Livros

“O clube das 5 da manhã” (Robin Sharma)

Concluí a minha primeira leitura de 2020, que foi este livro do Robin Sharma.

O livro me despertou sentimentos conflitantes.

Para delinear todos os pontos que pretende explorar ao longo do livro, o autor optou por contar uma história de ficção sobre duas pessoas que estão assistindo uma palestra de um “orador fascinante” e, lá, conhecem uma figura “particular”, que os guia ao longo da jornada. Não quero escrever muito para não dar spoiler, mas essa escolha narrativa me trouxe prós e contras.

O pró é que algumas pessoas podem gostar desse estilo de livro, por se envolverem na história. Eu não gosto, então vamos para os contras.

Para mim, a história, os diálogos, o relacionamento que se desenvolve – tudo me soou muito brega e pedante. Cheguei a considerar abandonar o livro de tanto que isso me incomodou. O que me manteve na leitura foi que a mensagem por trás de toda essa parafernalha desnecessária é importante e o método tem sim seu valor. Sim, acredito que seja um método o que ele propõe.

Mais do que acordar às 5h da manhã, o livro trata-se de um tratado sobre como viver a vida com mais significado. Acordar muito cedo significa proporcionar um momento de qualidade para os seus pensamentos antes de o dia começar oficialmente para a maioria das pessoas e você mesmo se envolver em distrações e ficar cansado/a ao longo do dia.

Se você conseguir olhar por cima das nuvens desse texto (que considerei esquisito), ignorar alguns diálogos e acontecimentos, conseguirá estudar o livro e aproveitar melhor a leitura. Pelo menos essa foi a minha estratégia para conseguir concluir e até passar a curtir mais. Realmente precisei pular alguns diálogos e descrições que, do meu ponto de vista, nada acrescentavam. Eu não queria saber se o cara tinha a barriga tanquinho sarada ou que eles passearam por uma “rua de churrascarias”. São uns elementos que não influenciam em nada no conteúdo em si, criados apenas para dar corpo à história que o autor estava contando. Pode ser que isso seja importante para quem gosta de histórias, mas a história em si não me “pegou”, sabe? Certamente é questão de gosto pessoal e pode ser que você curta, então vale a pena dar uma folheada no livro em uma livraria ou ler alguns trechos gratuitos na página da Amazon para avaliar por si mesma/o.

No final das contas, considero um bom livro para grifar as melhores partes que conversarem com você e reler depois que terminar, reforçando os pontos aprendidos.

Acredito honestamente que acordar às 5h tenha o seu valor, mas envolve dormir bem mais cedo, o que para a maioria dos trabalhadores é quase impossível, devido às atividades domésticas, de estudos, com filhos, entre outras. Não é uma questão de desculpas, mas da realidade de cada um. No entanto, no meu entendimento, a rotina ao acordar, assim como acontece em “O Milagre da Manhã”, pode ser adaptada em termos de horário, apesar de ser mais efetiva acordando mais cedo que todo mundo realmente.

Porém, outras sugestões podem factivelmente ser aplicadas, como a regra 90/90/1, a oscilação entre trabalho e descanso, além da máxima “o amanhã é um bônus”.

Alguns pontos chegaram a me emocionar, especialmente quando ele fala sobre a brevidade da vida, que acredito ser a chave da coisa toda, quando se fala em organização da vida. Quando você desenvolve esse senso de que sabe que não viverá para sempre, você para de procrastinar coisas importantes porque o dia mais importante é hoje. Ninguém sabe o que pode acontecer amanhã. Então curta a vida, ame sua família, tudo isso.

O livro é cheio de diagramas e listas sintetizando os ensinamentos, o que considero um ganho na hora de revisar e pode agradar as pessoas mais visuais.

Ele traz muitas orientações que já faço, pois trabalho com produtividade há muitos anos, então para mim são comuns, mas podem ser novidade para quem está começando agora a aprender sobre isso. Por exemplo, a coisa de alternar esforço com descanso. Isso pra mim é um ato básico incorporado na vida, mas pode ser um insight para outras pessoas.

Bom livro. Excêntrico, mas com seu valor. É uma pena que o autor tenha precisado encher linguiça com uma historinha para passar o conteúdo, mas quem sou eu para dizer – vai que ele está certo?

Vejo o livro como um legado sim e até arrisco dizer que traz uma metodologia que foi explorada também pelo Hal Elrod no “Milagre da Manhã”. Não sei dizer no momento quem veio antes de quem. Cabe a você ler os dois e descobrir qual te apetece mais, pois ambos batem na mesma tecla.

Se você for do time das pessoas que acredita que acordar cedo faça diferença, recomendo a leitura. Se a achar chata, pode usar as mesmas técnicas que eu usei para conseguir ler. Se você se interessa por produtividade e alta performance, é uma leitura obrigatória.

Clique aqui para ver mais informações do livro na página da Amazon e, por favor, deixe um comentário caso já o tenha lido. Espero que a resenha tenha sido útil. Muito obrigada!

12 Comments

  1. Obrigada pela resenha 😊

    Quando vc falou dos diálogos fiquei lembrando do Segredo de Luísa.
    Não sei se vc já leu, mas basicamente é um romance com ensinamentos de administração e empreendedorismo.

    1. Ainda não li, acabei perdendo o interesse nesse livro com o passar dos anos. Mas ele parece legal. Obrigada por me lembrar.

  2. Sempre boas observações! Obrigado

  3. O que é a regra 90/90/1?

    1. Um conceito do livro.

  4. Eu não gostei do “milagre da manhã” apesar de acordar cedo todos os dias. Está na moda acordar 5 horas e se tornar “bem sucedido”. E daí surgiram vários livros ( inclusive do mesmo autor) explorando o assunto. A ideia é interessante mas para muita gente é difícil ou mesmo não fisiológico ter esse ritual (eu por exemplo se fizer exercícios pela manhã passo o dia com sono) e o que deveria ser um prazer se torna cansaço e frustração. Bom, é só uma opinião, não pretendo ler esse livro (risos).

  5. Jorge Almoas says:

    Olá, no que consiste a regra 90 / 90 / 1 ?
    PS: gosto muito do seu conteúdo e procuro ler todas as semanas. Abração!

    1. Oi Jorge. É um conceito que ele ensina no livro. Obrigada!

  6. Oi Thais, Feliz Ano, tamo junto! Uma dúvida, os textos para mim estão aparecendo com grandes espaços, acho que não estão aparecendo as ilustrações ou fotos. O que pode ser?

    1. Deve ser alguma instabilidade temporária no servidor. Aqui está normal.

    2. Maria Cristina says:

      Estava acontecendo comigo no celular, mas no computador as imagens aparecem normalmente.

    3. Talvez você estava usando algum bloqueador de propagandas, uma das coisas que produzem este efeito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode gostar...

Posts mais acessados