A base do meu menu diário hoje em dia

6
9028

Sei que esse tipo de post é polêmico, porque ninguém é perfeito, mas como muitos leitores me pedem para mostrar como é o meu menu diário, estou postando. Lembre-se sempre de não copiar o menu de ninguém, e sim consultar um médico especialista para elaborar um menu que seja adequado às suas necessidades.

Veja também o post que escrevi anteriormente sobre como organizar o preparo da comida diariamente mesmo que você tenha uma vida corrida.

Tenho alguns princípios para a minha alimentação diária:

  • comer de 3 em 3 horas
  • evitar industrializados
  • sempre que possível, comer salada
  • evitar leites e derivados, e pães e derivados do trigo

Meu menu diário segue mais ou menos a seguinte linha todos os dias, a saber:

  • café-da-manhã: ovos mexidos ou fruta
  • no meio da manhã: café preto ou chá
  • almoço: salada + proteína ou massa ou arroz + proteína ou legumes + proteína
  • no intervalo seguinte: suco ou chá
  • três horas depois do almoço: salada ou sopinha
  • no intervalo seguinte: uma fruta, geralmente banana (antes de sair para correr)
  • jantar: omelete ou salada ou legumes + proteína
  • no intervalo seguinte: chá de ervas ou frutas
  • ceia: fruta ou chá novamente

É bem simples, de verdade. Acabo seguindo o menu aqui de casa. Então às vezes pode acontecer de ter massa de noite (certamente não é o ideal, mas acontece, e como pouco, então não é muito problemático), ou sair para jantar (sempre que possível, opto pela salada).

Tem funcionado para mim. 🙂

6 comentários

  1. Tenho um looongo caminho a percorrer em alimentação saudável. Tô com o “projeto Comer bem” focando em uma refeição por vez. Vou recomeçar agora em julho hehehe
    Quero muito ver sua lancheira! A minha é muito pequetuxa, não cabe quase nada. Mas me ensinou a importância de checar as medidas das coisas antes de comprar kkkkkk
    Amando o tema do mês <3

  2. Oi, Thais!

    Tu conheces a abordagem da nutrição consciente e intuitiva?
    Iniciei um acompanhamento agora com uma nutricionista que trabalha com essa perspectiva e estou amando. Acho que tu te interessarias bastante também, porque é um foco bastante ligado à atenção plena e às práticas medidativas 🙂

    Abraço!

  3. Evitar industrializados é saudável para a alimentação, de modo geral. Tenho me aproximado mais de um estilo alimentar paleo/low-carb e praticado jejum intermitente. Alguns dias acabo fazendo só uma refeição, em geral com muita carna, folhas e boas gorduras. Nunca consegui comer de 3 em 3 horas, era um martírio o tempo em que tentava me adequar a isso e incrivelmente o jejum caiu como uma luva em minha vida. Estou mais magro e a cada dia mais saudável.

  4. Que show Thais! Faz um tempo que acompanho seu trabalho em geral e venho me inspirando, mas a pouco tive labirintite e acabei tendo que cuidar mais da alimentação. A questão é que estou passando por dificuldades financeiras e achar exemplos de cardápios ou menus mais “em conta” que sejam saudáveis não está fácil. Esse Post me ajudou muito mesmo, já vou reprogramar as compras da próxima semana e fazer um teste
    Obrigada de coração. Sucesso na sua jornada e muita gratidão por todo seu trabalho.

Deixar uma resposta

Por favor, insira seu comentário
Por favor, insira seu nome aqui