Estou cheia de rapidinhas esta semana. Talvez eu devesse aproveitar para escrever haikai.

Alimentos que têm sido o meu foco atualmente:

  • Proteínas magras (peixes e frango, basicamente, mas mais peixe).
  • Saladas em todas as refeições (geralmente almoço e janta são salada + proteína).
  • Massas, apenas para curtir o dolce far niente (bruschetta em uma noite X da semana, pizza com uma amiga).
  • Substituir industrializados. Industrializados, só em último último caso.
  • Chás quentinhos ao longo do dia.
  • Café, apenas de manhã.
  • Não ir para a parte de prateleiras do mercado (fico só na parte da feira).
  • Lanches, só frutas. Não tem nada mais fácil que carregar que peras, bananas e maçãs. Melhor que qualquer coisa industrializada.
  • Fazer comida em casa. Me envolver com a comida faz eu prestar mais atenção em tudo o que eu como.

Faz mais de um ano que eu fiz a cirurgia bariátrica e só agora eu aprendi a comer “bem” (ou do jeito que eu considero bom). Reeducação mental é demorada, e eu não consegui fazer sentindo fome o tempo todo. Ter o estômago menor me ajudou a comer corretamente, e considero uma decisão acertada.

8 COMENTÁRIOS

  1. Bom dia! Incluí o iourte de kefir na minha alimentação há uma semana e estou adorando! Tô aqui todo dia! bjo

  2. Olá Thaís, muito boa essa sua rapidinha, rsrsrs… Clara, objetiva e me ajudou a ter em mente algumas ideias simples e práticas. Obrigada. Márcia

  3. Olá Thais. Já viste o documentário What the Health? Recomendo a toda a gente que se interesse por alimentação e estilo de vida saudável. Há muitas coisas no filme que te deixam a pensar… Estou a começar, a tentar e a falhar de vez em quando uma alimentação vegan, e ver esse tipo de.documentários tem sido uma motivação incrível. Um beijinho.

  4. Confesso que ri muito com a brincadeira do haikai! haha
    Adoro sopas e com esse friozinho já voltei a fazer em quantidade maior para congelar.

  5. Oi Thais! Acompanho você há alguns anos e adoro o conteúdo que você produz. Com relação a comida, indico que pesquise um pouco sobre a alimentação plant based, é uma dieta saudável e sustentável, que também não utiliza produtos processados, a diferença é que não inclui produtos de origem animal. Sou vegana há pouco mais de um ano e posso lhe dizer que é libertador, não há preocupação com calorias, nem medo dos carboidratos… Basta buscar o que é simples, o que vem da terra, que a gente passa a não precisar mais de medicamentos, além de ter a consciência tranquila por não ferir os demais seres que compartilham do nosso planeta. Um forte abraço 💚 P.S. O documentário que a colega citou, What The Health, é ótimo, quebra muitos mitos que a mídia nos impõe.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here