Cuidados diários com a pele (dezembro 2018)

20
2815

Já não é a primeira vez que eu recebo comentários falando sobre a minha pele. Em qualquer foto que eu poste no Instagram ou por aqui, sempre recebo comentários com elogios (obrigada!) e alguns me pedem para falar sobre os cuidados que tenho diariamente. Como faz tempo que escrevi sobre esse assunto aqui no blog, achei que seria uma boa compartilhar.

Meus cuidados variam bastante quando está frio e quando está calor. Estamos em um momento de meia estação, e a variação de temperatura em São Paulo tem me deixado enloquecida (e com a sinusite atacada!) – em um dia faz 30 graus, no outro dia faz 13 e chove. Haja imunidade.

Eu sou básica nos cuidados com a pele no sentido de não usar produtos caros. Reconheço que devam existir tecnologias cosméticas incríveis que sejam praticamente milagrosas, mas eu sempre tive a seguinte premissa: somos seres vivos que envelhecem. Nesse processo de envelhecimento (que considero um privilégio), coisas acontecerão com o meu corpo. A pele é o maior órgão do corpo humano e ela fatalmente refletirá o meu estilo de vida, especialmente a alimentação, como todos os outros órgãos.

As marcas que costumo usar de produtos costumam ser Natura, Nivea, Neutrogena, Avene e outras que podem ser encontradas facilmente na farmácia. Mas sigo sempre a máxima da minha mãe para a saúde, que é: quem compra na feira, compra menos na farmácia, e concordo.

Por isso, eu acredito de verdade que uma coisa que faz muita diferença no estado da minha pele é o que eu consumo para dentro do meu corpo. Eu não fumo. Bebo muita água. Procuro evitar alimentos industrializados. Como frutas, verduras e legumes. Gorduras boas, como óleo de coco, castanhas, bons azeites. Há cerca de um ano e meio também venho consumindo vitaminas diariamente (tipo Centrum), o que acredito que também influencie.

Não ligo para rugas mas, se é para ter, prefiro que sejam de sorrisos. Por isso, procuro sorrir bastante ao longo do dia. (sério, não apenas espontaneamente, mas fazer exercícios de sorrisos. tente!)

Eu também sou delicada no trato com a minha pele. Evito cutucar o rosto e ficar passando a mão para qualquer coisa (a mão tem sujeira pra caramba), não “esfrego” a pele do rosto, procuro fazer movimentos suaves ao passar produtos etc.

Da parte externa, o grande negócio são as condições climáticas. Sou acostumada a passar protetor solar desde a adolescência. Às vezes dou uma vacilada nessa parte (no rosto nem tanto, mas no corpo todo sim). Então, para não esquecer, procuro comprar cosméticos e maquiagens que tenham FPS. Meu hidratante diário tem FPS, a base tem FPS, o BB cream tem FPS etc. Quando está verãozão, aquele de janeiro, eu costumo passar protetor no corpo todo quando saio na rua. Nas pernas, passo protetor com óleo bronzeador, para compensar que elas fatalmente sempre ficam mais brancas que os braços (porque eu uso muita calça nas outras estações, normal).

Quando está frio, minha pele fica SUPER ressecada. Então além do protetor solar durante o dia eu uso lip balm o tempo todo e, de noite, costumo passar pomada (Nebacetin, Bepantol) em algumas áreas do rosto que costumam ficar avermelhadas. Também passo pomadas ou hidratantes mais grossos nos pés e calço meias. Funciona para mim. Também reforço os cremes para o rosto e para o corpo nessas épocas, e faço uso de óleos de banho e outros corporais. Hidratação sempre é o foco.

Mesmo no verão eu uso hidratantes e óleos diversos, agora que estou parando para pensar. Adoro a sensação do creme hidratante depois de um banho pós-sol. Tenho alguns óleos corporais que uso durante o banho e um da Natura que tem toque seco e também é bronzeador. Para trabalhar na cidade, é super bom. Na praia, uso os óleos bronzeadores de farmácia mesmo.

No banho, eu costumo usar apenas sabonetes hidratantes. Toda vez que tento trocar eu me arrependo. Então é basicamente só Dove, Nivea e Natura (os cremosos).

Aí tenho dois produtos que uso de vez em quando – talvez de duas a três vezes por semana – que são um esfoliante corporal e outro facial. O facial é o mais power que eu puder encontrar, porque senão eu tenho a sensação de que não limpa direito. O corporal eu vou alternando as marcas. Atualmente uso um da Nivea.

Não sei se influencia tanto assim, mas a escolha dos tecidos das roupas que vou usar também parecem interferir. Alguns tecidos “irritam” a pele, esquentam demais, então procuro usar roupas com tecidos que sejam mais suaves.

No dia a dia, sempre tiro a maquiagem antes de dormir. Bem básico do básico. E procuro usar produtos hidratantes ou em formato de óleo para remover a maquiagem, pois acredito que agridam menos. Sempre tiro com lencinho ou algodão.

Quando está muito calor ou a minha pele está ressecada, dou uma borrifada de água termal antes de passar o hidratante. Acho que é o produto mais caro da minha “lista”. Gosto da La Roche Posay e da Vichy.

Passo um creme hidratante no rosto de dia (com FPS) e um creme hidratante mais encorpado à noite (da Nivea, aquele potinho Q10).

Ando para todo o lado com cremes hidratantes para as mãos, e aproveito para usá-los em qualquer fila de espera ou intervalos diversos.

Outra coisa que facilita muito o processo de hidratação é deixar um potão de hidratante corporal logo quando saio do chuveiro, porque isso facilita eu passar logo depois do banho. Também ajuda deixar acessórios dentro do próprio box, como esponjas naturais, para esfoliação.

Um ponto um pouco fora da curva e que talvez tenha e talvez não tenha a ver é que gosto de exercitar a prática de massagens. Ou vou a uma massagista ou (mais comum) faço auto-massagens, tanto no rosto quanto no corpo. Acredito muito no poder de cura pelas mãos e acho relaxante.

Sobre limpeza de pele fora, no salão. Sou um pouco desencanada com isso. Faço uma ou duas vezes por ano, quando a minha pele “pede”. Como cuido direitinho todos os dias e uso esfoliantes algumas vezes por semana, ela costuma ficar bem (a pele do meu rosto).

Sobre máscaras. Eu de vez em quando me arrisco a passar no rosto, mas não é uma rotina. Só quando quero tirar uma tarde para fazer um “spa em casa” mesmo. Uso receitas naturais ou experimento produtos novos, para variar.

Já tentei usar produtos de tratamento mais específico, como anti-olheiras, ácidos etc, mas atualmente não uso nenhum deles.

Eu também tenho um vidrinho daquele bio-oil, que utilizo quando tenho vontade, especialmente nas olheiras ou em manchinhas aleatórias que aparecerem no meu corpo.

Outro produto específico que sempre tenho comigo são aqueles potinhos azuis de creme Nivea. Eles são bem concentrados e gosto de usar nos cotovelos, joelhos e calcanhares, antes de dormir (de noite a pele absorve bem).

Compilação final de produtinhos

  • hidratante para o rosto com FPS (dia)
  • hidratante para o rosto mais concentrado (noite)
  • cosméticos de rosto com FPS
  • óleo bronzeador toque seco da Natura
  • óleo bronzeador para as pernas
  • pomada (Nebacetin, Bepantol)
  • bio-oil
  • óleo para o corpo – banho
  • óleo Johnson para o corpo de maneira geral
  • potão de hidratante corporal
  • protetor solar para o corpo com FPS 30 (cidade) e 60 (praia)
  • sabonetes hidratantes – Dove, Nivea, Natura
  • esfoliante corporal
  • esfoliante facial
  • lenços hidratantes removedores de maquiagem
  • algodão
  • óleo removedor de maquiagem para a área dos olhos
  • demaquilante não agressivo
  • água termal Vichy ou La Roche Posay
  • creme hidratante para as mãos
  • esponja para esfoliação no banho
  • máscara de argila e outras para o rosto
  • potinho de creme azul da Nivea

Lembrando que as práticas e dicas principais muitas vezes envolvem outras coisas que não produtos. <3

Eu tenho 37 anos e considero a minha pele bem ok para a minha idade. Não tenho nenhum fio de cabelo branco ainda, mas acredito que isso tenha mais a ver com a genética que com GTD e meditação (apesar de achar que também colaborem!).

Também acredito que o bom-humor seja o melhor produto de beleza que existe. Tem dias que acordo tão bem que não sinto nem vontade de usar maquiagem. A pele exala isso.

Espero que este post ajude de alguma maneira, através da minha experiência. Se tiver alguma dúvida, favor deixar nos comentários. Obrigada!

20 comentários

  1. Oi Thais!
    Vou fazer um comentário que talvez vc já saiba, mas como eu descobri ontem (sério! hahahaha), achei pertinente falar… as coisas não acontecem por coincidência, né? Eu tenho dois filhos e o mais novo tem um ano. Descobri que ele é bem alérgico a picadas e uma delas parece que inchou e não melhorava nunca. Mandei foto para o pediatra e ele me mandou um áudio falando que parecia que estava infeccionada e que era melhor passar uma pomada com antibiótico, como verutex ou nebacetin(!). Eu me espantei na hora e depois que fui procurar eu realmente vi que tem 2 tipos diferentes de antibiótico na pomada. Não acho que seja uma coisa ruim, imagina, só me assustei pq me considero bem informada sobre as coisas que uso e pela minha formação (sou química), pesquiso bastante antes de usar produtos…
    Como eu percebi que sou bem parecida com vc em relação a produtos cosméticos, usando produtos “simples”, achei interessante compartilhar essa informação.. só para conhecimento mesmo. A bepantol é incrível por causa do D-pantenol, que é o componente do shampoo pantene tbm, e tbm super uso!
    Adorei o seu post e me identifico bastante com seu estilo de vida.

    • Para complementar: como pelo texto vc diz que usa quando tem uma parte avermelhada do rosto, eu imagino que use as pomadas como forma de hidratante mais potente… o veículo da pomada geralmente é uma vaselina, que forma praticamente um filme e impede o ressecamento tbm, só achei que vc pudesse desconhecer que na formulação do nebacetin havia medicação tbm.

  2. Thais, adorei! Mês passado decidi adotar uma rotina de cuidados com a pele pra valer. Nunca cuidei bem dela, pegava sol demais na adolescência – criada em Copacabana, eu era rata de praia rs. Depois da gravidez vieram os melasmas, a idade, tudo junto, um horror hahahaha Eu não passava protetor solar em casa, apesar de ficar na frente do computador boa parte do dia. Até que uma influencer de instagram, super novinha e linda, começou a ensinar vários rituais de skin care e me animei. Hoje até tenho um controle de hábitos no BuJo \o/

    Também uso essas mesmas marcas, com preços razoáveis e de boa qualidade. Vou pegar suas dicas de esfoliante corporal – não tinha pensado nisso – e vou comprar um óleo Séve (eu usava muito na gravidez mas depois que acabou o último potinho eu acabei deixando pra lá).

    Bjs

  3. Thais … curiosidade: qual o nome desse “óleo bronzeador toque seco da Natura”? Não encontrei no site da Natura e gostaria muito desse tipo de produto.
    Obrigada por sempre nos ajudar em todas as areas.
    Sandra.

  4. Quando lemos um post desses, é normal que pensemos “uau! quanta coisa”, mas aí paramos para refletir sobre os NOSSOS cuidados e percebemos que temos um volume bom de processos também. É que eles são tão pequeninos e rápidos que passam quase despercebidos no dia a dia, quando vira hábito. Thais, gostaria de saber se você usa algum produto mais natural na pele, como o oleo de coco e outros. É que eu estou nesse processo de trocar os produtos por versões mais naturais e seria bacana saber como isso acontece nesses seus hábitos (se acontecem, é claro). Obrigada por mais um post maravilhoso! Adoro acompanhar esses posts sobre rotinas e procedimentos de um determinado período do ano. É bacana fazermos até do lado de cá, para acompanharmos nossa própria evolução, né? Parabéns pela gentileza em compartilhar. ♥

    • Sim, é verdade, é tudo muito natural para mim. Nem penso nessas coisas. Pensei quando escrevi o post (rs).

      Sobre os produtos naturais, sou a favor, já fiz muito, mas atualmente vou no mais prático mesmo. O óleo de coco eu uso na alimentação.

      Obrigada por comentar!

  5. Provavelmente você já sabe, mas, no caso dos esfoliantes, vale a pena ver se não são feitos com microesferas de plástico, altamente poluentes e que já vêm sendo banidas em alguns países. 😜

  6. Que bom esse post, Thais! Bem oportuno com a chegada do verao :).
    Eu sou super basica tb, para esfoliar o rosto estou usando açúcar e para a regiao das olheiras passo oleo de coco. Hidratante de mão sempre tenho um na bolsa e é só isso que eu uso… Mas gosto da automassagem, vc me fez lembrar isso. Vou comprar protetor e potão hidratante rsrs.
    Obrigada por compartilhar tanta coisa boa! Bjs

  7. Essa é uma área que preciso melhorar e muito! Nunca fui muito de cuidar da minha pele, que é bem branquinha e agora aos 40 começam a aparecer os sinais do não cuidado. Mas seu texto serviu para me animar, Thais. Grata! E sobre produtos naturais, não sou muito de fazer, mas outro dia testei um esfoliante para o rosto super simples com açúcar cristal e azeite e gostei bastante do resultado.

  8. Adorei seu texto Thais, muito obrigadapor compartilhar suas dicas dos cuidados com a pele, tenho 36 anos e preciso melhorar nessa área, apesar de já ter alguns desses e estar começando esse processo.

  9. Thais, adorei o post! eu tenho usado para tirar maquiagem o shampoo Johnson & Johnson Baby, o amarelinho! é impressionante como ele é eficiente e não deixa ressecada ou oleosa a pele! Ah e uma pitadinha de hipoglos ou bepantol embaixo dos olhos tbm são ótimos p/ tirar olheiras e deixar a cara com mais ânimo! agora nesse fim de ano, tenho usado bastante hehe valeu as dicas!

  10. Com os trinta anos tendo chegado, nunca pensei em mim mesma como balzaquiana. Mas a idade chega e a preocupação com o tempo passando, também. Esse ano foi o ano que – de longe! – mais cuidei de mim. Há quase 2 meses iniciei pra valer uma reeducação alimentar, e nunca me alimentei tão bem como essas últimas semanas. E está sendo ótimo!

    Olhando a fundo, acho que boa parte das mulheres não imagina todos os processos que tem de cuidado no dia a dia, mas deve chegar bem próximo da sua lista rs

Deixar uma resposta

Por favor, insira seu comentário
Por favor, insira seu nome aqui