Guia para comprar os presentes perfeitos de Natal

19
4051

Já vale começar a falar sobre o Natal?

De modo geral, nos anos anteriores, eu começava a trazer esse tema para o blog por volta de outubro, mas percebi que não era tão útil assim para a maioria das pessoas. Muitos aproveitam a Black Friday para comprar alguns presentes, enquanto outros preferem esperar entrar o mês de dezembro para fazer as compras, para se garantir com relação ao prazo das trocas.

Hoje em dia sou prática com relação a isso: procuro comprar presentes que provavelmente não serão trocados, então evito dar roupas e sapatos, por exemplo. Já há alguns anos tenho preferido me concentrar em livros, comida ou artigos de decoração. E eu adoro dar presentes. Gosto de encontrar o presente “perfeito”, que é aquele que vai agradar a pessoa porque é algo que ela quer ou gosta muito.

Para ajudar nisso, eu tenho uma checklist que vou alimentando ao longo do ano com ideias de presentes, pois assim eu não preciso chegar no final do ano e ficar tentando adivinhar o que vou dar de presente para cada um.

Outra coisa que me ajuda com os presentes é estabelecer um teto de gastos. Por exemplo: definir que vou gastar R$1.000 no total com presentes. E aí eu categorizo as pessoas que vou presentear, mais ou menos assim:

  • marido e filho: até 100 reais
  • família próxima (mãe, sogra): até 50 reais
  • parentes: até 30 reais
  • colegas: até 20 reais

Vale lembrar alguns pontos:

  • as coisas estão caras para caramba
  • Natal é lembrancinha

Isso me deixa um pouco mais tranquila.

Aí, dentro desses preços, acabo fazendo escolhas que acredito que agradem. Livros, comida e artigos de decoração costumam agradar de modo geral. Quando não sei o que a pessoa pode gostar, eu dou comida. Um chocotone diferente, uma bandeja de bombom, um vinho. Quando conheço o gosto da pessoa, posso arriscar um livro ou um quadrinho para ela colocar na casa, por exemplo.

Eu gosto bastante de incentivar o comércio local e os pequenos produtores, então artesanato e comidas feitas por pessoas de verdade sempre têm prioridade.

Vale lembrar também que, além de presentes físicos, você pode presentear a pessoa com experiências. um ingresso para um show, uma viagem, uma massagem, enfim, reflita sobre o que pode agradar mais a pessoa que será presenteada. Presentear alguém é sempre sobre o outro, e não sobre nós mesmos.

Vale a pena ter também um setup básico para empacotar presentes em casa. Tesoura, durex, etiquetas, fitinhas, sacolas e papéis de presente podem ficar organizados em um único lugar, o que facilita bastante nessa época. À medida que vou comprando eu já vou empacotando e deixando embaixo da árvore. O filhote fica super feliz quando uma caixinha nova é colocada lá e, aos poucos, nossa árore fica cheia de presentinhos.

Este ano será o primeiro Natal que passarei sem a minha avó e ainda não decidimos se faremos algo em casa ou se vamos para a casa da família do meu marido. Mas, para não ficar muito triste pensando nesse assunto, me ajuda focar nos presentes, que é algo que eu adoro fazer! E você, já está pensando no Natal? Quais são as suas estratégias para a compra de presentes?

19 comentários

  1. Thaís faço da mesma forma que vpcê.
    Já dei muitos presentinhos e hoje reduzi a quantidade de pessoas que presenteio.
    No aniversário da minha mãe eu e a minha irmã demos de presente o ingresso para o show dos tribalistas e tbm fomos passear durante o dia na Liberdade, almoçamos e comemos uma sobremesa em lugares bem gostosos. Foi um presente diferente que certamente ela sempre se lembrará com carinho =)
    Com o meu filho pretendo fazer o mesmo de presente de Natal.

  2. Olá, Thais. É verdade. O Natal já está chegando e eu já cheguei a fazer uma lista de presentes para a minha família. O problema, Thais, é que eu estou ‘Disponível para o Mercado de Trabalho’ (Desempregado), como milhares de pessoas também estão. Então, você se colocando no meu lugar, o que/como você faria para conseguir comprar os presentes para sua família, mesmo não estando trabalhando?

    • Quando eu estava desempregada eu fazia os presentes. Ou um artesanato, ou algo simbólico, tipo uma carta, um poema.

      De modo geral, também vale ser honesto e dizer que não vai presentear ninguém porque está desempregado! XD

    • Uma idéia legal é fazer bolachinhas para presentear! Faz em algum formato natalino, embrulha com um saquinho transparente e fitas vermelha e verde e ficará um mimo, fofo e bem pessoal.

  3. Penso muito parecido de você, Thais. Gosto de presentes úteis e que eu tenho certeza que a pessoa não trocará. Gosto de ganhar coisas de comer hehe então também gosto de dar. Tenho fugido de sabonetes e produtos de higiene pessoal, pois está meio saturado na família isso. Bijus também.

    Particularmente esse é o primeiro ano que nem árvore montamos ainda. As finanças estão se organizando, e eu enfrentando uma depressão. Ontem olhei no calendário e pensei: nossa, daqui a 15 dias é meu aniversário e eu nem montei árvore ou pisca-pisca. Aí desanimei pensando no trabalho. Mas… uma hora vou ter de fazê-lo.

    Com seu post vou tentar esboçar alguma coisa.
    À essa época, nos anos anteriores, até presentes teria embaixo da árvore.

    • Força aí, Evelyn. Te entendo. Tem me ajudado bastante criar uma lista diária no bullet journal, com a seguinte pergunta: o que eu posso fazer hoje para tornar o meu dia melhor? Pequenas coisas, como “tomar sorvete”. Tenho definido uma coisa por dia e tem dado super certo. Talvez te ajude também. Um beijo.

      • Tenho tentado viver um dia de cada vez e focar no tratamento. Vi a sua postagem dias atrás, sobre coisas que podemos fazer em dias que estamos pra baixo, tem me ajudado fazer algumas. Agradeço a resposta e o carinho.

  4. Amei estas dicas. 🙂 Você é sempre maravilhosa! Também estou colocando em prática todas as dicas de planejamento do blog, as deste ano e as dos anos anteriores. Obrigada! <3

  5. Adorei o post! Ja comprei todos os presentes de Natal. Fiz uma listinha com as pessoas que gostaria de presentear, aproveitei as promoções pré-black friday e comprei as lembrancinhas que gostaria. Adoramos (eu e minha mãe) presentear com experiências, já demos ingressos para o Municipal, teatro, entre outras coisas. Este ano reduzi o valor, porque preciso economizar para um projeto, mas faço questão de presentear principalmente meus sobrinhos. Procuro dar coisas que eles precisam e um chocolatinho junto, que eles adoram e mesmo os mais velhos já ficam esperando rs E gosto de embrulhar tudo eu mesma!

  6. oi Thais !! eu tenho uma lista do ano passado que ja reaproveitei e já criei esse ano.. depois vou colocar no Evernote para começar a fazer os planejamentos por lá… a lista do ano passado me ajudou muito !! Então , fiz umas compras de hidratantes, sabonetes e perfumes e já dei check em algumas pessoas e hoje já fui ao Centro com esse olhar de comprar lembranças. meu filho de 5 anos pediu um ‘ jogo bem legal’, pretendo comprar o jogo da vida e estou vendo os preços e o presente do marido, ano passado combinamos de comprar em janeiro o nosso presente… acho que iremos fazer isso nesse ano também.. gostei da ideia de estipular valores para cada categorização de pessoas !!! bjs

  7. Eu também adoro dar presentes, mais do que ganhar… é uma sensação muito gostosa, não sei explicar! E eu vou comprando ao longo do ano mesmo: se eu ver algo e pensar “nossa, isso é a cada de Fulano”, e não for muito caro, eu já compro e deixo guardado para o Natal… rsrs…

  8. Bom dia. Estou te acompanhando há um tempo . Desde de agosto desse ano quando comecei meu desenvolvimento pessoal.
    Adoro seus canais.
    Mas vamos aos presentes :
    Como dona de casa sem renda para gastar com presentes eu invisto em cartões de natal.
    Sempre fiz cartões desde adolescente. E agora casada, com uma família maior, filha pequena e sendo dona de casa, buscando o minimalismo na prática tenho me motivado muito mais com os cartões. Esse ano estou usando as pinturas da minha pequena.
    Ano passado usei fotos para colocar nos cartões.
    Mas adoro dar presentes e quando voltar a trabalhar quero voltar esse hábito.
    Bjos e sucesso

  9. Oi Thais, que post legal!
    Eu desde outubro tenho comprado algumas coisinhas para presentear. Tudo lembrancinha tbem, pois o consumismo está demais..
    Vc faz uma lista com os presentes dados no último Natal ou último aniversário? Para não comprar repetido? Gostaria de saber como vc trabalha estas listas. Eu viro e mexe acabo dando coisas repetidas por puro esquecimento, rs.

  10. Oi, Thais! Eu adoro essa época e sou apaixonada por comprar presentes.
    Nesse ano, fiz igual a você: coloquei um orçamento para cada pessoa.
    Para as pessoas mais próximas, como minha mãe, meu pai e meu namorado, consigo comprar roupas. Para quem eu tenho menos proximidade, acabo comprando cremes, acessórios e tal.
    Gosto bastante de comprar pela internet, pois geralmente os preços estão mais em conta e, se comprar com antecedência, eles chegam no tempo certo!
    Adorei suas dicas.

Deixar uma resposta

Por favor, insira seu comentário
Por favor, insira seu nome aqui