Como eu tenho lidado com o log diário no Bullet Journal

29
8522

Algumas técnicas têm me ajudado a lidar melhor com o Bullet Journal diariamente.

  1. No começo do dia, crio o log diário e insiro a previsão do tempo. Me ajuda a entender como estava aquele dia, depois.
  2. Listo o que já tenho de próximas ações com prazo para hoje. Consulto no Trello para saber.
  3. Os eventos do calendário (como reuniões) eu vou anotando no log à medida que acontecem, como registros. Isso me ajuda a ver o que eu capturei até o evento em si, “dividindo” o meu dia.
  4. Olho o log do dia de ontem para “reprocessar”.
  5. Olho o log de tarefas do mês para ver se tem algo que eu posso fazer hoje.
  6. Depois olho as próximas ações como um todo para ver se tem mais alguma coisa que eu gostaria de fazer hoje.
  7. Depois dessa primeira reflexão diária, eu escolho até três itens para colocar um asterisco * de prioridade. Sou bem criteriosa aqui.
  8. Ao longo do dia, vou usando o log diário para captura.
  9. Procuro fazer primeiro os três itens que estão com o asterisco * de prioridade. Funciona bem.
  10. Ao terminar um item, me pergunto qual é a próxima coisa mais importante que eu tenho pra fazer. Isso me ajuda a aproveitar melhor meus níveis de energia ao longo do dia.
  11. Se eu fizer algo que não estava na lista, eu registro o item mesmo assim, para registrar que eu fiz.
  12. Só abro o log do dia seguinte quando acordo, e não na noite anterior.

Usar o BUJO diariamente tem me ajudado a sentir que estou mais presente e trabalhando mais nas coisas certas. Tenho gostado muito de fazer. Neste post, listei algumas práticas que me ajudam a lidar com o log diário. Espero que minha experiência ajude de alguma maneira.

29 comentários

  1. Thais, estou fazendo igual a você, a única diferença é que tem dias que abro o log do dia seguinte na noite anterior pois eu sei que já vou dormir em razão da rotina de banho e sono da minha filha e eu capoto junto com ela rs e assim ganho tempo quando acordo no dia seguinte… amo qnd tem post seu sobre BuJo!

    • Legal, Dalva. Seu foco do log é mais no planejamento? Eu acho curioso como o foco muda a prática. Meu foco é mais no registro. Acho que o BUJO é muito bacana em juntar esses comportamentos em uma única ferramenta. Obrigada por comentar. <3

      • Sim, acabo focando mais no planejamento mas não deixo de registrar ao longo do dia. Gosto de planejar pois lido com as variações de sono da minha filha ao longo da noite, então ao escrever o que realmente preciso fazer no dia seguinte, tenho uma boa noção se o dia será mais cheio pela manhã ou não. Como nessa noite, por exemplo, em que ela acordou algumas vezes com calor e demorou a dormir de novo… eu acordo entre 4h e 5h todo dia mas, considerando que nossa noite não foi tão boa assim, eu sabia, pelo planejamento que fiz ontem, que eu poderia dormir mais um pouquinho rs assim como já tiveram vezes em que levantei às 4h com sono mesmo pois havia mtos prazos a entregar e paciência, vida de mãe, vc bem sabe rs

        To mto maravilhada com o BuJo, impressionante como desapegar do caderno “estilo pinterest” me fez crescer mto em produtividade… aguardo ansiosa suas considerações “finais”, digamos assim, sobre GTD + BuJo… 🙂

      • Eu gosto de abrir o log no final do dia também (embora não seja sempre que faça – mas acho essencial se o dia seguinte estiver cheio de atividades ou tiver alguma atividade diferente do normal, como uma consulta ou ida à feira, banco etc). Serve para ter uma noção geral do meu dia, ver se preciso separar algum material para ir na bolsa, decidir a roupa que vou usar (que vou separar em seguida). Para mim o bujo é as duas coisas, planejamento e registro.

  2. Oi Thais,
    Gratidão pelo post.
    Vc tem usado apenas o bujo como registro, ou ainda mantém registros em outras ferramentas, como no google calendar?

  3. Thais, estou com vontade de começar o BUJO porque percebo que não estou tendo muito foco (e estou viciada mesmo) com o celular. Uso o google agenda para eventos, todoist para as ações em contexto e o trello para projetos.
    Fiquei em dúvida se o BUJO para planejamento não cairia em uma agenda meio “lista de desejos” e se a gente não perderia a confiança nele ao longo do tempo.

    Abraço!

  4. Adorei as dicas! Comecei meu Bujo de teste no dia 10. Já fiz cedo e à noite, mas para mim é tudo novo, estou experimentando…rs Acho que estou num estágio anterior e ainda me confundo com registros , capturas, experiência ou informações. Assim mesmo, tenho sentido a experiência de modo positivo, com mais foco e refletindo sobre prioridades. Vamos adiante!

  5. Eu estou ansiosa para começar o meu BUJO. Vou iniciar em janeiro e já me preparei com as primeiras páginas: índice e desenho dos 6 meses. Comprei o livro no kindle e presenteei meu namorado com o livro físico. Estamos trocando ideias e vamos iniciar juntos com essa prática. Espero ter resultados pois, mesmo aos 46 anos (brinco que ‘aos 46 minutos do segundo tempo’, rss), ainda não encontrei meu método perfeito de organização. Pretendia usar para planejamento, mas depois que iniciei o livro, vi que a pegada é muito mais ampla e quero aproveitar ao máximo tudo o que ele pode oferecer e que possa me ajudar a ser uma pessoa melhor. Isto quer dizer que vou fazer também registros pessoais.

  6. Oi Thais,
    Terminei de ler o livro do BUJO e acompanhei todo seu material até o momento, mas uma dúvida ainda persiste. Como a ideia é construir o registro diário ao longo do tempo o que acontece com as coleções que surgem? Ficam no meio do caminho mesmo?
    Vi diversos videos de “tour” para tentar tirar essa dúvida, mas em todos a pessoa arruma (e desenha muito) todos os dias do mês logo quando o mês começa. Faz tipo uma agenda. Então, não achei anda parecido com essa dúvida.
    Não sei se estou sendo clara… Se for como estou imaginando o index ficaria tipo assim?
    Future log: 1- 4
    Janeiro: 5 – 8 (monthly log)
    Log diário/Jan 01-22: 9 -30
    Livros para ler em 2018: 31-32
    Log diário/Jan 23-30: 33-40
    Wishlist: 41
    Log diário/Jan 31: 42
    Fevereiro: 43 – 46
    Log diário Fev: 47 –

    Beijos!

  7. Thais seu livro trabalho organizado é o máximo! Estou lendo pela segunda vez e amando novamente!
    Fiz a inscrição no seu curso Organize-se em 2019 pois creio que tenho muito a aprender com uma professora especial como você! Trabalho com educação digital e vejo o seu blog como uma grande fonte de aprendizado!

  8. As tarefas que você fez e registra depois de ter feito. Você escreve com o verbo no presente ou passado?Exemplo: Fiz tal coisa ou Fazer tal coisa.

  9. Oi, Thais
    Eu uso o BUJO a 3 anos no meu trabalho, na minha vida pessoal ainda não consegui encaixar muito bem, pois estava tentando fazer dois cadernos um pessoal e outro p/ trabalho. Mas para o ano de 2019 vou fazer somente um caderno (espero de de certo kkk). na verdade eu estou com duvida na questão dos “encadeamentos” que é citado no livro, você pode me ajudar?

    Muito obrigado!
    Adoro seus videos

  10. Thaíssss, amo seu trabalho. Conheci o BuJo pelo canal e agora comprei o livro. Estou amando. Mas, o que mais tem né chamado atenção é a mudança interna que o método produz nas pessoas. Obrigada. Obrigada. Obrigada por compartilhar tanto. Saúde!!!

Deixar uma resposta

Por favor, insira seu comentário
Por favor, insira seu nome aqui