Os tipos de malas que você tem que ter

21
3762

Desde que entrei no meu emprego atual, tenho viajado muito. Isso porque a empresa tem mais duas unidades, e o tempo todo precisamos ir para lá e para cá por causa de reuniões, cursos ou eventos. Por esse motivo, eu acabei ficando apaixonada pela coisa de escolher malas, e aqui vai a minha opinião sobre as malas que todo mundo que viaja bastante tem que ter.

Uma boa mala de bordo

A mala de bordo é essencial! Basicamente, você pode levar uma mala junto com você no avião, sem despachá-la no momento do check-in. Essa mala acaba sendo a mais utilizada por quem faz viagens de um dia para o outro a negócios, porque você leva somente o necessário e o que for importante. Eu coloco notebook, necéssaire, documentos, pashmina, tudo ali dentro. Antes eu levava uma mochila, mas ela ficava muito pesada e cheia. Agora, levo sempre a mala de bordo e as minhas costas agradecem.

O bom da mala de bordo é que ela não precisa ser necessariamente de alta qualidade, pois você não vai despachá-la (então ela não sofrerá danos de batidas etc). Mas eu recomendo que ela tenha um sistema bom de rodinhas, pois você precisa dessa mobilidade sem problemas e entraves.

Quando eu uso: em viagens de um dia para o outro ou de no máximo dois dias.

A mala de bordo deve medir no máximo 55cm x 40cm x 20cm, sendo 115cm a medida total.

Uma mala de tamanho médio

A mala de tamanho médio serve para viagens de dois a cinco dias. Com isso, estou contando que você levará roupas para o dia e roupas para usar de noite – ou seja, bastante coisa. Também vai levar necéssaire e outros materiais que pode precisar (livros, talvez). Se você for minimalista, pode ficar só com a mala de bordo. Eu tento ser mas, quando se trata de viagens, prefiro pecar pelo excesso porque já fiquei na mão várias vezes.

Se você vai levar a mala média, precisa de uma bolsa ou pasta de mão para levar notebook e documentos.

Quando eu uso: em viagens de até cinco dias.

Uma mala grande para viagens longas

Eu nunca tinha precisado de uma mala grande até viajar ano passado para um evento da empresa e precisar levar duas malas que eu tinha (uma pequena e uma grande) pelo simples fato de ter que levar roupas para dia e noite, além de livros (estava finalizando meu TCC da pós-graduação). Foi ridículo ter que andar com duas malinhas pelo aeroporto, e naquele dia eu decidi que compraria uma mala grande.

Isso aconteceu somente este ano, quando soube que faria uma viagem internacional de mais de uma semana. O bom de levar uma mala grande é que ela pode ir mais ou menos vazia e voltar cheia de comprinhas.

Com certeza a mala grande não será tão usada quanto a mala de bordo, mas é bom ter porque você não sabe quando pode precisar. E, se decidir fazer uma viagem mais longa, tudo o que você não vai precisar é gastar dinheiro com uma mala boa. Porque sim, essa tem que ter boa qualidade, já que vai aguentar conexões e despachos mundo afora.

Quando eu uso: em viagens de uma semana ou mais.

O único cuidado que temos que ter é com relação ao peso! Geralmente, vôos internos (ou seja, dentro do país) permitem até 23kg por mala e vôos internacionais, 32kg por mala. Se a sua mala tiver capacidade para 32kg e o vôo for interno, e você ultrapassar 23kg, você terá que pagar pelo excesso de bagagem, então tem que ficar atento(a)!

Para mim, o principal problema é guardar essa quantidade de malas! A grande fica no escritório, ao lado da minha escrivaninha (não cabe no armário). As outras duas ficam no armário do quarto.

E para você, quais são as malas essenciais?

21 comentários

  1. Para mala de bordo eu gosto de mochila com rodinhas e a mala para despachar é essencial que tenha quatro rodinhas, uma facilidade imensa. BOM DIA!!!

  2. Oi Thaís!
    Adorei suas dicas!
    Mas sugiro que você atente para uma informação importante: O peso máximo de bagagem permitido para viagens na América do Sul também é de 23kg por pessoa (o mesmo de vôos domésticos). Não são todas as viagens internacionais, então, que permitem 32kg. E para a mala de bordo o peso máximo permitido é de 5 kg. Mesmo se a mala de bordo estiver dentro das medidas especificadas (altura, largura e comprimento), mas passar de 5kg, terá de ser despachada e o peso irá se somar ao da mala de viagem para fins de excesso.
    Beijos, adoro seu blog!

  3. Oi Thais, viagens com mais de 10 dias, merecem uma mala que caiba mais um pouquinho de roupa e de comprinhas ;o}. No geral, 1 semana ou menos, malas médias vem a calhar. Agora, mala de bordo (adorei a nomenclatura!) é essencial em tempo de aeroportos congestionados o overbooking.
    Para aonde for eu levo uma pequena muda de roupa comigo, pijaminha e calcinhas e sutiãs, porque, em caso de extravio, pelo menos isso!: roupa de baixo eu consigo ter as minhas. Já li muitas historias de terror, que marcaram negativamente a viagem, por conta de até calcinha e sutiã precisar comprar.

    beijos =o*

    • Mas aí também sou da opinião que, em viagens mais longas, a gente acaba se virando para lavar as roupas. Uma vez li em um blog (acho que foi no da Consuelo Blocker) que ela disse que, para ela, não tem diferença de mala para 1 semana e 1 mês, porque ela leva a mesma quantidade de roupas e lava no destino. Eu nunca passei por isso, confesso, mas acho a ideia interessante, senão a gente não vence de levar coisas, né?

      • Claro Thais! Entendo a lógica e, se for para lavar a roupa, nem precisaria comprar mala grande, não é mesmo?
        Lavaria minha muda de roupa em viagens com mais de 25 dias, porque senão, teria de colocar o closet na mala (ou no contêiner rrsrsrrs).
        Agora, muda de roupa para 15 dias pode cambiar e compor peças novas umas com as outras e caberia numa malica também.
        Pelo que li nos comentários, mala X roupa X viagem, varia muito de pessoa para pessoa, estilo da viagem, estilo pessoal e por aí segue.
        beijo grande.

        ——-
        ps: Thais eu guardo uma dentro da outra, mas envelopo cada uma delas com sacos plásticos tamanho king ou 100 litros. Experimente!

        • Mas a gente não leva só roupa em viagem longa. Eu, pelo menos, o que menos levo é roupa. Acho que a mala grande tem outras funções.

          Eu já tentei envelopar, mas eu viajo com muita frequência, e não é prático para mim ter que ficar tirando o plástico, entende? É praticamente toda semana.

  4. Eu tenho exatamente essas malas que você falou e me atendem perfeitamente : ). Uma coisa que eu fiz e achei bom foi comprar todas da mesma marca e linha, assim elas cabem uma dentro da outra e não ocupam tanto espaço para guardar, o espaço acaba sendo apenas o da mala maior. E dentro da menor eu guardo a nécessaire e outras coisas que uso apenas em viagens, como aqueles travesseirinhos de pescoço, carteira para passaporte, vidrinhos pequenos para cosméticos, adaptador universal de tomadas etc.

  5. Eu e o marido gostamos muito de viajar também. Estamos tentando diminuir o tamanho das malas, cada vez mais. Já fizemos a experiência de lavar a roupa durante a viagem e é muito bom.
    Já viajamos com 1 mala grande de rodinhas e 1 mochila ou 1 mala de bordo, para os dois. Nunca 2 malas grandes, mesmo a viagem sendo de mais de 15 ou 20 dias.
    Fizemos uma viagem de uma semana com 2 malas de bordo e deu super certo. Se precisar de lugar para as comprinhas, o bom é levar aqueles sacos plásticos ‘vacuum bag’ para diminuir o volume das roupas, pelo ou menos na volta.
    Se formos para lugares frios, dá para usar 1 peça mais de uma vez, sem lavar. Já para lugares quentes, tem que levar mais roupa, mas em compensação, as peças são mais leves e ocupam menos espaço. Tudo depende da organização da mala.
    O ruim da mala grande é ter que carregá-la em lugares que tem muita escada, principalmente em viagens para o exterior, onde é muito fácil usar o metrô e os trens, mas nem sempre há escada rolante.
    Vamos viajar novamente em outubro por 12 dias e vamos levar somente as 2 malas de bordo, mesmo que tivermos que despachá-las, pela facilidade de locomoção, durante a viagem. Uma bolsa grande ou mochila resolve a questão a bordo do avião.

  6. Oi, Thaís, recebo seus posts na minha caixa de mensagens, mas resolvi vir aqui para fazer um comentário. Eu não entendi o problema de guardar as 3 malas: elas não cabem uma dentro da outra que nem as bonequinhas russas? Aqui é assim que guardo. Beijinhos, Tereza M.

  7. Sabe uma coisa que eu percebi que era importante depois de comprar a minha mala de mão (ou mala de bordo)? O peso dela! Como o peso máximo da bagagem de mão é de 5kg (e eles costumam pesar sim, especialmente em viagens internacionais) não é muito legal se somente a mala já pesar demais.

    Eu comprei uma mala de mão que pesava – sem nada dentro – mais de 3,7kg! Só com o notebook dentro já estrapolava o peso permitido. Então troquei por outra mais leve.

    Bjo

  8. Nas ocasiões em que viajei e pretendia de fato fazer compras (tipo Orlando com dólar barato), fiz o seguinte: coloquei as roupas dentro de uma mala média, e essa mala média coloquei dentro de uma maior. Na volta, essa maior serviu para colocar as compras…

  9. Taís, eu sei que toma tempo, mas eu limpo minhas malas por dentro e por fora após cada viagem. Inclusive as rodinhas. Uso um pano umido com água e Vanish Karpex (ou outro produto para limpar tapete) e deixo depois a mala arejando na sacada do apartamento por pelo menos de um dia para o outro. Assim elas ficam limpinhas para guardar uma dentro da outra. 🙂

  10. Oi Thais! Adoro teu blog e adorei este especial de malas!
    Também viajo toda semana a trabalho e concordo contigo, melhor sobrar alguma coisinha do que faltar! Ainda mais aqui no sul onde o tempo é muito imprevisível!!
    Parabéns pelo post e blog, sempre me ajudam bastante apesar de não conseguir ser tão organizada!
    Com relação a guardar as malas, as minhas já fazem parte da decoração, não tem jeito!
    Abraços

  11. Oi, Thais!
    E no caso de viagens de final de semana de carro? Qual é a sua sugestão?
    Toda vez que viajo com meu marido para um final de semana fora acabo levando um mundo de coisas, roupas…. e ele sempre reclama do tamanho de minha bolsa de viagens.
    Parabéns pelo blog! Me inspira!

  12. Thais, eu demorei a comentar, porque só usei mala de rodinhas uma única vez na vida, profissionalmente, e ate hoje me arrependo. Como “menina mochileira” minha dinamica das três malas são três mochilas : uma de 30L , uma de 50L e uma de 65L!

    Mas quando crescer quero otimizar mais ainda pra ficar igual a Bia Kunze, do blog Garota Sem Fio : sete dias nos EUA + conferencia tecnológica + cicloviagem com tudo numa mochila de 25L ! http://www.garotasemfio.com.br/blog/2013/10/01/dicas-de-uma-viajante-minimalista/

  13. Thais, uma dúvida sobre itens pra levar na mala de bordo. Vc nunca teve problemas carregando xampu, perfume, essas coisinhas? Pq eu nunca tive coragem de colocar na bagagem de mão por temer que me mandassem tirar, rs.

    Obrigada

Deixar uma resposta

Por favor, insira seu comentário
Por favor, insira seu nome aqui