GTD™, Lazer, Plenitude & Felicidade, Vida

Revisão do Algum dia, talvez – Junho 2020

A quarentena me fez rever o painel de Algum dia, talvez com outros olhos.

(versão anterior, só para ilustrar, porque continua no mesmo formato)

Me fez ver a lista de viagens que queria fazer como “viagens que eu realmente ainda espero poder fazer um dia”. Um que de triste porém de foco nesse pensamento, porque eu percebi como tudo pode mudar de uma hora para a outra no mundo e, de repente, pode ser que eu nem tenha mais como viajar para conhecer esses lugares que ainda não fui.

Este mês fez um ano que eu viajei para Amsterdam, para o GTD Summit. Fiquei super nostálgica na última semana, pensando no quanto eu amo aquela cidade e se a viagem em 2019 foi a minha última vez lá. Isso também me deu uma sensação boa, no sentido de que: “se foi a última vez, foi uma boa última vez”.

Photo by Marta Bockhorny

Ver todas as viagens da minha lista de “viagens que ainda quero fazer” também me deu um sentimento de “hora extra” na vida, sabe? Se der para ir, ótimo, mas se não der, também, paciência. Fotos na Internet, Google Earth, tudo isso está aí pra ajudar a gente a matar a saudade de algo que ainda não aconteceu, de alguma maneira.

Por curiosidade, eis aqui algumas viagens que eu ainda quero fazer na minha vida, se der:

  • Inglaterra e todos os lugares marcantes na história dos Beatles. Cruzar a Abbey Road, conhecer Liverpool, toda aquela coisa.
  • Índia. Conhecer o lugar onde o Sidharta se iluminou, fazer todo um tour em lugares importantes. Fazer um curso lá. Um Panchakarma, talvez? Enfim, ir à Índia. Pisar naquela terra, ver o Ganges de perto.
  • Itália. Tudo. Minha vontade é ficar um tempão “mochilando” pelo país. Conhecer a Costa Amalfitana. Comer pizza em Nápoles. Passear em Florença. Andar pelos edifícios incríveis em Roma.

Além disso, tem outras viagens, como ver a aurora boreal na Islândia, conhecer as pirâmides do Egito, visitar Viena, Copenhagen, Berlim. Noruega. Romênia. Marrocos. França. O tour pelas locações do Senhor dos Anéis na Nova Zelândia. Disney, pelo Paul. NY, pelo meu marido. Irlanda. Escócia. Puxa, eu realmente gostaria de conhecer todos esses lugares. Mas, se não rolar, tá tudo bem. Queria voltar a Portugal. Mas as três viagens lá em cima eu realmente queria. Poxa vida.

Tem vários lugares no próprio Brasil também e na América Latina, mas felizmente eu já conheci alguns.

Toscana

Tenho um painel no Trello então para esses itens incubados e essas são as categorias que eu estou usando no momento:

  • Vida pessoal: geral
  • Trabalho: geral
  • Ideias de cursos para desenvolver
  • Vida acadêmica e pesquisas
  • Viagens que eu ainda tenho vontade de fazer
  • Coisas para comprar (ou não)
  • Lugares para ir em SP
  • Filmes para assistir
  • Família
  • Cursos que ainda valem a pena de serem considerados em algum momento da minha vida
  • Nossa casa atual (melhorias, reformas)
  • Imóveis
  • GTD
  • Melhorias para os meus cursos (em novas versões)

Considerei fazer a migração dessa lista para outra ferramenta, mas descobri que me atende bem mantê-la no Trello. Continua lá.

Foi bem interessante fazer essa revisão mais aprofundada e reajustada durante a quarentena. Me deu mais foco. A vida é o que acontece enquanto você faz outros planos – LENNON, John. 😉

Você também pode gostar...

Posts mais acessados

11 Comments

  1. denise freiria says:

    Oie Thais… tô me aprendendo e me adaptando ao Trello… e o meu painel que antes era viagens mudei para lugares que quero conhecer quando tudo acabar
    Porque tenho que acreditar que vamos poder viajar sim, não sei quando mas vou continuar acreditando que breve, num par de anos as coisas irão entrar no rumo e nesse rumo viajar será uma possibilidade.
    Beijo enorme.

  2. Delícia de post Thais.

    Eu li essa frase hoje no next-action, talvez ela esteja no ready for anything tb, a coloquei no h5 e na entrada do algum dia / talvez:

    – “Tell me, what is it you plan to do with your one wild and precious life?” ~ Mary Oliver

    1. Exatamente. Bela frase.

  3. Monica Fernandes says:

    Engraçado ler esse post hj Thais! Tava conversando hj com meu marido sobre a reabertura de alguns lugares e ele falou: “reabriu a Torre Eiffel mas ainda não pode subir… “ e na mesma hora eu falei pra ele: “ainda bem que a gente já foi né?” Pois é, agradecer pelo que já conhecemos, e manter a esperança de novos dias, onde poderemos voltar aos nossos manojos interrompidos! Abraços

  4. Monica Fernandes says:

    * aos nossos sonhos interrompidos

  5. Oi Thaís! Estou revisando/reorganizando meus itens de “Algum dia/talvez” e essa sua lista de categorias vai me ajudar muito a dar uma direcionada melhor. Obrigada por compartilhar.

  6. Thaís Rodrigues says:

    Olha, sobre esse sentimento de não poder viajar mais eu entendo. No começo disso tudo eu já tinha tido uma mini-crise de “adeus, lugares que nunca conheci”. Mas acredite, essa situação vai passar. Super clichê dizer isso, mas é a verdade. Pode ser que isso se arraste por mais um ano ou dois. Não é um tempo desprezível, mas não vai ser pra sempre. A vacina vai sair, e se não sair a vacina logo, vão achar tratamentos eficientes. As viagens que a gente colocou lá no “Um Dia/Talvez” vão rolar sim, um pouco adiadas, mas vão acontecer 🙂

  7. Essa postagem veio me ótima hora , estou com um grande volume de itens incubados e todos estão misturados ( sem nenhuma categoria ) , vou tirar um tempinho para categorizar eles , vendo seu exemplo , percebi que fica muito mais fácil fazer a revisão se estiver todos separadinhos

  8. Luciana Neis says:

    bom dia! qual é o programa que você utilizou para fazer esse painel? desde já obrigada…

    1. Trello. Tá escrito no texto. 😉

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *