meses que estou vegana 100%. É uma transição complicada, especialmente por conta da cirurgia bariátrica, mas prometo que falarei mais sobre isso em um futuro breve, para não me estender neste post.

Participei de um evento muito bacana este mês, que foi o YouPix Summit – um dia inteiro de palestras e painéis para quem trabalha com criação de conteúdo na Internet.

Também tivemos a terceira turma do GTD Nível 3: Foco & Direção, e eu senti ali que já estou muito confortável ministrando o conteúdo desse curso, que ainda é novo no Brasil. Teremos uma última turma dele dia 9 de novembro, ainda com vagas, se você tiver interesse. Escreva para: atendimentoGTD@gmail.com

Outra coisa que aconteceu este mês foi uma reunião sobre um projeto musical envolvendo a memória do meu pai. Antes de ele morrer, ele estava gravando um CD com um amigo músico dele, que quis homenageá-lo dando continuidade ao projeto. Só que cinco anos depois da morte do meu pai, esse amigo morreu também. 🙁 E aí a esposa (viúva) dele vinha conversando comigo para finalizarmos o projeto, e temos um produtor muito legal tocando isso, enfim. Este mês nos reunimos e estou muito contente por fazer parte e ajudar a cuidar do legado do meu pai.

Profissionalmente as coisas estão muito bem, com muitas oportunidades de trabalho e melhorias no que já existe. Fiz algumas ações em empresas este mês, de palestras a workshops mais completos, e continuarei fazendo isso nos próximos meses. Com o GTD, a coisa é mais pontual (a Call Daniel me contrata, vou lá e ministro o treinamento), mas com o Grupo TGO a ideia é desenvolver um programa de formação a longo prazo, com foco na mudança de cultura da produtividade da empresa. Esse será um dos meus principais focos de atuação no ano que vem e tenho muito orgulho desse trabalho.

Além disso, tenho o programa de mentoria, que é na verdade um processo avançado de organização que envolve aprofundamento no método do Vida Organizada, pesquisas, estudos e implementação de soluções personalizadas. Haverá uma nova turma da mentoria em janeiro, que já estou estruturando. Eu amo esse trabalho, me sinto muito plena quando realizo ações relacionadas. E as pessoas também são incríveis. <3

Atendendo a pedidos, também voltei a fazer o trabalho de mentoria para personal organizers e profissionais de organização que queiram dar um chacoalhão em seus negócios e precisam de uma orientação de alguém com mais experiência para ajudar. Se você tiver interesse, ainda tenho alguns dias de agenda para este ano – contate atendimentovidaorganizada@gmail.com

O principal curso do Vida Organizada, o Organize-se em 2019, terá mais um módulo que está entrando no ar nos próximos dias, e agora algumas aulas adicionais até o final do ano. Se você quer ter uma solução definitiva para se organizar, esse é o curso. Por isso ele é 100% online, de modo que qualquer pessoa, não importa onde mora, consiga participar. Ele se chama Organize-se em 2019 mas você tem acesso por três anos a ele, então é um investimento de médio prazo que fará para a sua vida. <3

Os cursos de GTD precisam ser presenciais porque essa é uma demanda da David Allen Company, e como não posso estar em todos os lugares ao mesmo tempo (e nem seria justo, já que temos instrutores incríveis esperando essa oportunidade), estamos organizando para que outros instrutores possam organizar turmas abertas ao redor do país com mais frequência do que eu vinha fazendo nos últimos anos. Eu vou me concentrar em São Paulo, mas pretendo viajar para realizar cursos de níveis que ainda não haja instrutores certificados, no ano que vem. Ainda estou estruturando essa agenda de viagens, pois para mim tem um custo muito alto viajar e ficar fora vários dias. Prefiro me concentrar no conteúdo online, que impacta mais pessoas. Em setembro, consegui pensar bem no meu planejamento do ano que vem, e coisas boas vêm por aí. 🙂

No mês de setembro eu também trabalhei na próxima turma do workshop presencial de Planejamento de Vida, a terceira turma deste que é meu curso querido, uma espécie de “coaching de um dia”, quando trabalhamos em vários temas super legais e que você leva para a vida toda. Essa turma acontecerá em novembro, no meio do feriado, pois as pessoas de outros estados me pediram para fazer dessa forma, de modo que consigam participar.

Em nível pessoal, está tudo bem. Marido bem, filho bem, mãe bem, amigas bem. Em setembro uma delas fez uma festinha para comemorar o aniversário dos dois filhotes, então foi uma oportunidade muito gostosa de estarmos juntas, conversar e dar risada.

Na última semana, eu dei uma topada absurda com o meu pé na mesa de centro da sala e quebrei o dedinho. rs Pareceria cômico se não fosse trágico. Isso me deixou meio imobilizada e com muita dor, mas já estou melhor.

Aqui no blog, o tema macro abordado foi finanças, e eu usei como base o método do Ben Zruel, que tinha sido meu professor em um curso de finanças para empresários, e foi ótimo ter mergulhado nesse tema este mês. Pretendo sim dar continuidade, e no post de amanhã você saberá qual será o tema de outubro. 😉

Confira os meus posts e conteúdos preferidos deste mês no blog:

Os vídeos sobre finanças ainda estão entrando aos pouquinhos no canal no YouTube. Aproveite para se inscrever lá! É muito importante que você se inscreva, pois isso que faz o canal crescer e se mostrar relevante para o YouTube. Se você gosta deste trabalho, esta é uma maneira fácil, simples e gratuita de apoiar. Muito obrigada.

Fiquei muito satisfeita com o conteúdo do blog este mês!

Quando eu paro para pensar no meu mês de setembro, a palavra que me vem à mente é encaixe. Senti que as coisas se encaixaram, e continuam se encaixando, nesse processo lindo que é a vida. Senti que muitas peças entraram no lugar certo. Me sinto alinhada e centrada de acordo com o meu propósito e valores mais elevados. Isso é organização, para mim.

E você, o que fez no mês de setembro? Como foi esse mês para você?

10 comentários

  1. Meu mês de Setembro foi marcado pelo nascimento da minha princesinha, Laura. Dia 12 me tornei mãe pela segunda vez. Está sendo desafiador com 2 bebês em casa (a mais velha tem 1ano e 8 meses), mas aos poucos a rotina vai entrando nos eixos.
    Fico feliz que seu mês tenha sido bom também!!! Obrigada por compartilhar com a gente.
    Adorei os conteúdos sobre finanças. É algo que preciso por em ordem urgente na minha vida e seus posts vieram pra ajudar.
    Que Outubro seja um mês tão maravilhoso pra vc como foi Setembro!!! 💕

  2. O meu mês Setembro fui bom, na verdade semana retrasada fui a melhor que eu tive no ano: entrei pra uma ONG ambiental, consegui arrecadar 422 mudas de árvores sozinhas, fiz uma ação ontem com mais 14 voluntários reconhendo lixo e fui convidada pela dona de uma outra ONG a fazer roda de leitura com crianças.
    Tô me sentido tão bem comigo mesma, um orgulho e uma vontade de viver que há tempos eu não tinha

  3. Por um lado foi um mês bom no lado profissional, já que consegui um cliente novo então fico menos ansiosa por ter mais uma fonte de renda (sou tradutora autônoma), mas ao mesmo tempo senti que isso me desgastou um pouco (bastante, na real) porque ainda estou naquela fase de “mostrar” trabalho para o cliente saber que pode confiar em mim. Enfim. Gostei bastante desse mês no blog, me deixou tranquila em saber que a minha “paranoia” com finanças não é tão incomum assim. rs
    Beijos

  4. Meu mês de setembro foi agitado/conturbado. Teve uma viagem maravilhosa para Pernambuco com o marido e filho. Teve o pior mês de vendas na nossa loja, a piora na saúde da minha mãe (que hoje decidimos levar morar conosco, até descobrirmos o que realmente ela tem). Tive minha primeira “dor muscular” desde que comecei a praticar corrida, e faltando nem 1 semana para última competição do ano. É um misto de sentimentos, duvidas. Só desejo que outubro seja um mês mais calmo, esclarecedor e lindo!!!!

  5. Ideia massa, vou tentar fazer o mesmo. É muito bom relembrar o que fizemos, principalmente daqui a alguns anos, quando poderemos revisar fatos que nossa limitada área de armazenamento mental deletou.
    Uma dúvida, vc lembra de tudo q precisa anotar no post, vc faz registros diários, revisa as tofos tiradas no mês ?
    Valeu Thais, sou teu fã. Se cuida !

Deixar uma resposta

Por favor, insira seu comentário
Por favor, insira seu nome aqui