Como eu organizo a casa para a chegada da primavera

7
3067

A primavera em São Paulo é uma estação “confusa”. Costuma chover muito, ainda não é tão calor, temos dias friozinhos ainda, mas também dias mais quentes. Por volta de novembro o calor começa a chegar de vez, mas até lá existem algumas providências que eu gosto de tomar para a estação, e é sobre elas que pretendo falar neste post de hoje.

Eu moro em um sobrado, em um bairro alto, então toda vez que chove muito existem duas coisas que podem acontecer: acabar a luz e entrar água pelas janelas (mesmo fechadas). Então, nessa época, eu sempre reforço meus acessórios de chuva (guarda-chuvas sempre disponíveis, tanto na entrada de casa quanto nas bolsas e mochilas) e também a vedação das janelas. Quando chove, já ficamos de olho nos eletrodomésticos, para desligá-los da tomada (aliás, essa é uma excelente prática mesmo sem ser em época de chuvas, pois economiza energia). Também deixo os “kits” de velas, isqueiros e candelabros facilmente acessíveis, tanto em casa (um em cada cômodo) quanto no escritório.

De alguma maneira, eu sempre associo a chegada da primavera a um sentimento de renovação. Por isso, gosto de limpar mais a casa, deixar mais as janelas abertas para entrar ar, gosto de lavar os tapetes, cortinas, capas de almofadas, enfim, dar uma renovada. É um momento excelente para já começar a lavar artigos de frio mais pesados e ir armazenando aos poucos. Quando o calor chegar para valar, você pode trocar as cortinas para cortinas de tecidos mais leves, substituir tapetes e roupas de cama, se quiser. Eu gosto de deixar a casa mais colorida. Trazer flores. Destralhar com mais frequência.

Sobre as roupas, tenho um post bastante detalhado sobre como planejar o armário cápsula de primavera. Acho ele bastante completo e uso inclusive como guia para eu mesma organizar o meu, o que faço ao longo do mês até finalmente guardar todas as outras peças de inverno em um lugar menos acessível do meu guarda-roupa. Pode ser legal ter algumas peças “de transição”, que você ainda usará até chegar o calor de verdade.

Neste outro post, faço algumas considerações para melhorar a transição do guarda-roupa de inverno para o de primavera. Gosto muito da sugestão de usar peças estampadas com flores e folhas, pois isso é uma coisa que eu realmente gosto de fazer nessa época do ano!

Caso queira dicas adicionais, gostaria de recomendar também um post sobre como celebrar o fim do inverno. Eu gosto do frio, mas também curto muito cada uma das estações, o que foi algo que aprendi a amadurecer com o passar dos anos. Cada estação tem sua graça, as coisas legais de serem feitas. Aproveitar a vida, ser feliz, tem muito de você se adequar aos ritmos da natureza. Sei que muitas regiões além de São Paulo, tanto no resto do Brasil como no mundo, têm configurações climáticas diferentes. O que quero incentivar com este post é que você observe mais a natureza onde você vive e procure sempre se adequar aos seus ritmos, para facilitar a vida mesmo e aumentar sua conexão com a natureza. Isso tem tudo a ver com uma vida organizada.

7 comentários

  1. óTimo post!
    Eu tbm sinto mais necessidade de destralhar nessa época do ano, estou terminando a reforma no quarto do meu filho onde tiramos muitas coisas que já não são mais usadas e pretendo fazer aos poucos no meu tbm incluindo mudar a cor das paredes.
    Sobre o armário cápsula é um momento legal para avaliar se precisa de novas peças para o verão ou calçados para substituição. Para as plantinhas a mudança de estação é indicada para fazer o replantio.

    Beijos

  2. Oi, Thaís, querida. Também amo a primavera, embora aqui no Paraná, onde moro, também faça dias friozinhos ainda =) Um beijo, eu estou todos os dias por aqui

  3. moro em floripa, que tem as estações até que bem definidas se comparar com outros lugares (o inverno desse ano foi tardio demais por aqui, no entanto).
    e a primavera é, sem sombra de dúvidas, minha estação favorita. sinto tanto as diferenças da natureza quando ela chega que é como se fosse o momento do ano em que eu mais me sinto presente, atenta e disposta. também associo essa estação à renovação, e vejo essas transações da natureza em minha vida também. é um momento de se abrir a novas possibilidades e de ser mais leve, e o fato de ser meu mês de aniversário intensifica ainda mais 🙂
    adoro esse videozinho, que descreve com tanta simplicidade o que sinto nessa época: watch?v=emG7TL2BKpA

  4. Também gosto muito de valorizar/aproveitar cada estação do ano. Acho que faz um bem danado essa sintonia com a natureza!

Deixar uma resposta

Por favor, insira seu comentário
Por favor, insira seu nome aqui