Categoria(s) do post: Anual

Um dos exercícios que recomendo para o planejamento do ano novo é, depois de revisar as suas áreas da vida e o andamento delas ao longo do ano em questão, escolher uma das áreas para focar porque você acredita que, se der atenção a ela (mais do que às outras), ela vai impactar positivamente todas as outras.

Veja, todas as áreas são importantes. No entanto, você não tem como fazer TUDO ao mesmo tempo. A ideia de ter uma área em que você vai dar um foco adicional é poder alocar seus recursos pessoais. Recursos pessoais podem ser: dinheiro, energia, contexto, tempo. Por exemplo, entre um curso e outro, se você só puder fazer um, você pode querer escolher o curso relacionado à área de foco. Não é para “engessar” e OBRIGATORIAMENTE fazer dessa maneira, mas já é uma orientação sobre prioridades que pode te ajudar.

Sequência de exercícios então até aqui:

  1. Fazer uma reflexão sobre como foi cada área da sua vida este ano
  2. Listar o que gostaria de fazer em cada uma das áreas para dar nota 10 de satisfação
  3. Pensando no ano que vem, eleja uma prioridade para cada área
  4. Escolha uma área para dar mais foco

O que fazer com a área que escolheu como foco para o ano:

  • Listar tudo o que eu tenho de “sub-áreas” e responsabilidades dentro dessa área;
  • Revisar minhas listas para ver o que tenho de coisas relacionadas a essa área;
  • Aplicar a técnica da pirâmide da realização (curto, médio e longo prazo);
  • Chegar ao “curtíssimo prazo” = recorte de 1 ano (ex: 2021);
  • Ano (garantir o investimento) > Trimestre (decidir qual o investimento) > Mês (ver vídeos no YT sobre investimentos) > Semana (ver os vídeos da Natália Arcuri) > Dia (ver o vídeo sobre CDB, CDI etc);
  • Estudar! Fazer cursos, ver vídeos, ler livros, conversar com pessoas, contratar consultores…

E o melhor: você não precisa esperar o ano novo chegar para fazer!!!

Pretendo compartilhar com vocês como vou fazer com a minha área escolhida para o ano que vem (finanças) ao longo dos próximos posts.

Meu nome é Thais Godinho e eu estou aqui para te inspirar a ter uma rotina mais tranquila através da organização pessoal.

Deixe seu comentário

9 comentários

  1. Sempre me empolgo com as revisões de fim de ano!
    Nesse ano só vou começar a fazer a partir do dia 12, entretanto, porque estou numa fase de correria que vai abrandar total a partir desse dia. Por enquanto é focar nos prazos finais do ano, depois vou reler todas as postagens para fazer minhas revisões 😁
    Obrigada pelos posts Thais! Estou amando a temática 🙂

  2. Sabrina Santiago comentou:

    Ainda estou com uma intuição forte para aplicar esses exercícios também a um planejamento sazonal aqui na minha vida. Veremos! Gratidão pela sugestão, Thais.

  3. Gustavo comentou:

    Planejar e se organizar é de fato importante, mas percebo certo comodismo por traz de toda essa áurea organizacional que, no fim, tende a passar mais tempo planejando do que fazendo. Acredito que todo esse detalhamento exagerado, com pessoas “empolgadinhas” pra fazer um planejamento anual, mas pouco animadas pra colocar a mão na massa, é o que torna todo esse planejamento uma desculpa para não se fazer — ou, mais à frente, um motivo de frustração por não ter conseguido.

      1. Gustavo comentou:

        Acredito que achou que poderia estar lhe ofendendo, mas pelo contrário — se não houverem pessoas se aprofundando nesse tipo de conteúdo, se esforçando para destrinchar as melhores metodologias e formas de se organizar, pessoas comuns, que não dedicam uma vida toda a isso, dificilmente descobrirão a melhor maneira de organizarem suas vidas. Minha mensagem foi a todos que exageradamente cultivam o “planejar” como uma mania, não como um artifício para se alcançar um fim.

        1. Oi Gustavo, tudo bem? Eu entendi. Pedi as referências, caso você tenha visto algum tipo de pesquisa em que tenha esses dados, ou se foi apenas uma percepção sua pessoal. Não me ofendi de maneira alguma. Obrigada por comentar.

  4. Jéssica comentou:

    Como sempre, um ótimo post, Thais, parabéns.
    Mas por exemplo, se a área a ser focada fosse saúde, quais seriam as sub-áreas? Alimentação, exercício, essas coisas? Acho difícil também definir um objetivo para esta área…

    1. Sm. Recomendo ver outros posts aqui no blog sobre áreas da vida, pois tem bastante material explicando esse detalhamento, que pode ajudar. 😉