Carta da Editora

Carta da Editora: Ressignificando a Tecnologia

O tema do mês de março no blog será ressignificando a tecnologia.

A ideia é falarmos um pouco sobre como a tecnologia afeta as novas vidas e como nos relacionamos com os diversos dispositivos, aplicativos e ferramentas.

Estamos vivendo em um momento no mundo em que todos podemos ficar conectados 24 horas por dia, 7 dias por semana, se quisermos. Algumas pessoas realment precisam, devido à natureza do seu trabalho ou compromissos pessoais. Que efeito isso está causando na gente?

Viajar para outros países me ajuda a perceber que existem particularidades aqui no Brasil, especialmente no que se refere à educação entre as pessoas e os relacionamentos. Ainda temos muito a desenvolver.

Meus estudos para o mestrado também têm me ajudado a entender melhor do que estamos falando aqui. Como surgiu a ideia de tecnologia. Para que ela serve. Como os humanos se relacionam com ela.

Mais do que promover a desconexão, está a ressignificação da tecnologia. Seu uso saudável, com sentido e propósito.

Já tenho algumas ideias em pauta e posts agendados, mas gostaria de personalizar um pouco mais. Caso você tenha alguma sugestão para esse tipo de conteúdo, por favor, deixe um comentário. Obrigada.

Você também pode gostar...

Posts mais acessados

8 Comments

  1. Beth Vasconcelos says:

    Hola Thais , sou a Beth sua aluna do GTD. Eu comparto com você e respeito a sua decisão em relação ao whatsApp.
    Fui professora universitária por muitos anos, e a forma que encontrei de fazer com que meus alunos desligassem o celular foi utilizando exemplos práticos, mostrando o que uma mensagem poderia trazer de transtorno para ele, naquele momento, pois só o prejudicaria , o seu emocional estaria alterado e ele não poderia deixar o trabalho ou a prova para depois. Você deve saber que aluno é muito criativo e as desculpas são muitos , então……. usando as mesmas armas , a criatividade … criava situações reais para convence-los que em certos momentos é melhor não tomar conhecimento . Bijos

    1. Obrigada por comentar e compartilhar, Beth.

  2. Maria Marta Lino de Oliveira Silva says:

    A tecnologia ajudou a me conectar com coisas que em “outros tempos” seria impossível, como ter acesso a pessoas e conhecimento. Acho isso um ganho fantástico para nossa geração, sou fã e adoro todas as novidades! Penso que o perigo é o discernimento da linha tênue entre bem viver e não viver, apenas “navegar”.

  3. Marina Galleazzo says:

    Thais, fico muito feliz que a sua pesquisa tenho gerado tantos impactos a curto prazo na sua vida (e também na nossa, que te acompanha). Acho fundamental para mostrar a importância de quem pesquisa, que o que fazemos pode sim melhorar as nossas vidas!

  4. Muito legal essa reflexão, Thais! Acho que para esse tema vale a resenha do livro que saiu há pouco, “Digital Minimalism”, de Cal Newport. Curiosa para saber o desenrolar dessa jornada!

    1. Já estou com ele aqui, só não li ainda. Vale sim.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *