Revisitando as minhas 5 prioridades para 2019

3
2756

No início do ano, eu defini que teria 5 prioridades para 2019. Definir essas 5 prioridades significaria dar mais atenção a elas diariamente. Como estamos no final do ano, pensei que seria bacana fazer uma revisão de como lidei com essas prioridades ao longo do ano.

Em 2017, eu li o livro “Ponto de equilíbrio”, e uma das coisas que a autora recomenda e que eu adorei fazer foi definir 5 prioridades para o ano e ignorar todo o resto.

Quando vejo as prioridades que defini para 2018 e depois para 2019 (os dois anos em que fiz essa atividade), consigo enxergar com clareza como estava a minha vida naquele momento e por que escolhi cada uma delas. Acredito que as escolhas para este ano tragam o mesmo tipo de percepção também.

Veja aqui o post sobre as prioridades para 2018.

PRIORIDADE 1: CUIDAR DA MINHA SAÚDE

Tive um susto bem chato no final do ano passado. Quando achei que o ano (difícil) já tinha acabado, passei mal na noite de Natal e fiquei quatro dias internada no hospital. Este ano a coisa mais importante de todas foi garantir que eu não tivesse mais nenhum tipo de susto e que eu ficasse bem, então não medi esforços para valorizar essa parte.

Isso foi tão verdade que recusei trabalhos, cancelei projetos, tudo para ficar bem de saúde. Em janeiro ainda estava me recuperando do quanto fiquei mal em dez/18. Aí, em fevereiro, fiquei muito ruim – depois descobri que era uma intolerância crônica à lactose. Mas eu fiquei uns três a quatro meses RUIM, gente, sem forças pra levantar direito. Impactou muito o meu trabalho, mas por outro lado me fez olhar para mim e ter essa prioridade brilhando na minha frente. Tirei a lactose, depois virei vegetariana, descobri a ayurveda, comecei a preparar mais a minha própria comida, e tudo isso fez com que, de fato, minha saúde fosse minha prioridade em 2019. Chego ao final do ano me sentindo 300% melhor, muito bem de saúde.

PRIORIDADE 2: CUIDAR DO NOSSO NÚCLEO FAMILIAR

2018 foi um ano muito difícil, especialmente relacionado com a perda da minha avó. Para todos nós foi difícil. Foi uma perda grande para o Paul também. Ele passou por um ano complexo na escola, em que não se adaptou. Meu marido sentiu uma certa morosidade na carreira, e finalmente retomou a alegria nas coisas. Passamos por muita coisas juntos e existem pontos diversos de melhorias, como o excesso de telas para o Paul, por exemplo, que queria prestar mais atenção este ano. Então cuidar desse nosso núcleo é primordial, e um foco importantíssimo.

De fato foi uma grande prioridade para mim. Parei de viajar tanto a trabalho para ficar mais próxima do Paul. Isso foi incrivelmente importante. Eu voltei a fazer terapia depois de mais de um ano sem fazer, e foi essencial para eu me entender melhor e aprender a lidar com todas as pessoas, inclusive a minha família. Meu marido e eu nunca estivemos tão bem. Amadurecemos demais este ano juntos. Acho que tudo o que passamos nos últimos dois anos foi essencial para a gente ter o excelente relacionamento que nós temos hoje.

PRIORIDADE 3: VALORIZAR MAIS O VIDA ORGANIZADA

Não me entendam mal: eu amo outros métodos, outras técnicas, outros autores, mas eu também produzi muito conteúdo intelectual desde que esse blog foi criado. Toda vez que lanço algo novo do Vida Organizada, sinto uma alegria imensa em realizar esse trabalho e tenho um retorno incrível de vocês. Eu quero poder trazer sempre o Vida Organizada em primeiro lugar, frente a qualquer outra iniciativa.

Eu escrevi um post ontem sobre o status do meu negócio em si, onde exploro bastante este tema. O foco será gigantesco em torno disso em 2020, mas ter isso em mente ao longo de 2019 me fez chegar ao final do ano com a certeza de que isso é o mais acertado.

PRIORIDADE 4: CONCLUIR O MESTRADO E TER MAIS CLAREZA QUANTO AO MEU TRABALHO

À medida que a vida vai acontecendo e a sua empresa vai crescendo, você começa a ter que tomar decisões importantes. Você prefere crescer e, com isso, aumentar seu faturamento e a sua complexidade, ou prefere reduzir ainda mais o escopo, diminuindo o faturamento mas ganhando em qualidade de vida? Com o término do mestrado, começará uma nova fase da minha vida em que precisarei tomar decisões relacionadas ao meu trabalho como um todo. Por ex: quanto tempo por semana posso dedicar a dar aulas hoje? Ou não é o momento? Já vou pensar no doutorado? Entre outras.

Com relação à primeira pergunta, depois de tudo o que aconteceu em 2019, eu preferi diminuir a complexidade e focar mais na minha qualidade de vida. Com relação ao mestrado, ainda não conclui 100% (escrevi outro dia sobre o status da dissertação), mas já concluí 95%. Falta bem pouco. Uma coisa é certa: tenho 100% de clareza quanto ao meu trabalho. Decidi não fazer doutorado em 2020 (quero aproveitar para estudar assuntos diversos e pensar com calma no recorte do projeto – falarei mais sobre isso posteriormente). Também decidi investir em apenas um projeto de aulas acadêmicas, que divulgarei em breve (por enquanto é um pouco secreto e envolve outras pessoas). Estou completamente focada no meu trabalho com o Vida Organizada e eu chego ao final deste ano com as certezas que eu buscava ter ao final do ano passado, quando defini essa prioridade.

PRIORIDADE 5: CUIDAR DA MINHA MÃE

Minha mãe mora em outra cidade e eu sou filha única, o que já é motivo suficiente para eu começar a me preocupar e começarmos a pensar em possíveis mudanças para os próximos anos. Ela está bem, mas quero dar mais atenção e suporte do que faço hoje.

Acho que nunca em todos os outros anos da minha vida, desde que a minha mãe foi morar em outra cidade, nós estivemos tão próximas quanto este ano. Visitei ela várias vezes, ela também veio para São Paulo em outras, e nos falamos muito mais. Foi essencial ter tido essa prioridade este ano porque isso significou muitas coisas para nós, que levaremos adiante.

Essas prioridades me trazem sempre uma clareza enorme sobre o que deve ser o meu foco ao longo do ano, todos os dias, momento a momento, e essa é realmente a ideia – usar como princípio para a tomada de decisões. Por ex, se fazer algo vai prejudicar a minha saúde, não faço. Simples assim.

Ainda estou refletindo sobre as minhas prioridades para 2020, apesar de já ter várias delas bem claras na minha mente, e pretendo escrever um post em janeiro sobre elas. Mas e você, consegue pensar em 5 prioridades para a sua vida no ano que vem? Deixe suas impressões. Obrigada!

3 comentários

  1. Minha maior prioridade para o próximo ano será cuidar da saúde.
    Gostei da indicação ao livro. Vou lê-lo. Obrigada

  2. Um bom exercício. Ano passado falhei da metade do ano pra cá em várias prioridades… fiquei meio perdida, digamos assim… acho que o bom de iniciar um novo ano, apesar de ser apenas um dia após o outro, são essas avaliações e recomeços.

    Mas longe de reclamar de 2019… foi um bom ano. 🙂

  3. Ler sobre as suas prioridades me ajudou muito a refletir sobre as minhas para este novo ano.
    Obrigada!

Deixar uma resposta

Por favor, insira seu comentário
Por favor, insira seu nome aqui