A volta às aulas do filhote

25
3998
Imagem: http://www.greatschoolsforme.org/
Imagem: http://www.greatschoolsforme.org/

Como a maioria das crianças, nosso filho também voltou às aulas na última semana. O retorno foi bem tranquilo e eu só gostaria de escrever este post para comentar como fizemos.

Com relação à lista de material escolar, preferimos comprar nós mesmos, pela economia. Para quem prefere praticidade, pagar a taxa e deixar a escola comprar certamente vale a pena. Nós tivemos uma economia de quase 150 reais comprando nós mesmos, mas tivemos que disponibilizar um dia inteiro para fazer isso. Tem que avaliar cada caso.

Com relação à mochila, não gasto horrores. Estabelecemos um limite de valor e compramos algo que atendesse às necessidades dentro dele. Geralmente, compramos todo ano uma mochila nova, pois elas gastam bastante e rasgam. Comprar uma mais cara não representa uma qualidade melhor obrigatoriamente, então optamos por continuar dessa forma. Compramos uma com o seu personagem favorito, sem grandes firulas, e atende bem.

Com relação à etiqueta de materiais, prefiro não gastar dinheiro com etiquetas personalizadas. Acho lindinho, mas prefiro simplificar. Tenho uma rotuladora e é com ela que faço esse trabalho. Também utilizo canetas de tinta metálica e de escrever em tecido para marcar itens específicos, como roupa de pintura e copinhos.

Com relação ao uniforme, ano passado já compramos um número maior, a fim de que ele aproveitasse mais. Não precisamos comprar mais nenhum nesse primeiro semestre. A quantidade está ok:

3 regatas
4 camisetas de manga curta
2 camisetas de manga comprida
2 shorts
2 calças
1 conjunto de moletom
1 agasalho com touca

Essa quantidade atende bem a demanda de uma semana inteira. Os shorts e as calças podem ser lavados de um dia para o outro porque são feitos de tecido que seca rápido.

Nossa rotina em casa está bem tranquila, porque já era estruturada. Ele já se adaptou ao novo horário. O problema realmente tem sido o calor na hora de dormir. 🙁

Faço um acompanhamento diário da agendinha dele e das necessidades, procurando antecipar as demandas da escola (tipo “enviar sucata até dia X para atividade Y”).

No Google Calendar, tenho uma agenda para mim, outra para o meu marido e outra para o meu filho. Na agenda dele, anoto as reuniões escolares, as consultas médicas e as atividades extracurriculares da escola, como as festinhas. Veja como fazer.

Gosto de conversar com ele todas as noites sobre as atividades que ele desenvolveu na escolinha. Também sempre peço a lista dos alunos para a coordenadora, para perguntar sobre a amizade dele com as crianças. Ele fica muito surpreso quando eu pergunto “e Fulano, foi na escola hoje?”.

A escola também costuma enviar um boletim com o foco do semestre e os temas que estão sendo desenvolvidos, e tento trazer alguns para dentro de casa, estimulando desenhos, artes, entre outras atividades.

Não precisamos organizar lanche porque já está incluso na mensalidade e a alimentação é conduzida por uma nutricionista. recebemos um informe com o cardápio da semana e tudo o mais.

Costumo digitalizar o que já chega de papel e passar para o Evernote, arquivando o que for necessário e jogando fora o que não precisa. Desenhos e trabalhinhos, costumo guardar durante um ano, depois digitalizar e descartar. Também gosto de expôr pela casa, pendurar na geladeira, enfim, reconhecer o trabalho do artista.

No geral, tudo tem sido bem tranquilo. Uma coisa que faço questão de sempre reforçar com ele é uma atitude positiva ao ir para a escola, enfatizar como é legal aprender e brincar com os amiguinhos. Tem dado certo!

E na casa de vocês, como foi a volta às aulas?

25 comentários

  1. Oi Thais, Eu tenho problemas esse ano, pois meu filho mudou de escola, pois passou para o ensino medio. Que mudança, o pequeno em uma escola, ele em outra, taqva tão acostumada os 2 na mesma, sabia todos os eventos, etc…, agora 2 escolas, 2 jeitos de fazer, etc… Vou me adaptando durante o ano.

  2. Thais, uma vez recebi um pequeno bilhete de uma pessoa querida escrito assim: “Defina suas prioridades” assim sem mais. Dai digitei no google como defini-las e descobrir seu blog, lembra q eu disse la no inicio q a pessoa e querida? pois e rsrs … Continuando, definir meus objetivos de acordo com o metodo GTD como vc nos ensina foi facil, mas por incrivel que pareça o difícil é definir minhas prioridades do dia a dia. Ou seja , estou tendo dificuldades nesse ponto. Como levar ao pé da letra essa frase ?

    Grata

  3. Muito legais suas dicas, como sempre.
    Legal a idéia de digitalizar. Vou tentar aderir porque acumula muito papel. Mas dá tanta dó jogar fora…mas vou tentar desapegar
    Na escola do meu filho as matrículas para o ano seguinte começam em novembro com um excelente desconto e já entregam a lista de materiais, pensando nisso guardei um pouquinho todo mês. Em novembro fiz a matrícula e em dezembro, antes dos preços subirem, comprei todo material escolar. A economia foi absurda!
    Bj

  4. Com a minha filha de cinco anos não funciona o reforço positivo. Temos que agir da forma mais natural possível, como uma visita na praça. Ela assimila melhor que é uma rotina agradável.

  5. Aqui em casa foi super tranquilo. Ela estava empolgada com a mochila nova, com o tênis novo e morrendo de saudade dos amiguinhos. Na escola da Cecília tudo é de uso coletivo, então, eles não aceitam que os pais comprem os materiais, para que nenhuma criança fique com o material inferior ou diferente da outra, isso vai de pasta de dente ao lápis de colorir. Pagamos um valor no começo do ano e outro no meio, que é para manutenção de sabonete, pasta de dente, shampoo e essas coisas de uso pessoal. Na mochila mandamos trocas de roupa, uma sandália mais confortável, toalha, a escova de dente e agenda.

  6. Thais, leio seu blog religiosamente todos os dias mas raramente comento. Desta vez, entretanto, me senti obrigada a compartilhar minhas impressões. Adoro os posts que você faz sobre seu filho e sua família. Você nos dá a impressão de ter uma família muita amada e afinada, que sempre conversa e decide em conjunto as questões, levando em consideração todos os envolvidos.
    Ao ler este post pude novamente perceber isso. Todo o esforço e dedicação que você tem com seu filho são admiráveis. Parabéns por dar toda essa atenção à educação dele, isso fará toda a diferença na vida dele. Saiba que não são todas as mães que fazem estas coisas, como ver a lista de amigos da classe, conferir o que o filho está aprendendo para estimulá-lo também em casa, reconhecer as conquistas dele (por menores que sejam) e conversar sobre o dia-a-dia. Isto é uma atitude louvável. Você é uma ótima mãe! Meus parabéns!! =)

  7. Oi Thais! Sou mãe de três, todos em idade escolar, e dou um conselho com relação às mochilas.
    Antigamente, todo ano eu comprava mochila nova, não tanto por conta da moda (acho horrível quem compra coisas novas desnecessárias só porque as antigas não estão mais na moda), mas porque lá por setembro ou outubro elas começavam a rasgar, a arrebentar o zíper (isso porque sempre comprava de marcas conhecidas, de “boa” qualidade).
    Na onda minimalista, percebi que isso era um desrespeito com o meio ambiente e com o meu dinheiro (e a minha paciência) e decidi investir em boas mochilas. Comprei as mochilas da Kipling e não me arrependo! Eles tem a mesmíssima mochila, que está inteira, há quase 5 anos. O único desgaste é na cor, de tanto lavar. Apesar de ser cara, vale muito a pena.
    Essa é minha dica!
    Um abraço!

    • O problema é pagar 500 reais em uma mochila que vai estragar da mesma forma. Talvez eu faça isso quando ele for mais velho e puder conservar melhor as coisinhas dele… mas por enquanto não é viável, pois ele é muito novo. Eu considerei essa questão, mas da forma como estamos fazendo foi a melhor alternativa no momento. Obrigada!

      • Concordo com vc, Thais. Meu filho já ralou toda a mochila dele no 3º dia de aula. Nesta idade (5 anos), eles ainda não têm cuidado. O mesmo acontece com os lápis de cor e as borrachas. No ano passado, foram 4 caixas de lápis de cor, de tanto que ele apontava (porque gostava). Neste ano, ele “comeu” a borracha em 2 dias. Então, nestes itens, compro os de menor valor.

  8. Eu gostei do post. Eu estou estudando as escolinhas para colocar o meu filhote e provavelmente ele entrará somente depois do carnaval.
    A mochila é um problema mesmo pois virou um negócio dos mais caros. eu fiz assim: fui na escolinha antiga ( ele entrou no meio do ano) e fui conferir as mochilas. Comprei a do personagem que ninguém tinha e ele ama. Como ainda está em bom estado,usarei a mesma esse ano.
    Definitivamente não curto essas listas de material pagas, prefiro comprar também. Frugalmente falando tirando alimentação e contas, em tudo dá para se economizar. Eu gosto também de presentear as crianças com maletas de pintura, tinta guache, aventalzinho e giz de cera, que costumo comprar no Saara-RJ a preços bem bacanas.
    Quando fui colocar meu filhote na escola, uma grande amiga me falou: “não se apegue a escola, veja as crianças. se elas são felizes, é mais certo do seu filho também estar”. E outra coisa que ela disse:”cobre os trabalhinhos, seja chata mesmo, pois as mães chatas tem os filhos melhores cuidados. Se não gostou da escolinha, tire-o e escolha outra.”
    Estou neste processo, já coloquei ele em uma escola que não gostei muito da pedagogia, e sim da estrutura. Fora que todo “evento” era uma baba e a festa de fim de ano foi realizada em uma casa de festas caríssima em outro canto da cidade. Eu achei uma escola boa, sem tanta infra, mas com uma diretora mais presente, estilo casinha que estou louca para visitá-la novamente.
    Desculpe pelo posta longo, mas como sei que seu filho é maiorzinho e aqui tem muitos acessos, quis compartilhar a minha experiência com a primeira escolinha. Espero que os comentários sejam úteis.
    Um beijão, e boa sorte com o novo projeto de vida!!!

  9. adorei o post e toda essa sequencia sobre volta as aulas e estudos! eu não acesso o blog todos os dias, então sempre tenho mais posts pra ler, por isso os posts posteriores viraram sequencia 😉 Minha filhota começa a escolhinha dia 26/2, aqui no RS as aulas começam mais tarde comparado a outros estados e eu estava com dúvidas em relação a quantidade de uniformes, valeu pela dica! Quanto a material, preferi comprar pesquisando e reaproveitei muitas coisas q tinha em casa remanecentes de festas como balões, eva, palitos de picolé!!

  10. Olá Thais, tudo bem? Embora eu acesse o blog todos os dias, esse deve ser o meu segundo comentário, e justamente num post que não tem muito a ver comigo, pq ainda não sou mãe. Mas me apeguei à informação de que vc possui uma rotuladora, e eu preciso de uma, tanto pra organizar a casa quanto no escritório. Já fui a alguns sites, mas todas me parecem iguais, não consigo ver diferença nas descrições que não seja no tamanho da etiqueta. Vc poderia me ajudar com isso? Aproveitando a oportunidade, gostaria de parabeniza-la pelo seu trabalho aqui no blog. Um grande abraço,

Deixar uma resposta

Por favor, insira seu comentário
Por favor, insira seu nome aqui