Áreas da Vida

8 meses.

Paul hoje completa 8 meses de idade.

Já engatinha há um tempo, fica de pé com apoio (berço, cercadinho, rack da tv – o preferido), senta sozinho (apesar de eu nunca ter visto o ato em si, apenas que ele está sentado depois de vê-lo deitado), firma os pés nos chão tentando andar (mas parece um dançarino de axé de tanto que bamboleia quando o seguramos de pé), fala pra caramba (incluindo “mamã” nos momentos difíceis), está dormindo absurdamente bem (falarei mais sobre isso abaixo), comendo idem, dois dentinhos embaixo e nenhum sinal dos dentes superiores.

Nossa rotina está mais ou menos assim:

08h00 – acorda (varia entre 7h30 e 8h30) e toma o leitinho (de 180 a 240ml).

08h30 – tomo café-da-manhã, vejo meu e-mails, troco de roupa etc enquanto ele fica brincando no chão.

10h00 – primeira soneca (às vezes dorme antes, mas bagunça o dia).

11h00 – acorda e dou uma fruta (ele come bem, geralmente duas bananas, por exemplo. se ele mamou antes das 8h, dou outra mamadeira agora, em vez da fruta, com uns 150ml de leite, pois sustenta mais).

13h00 – almoço (papa salgada com pedacinhos + frutinha de sobremesa ou suco acompanhando, dependendo do quanto ele comeu às 11h).

13h30 – atividade.

14h00 – segunda soneca (depende do pique dele. às vezes ele dorme só às 15h).

15h30 – acorda. às vezes, vai até às 16h. se dormiu às 15h, pode chegar às 17h. agora ele só dorme à noite.

16h00 – mamadeira de lanche (uns 150ml de leite).

16h30 – atividade. geralmente é quando saio com ele, mas vou ter que mudar esse horário por causa da época de chuvas (sempre chove no fim da tarde).

18h00 – jantar (papa salgada mais leve, tipo só legumes ou com frango, em vez de carne vermelha).

18h30 – atividade. é o horário que o papai e a vovó já estão em casa, então ele se distrai.

19h30 – banho e início do ritual do sono.

20h00 – está dormindo.

00h00 – mamada dos sonhos. ele já vai bem até de manhã sem a mamada dos sonhos, porém, ele dorme melhor se tomar o leitinho esse horário (e está acordando mais tarde). para mim é tranquilo – dou a mamada dos sonhos na hora que vou dormir. não atrapalha em nada e ele dorme bem – e nós também.

Sono: quando está calor, ele dorme tranquilamente no berço e chora se o colocamos na cama. Mas nos últimos dois dias, que choveu, tinha trovão e estava mais fresco, ele dormiu com a gente. Não tem sido ruim dormir com ele na cama – acho que acostumamos. Dormimos melhor sem preocupações gerais. E o fato de ele acordar às 8h tem feito uma diferença gritante no meu humor.

Particularidades do comportamento dele: ele adora plantas (ama! dá gritinhos quando vê) e dá gargalhadas quando o fazemos chutar uma bola gigante de plástico que a minha avó comprou de presente. Ele vai gostar de futebol e talvez seja paisagista! Parece bom, não? Minha mãe também contou que ele ficou olhando para uma menina bonita na rua, até se contorcendo para ver quando ele passou pelo outro lado. Ariano! Ele também reconhece uma série de palavras, como: “luz” (ele olha para o lustre), “plantinha”, “tic-tac” (relógio na parede), “caca” (quando coloca besteira na boca) e, claro, o famigerado “não”.

Comida: o nascimento dos dentes não atrapalhou a alimentação. Ele come de tudo e, por ele, comeria o tempo inteiro! Eu que preciso controlar para ele não exagerar e passar mal depois.

O que estamos usando

Fraldas: G da Pampers Superséc (a do pacote vermelho) e M da Total Confort (a do pacote verde). Ele usa uma média de seis fraldas por dia. A Pampers verde vai da hora do banho à hora de acordar sem problemas. Ele já não faz cocô de madrugada. Se ele acorda antes da mamada dos sonhos (cada vez mais raro), aproveito para trocar.

Lenços umedecidos: o Joe Baby sumiu das prateleiras, então esse mês usei Huggies (não gosto muito, pois ele despedaça, além de ser caríssimo) e Johnson (adoro, especialmente essa coleção nova mais suave – usei o do pacote rosa, muito cheiroso). Fiz uma descoberta incrível esses dias: Cottonbaby! Comprei descompromissada no Carrefour para testar e eles são ótimos – não têm álcool, detergente e o cheiro é atalcado, suave. Sábado vou aproveitar para ver se encontro o balde, pois compensa.
Itens de alimentação: uso um pratinho de plástico (ou pratos normais mesmo), uma colher infantil de metal e outra de plástico, por causa dos dentes (para não machucar). Para beber, duas mamadeiras MAM para leite e dois copinhos de transição sem marca para água, sucos etc. A garrafa térmica continua no quarto para facilitar a mamada noturna e a primeira da manhã. O aquecedor de mamadeiras da Promillus é super útil para aquecer papinhas, especialmente fora de casa. Leite, o NAN 2. Não tenho mais dado Mucilon desde que ele passou a comer outras coisas, mas às vezes coloco na banana amassada.

Itens de banho e higiene: finalmente estou utilizando o shampoo e o condicionador da Natura para bebês. Eu testei quando ele era bem novinho e não gostei, mas agora está tudo certo e adoro, porque são super cheirosos. Como ele tinha o cabelo (super) seco atrás, de ficar deitado, resolvi testar aquele creme para pentear da Johnson (específico para bebês) e tem melhorado. É caro, mas rende bastante porque usa bem pouquinho por vez. Cotonetes para limpar orelhas, nariz e umbigo depois do banho e Higiapele para a troca de roupas (especialmente se vazou leite para o pescoço ou papinha, coisas assim). Para a massagem depois do banho, óleo Hora do Sono, da Johnson, e a pomada para assaduras é a imbatível Bepantol (nenhuma outra se compara – sara em um dia!). O cabelo, penteio com a escovinha que veio no kit pente/escova que ganhei no chá de bebê (se não me engano). O cabelo dele é muito ralo para pentear com pente. Uso a colônia da Turma da Mônica, porque o cheiro é o melhor de todos, para mim.

Itens de passeio: não uso mais bolsa de bebê há meses – uso qualquer bolsa grande minha e está tudo certo. Costumo levar umas oito fraldas, lenços umedecidos, frasqueira térmica com mamadeiras + potinho com leite em pó (se for horário de mamar na rua), papinha + colher (se for horário de comer, mas sempre tento evitar que ele coma na rua, pela higiene), duas camisetas iguais à que ele está (se estiver de regata, duas regatas), mais uma muda de roupa caso o tempo mude, um casaquinho (sempre), dois panos de boca, uma caixa de lenços de papel (melhor que gastar pano o tempo inteiro), álcool antiséptico para limpar as mãos, boné e chupeta. Quando saio sozinha com ele para algum lugar longe, levo-o no sling (nós amamos slingar!). Para perto, ele vai no carrinho. Quando saímos com o Ande, ele o leva no colo (ele não gosta do sling). Assim que eu tiver oportunidade ($$$), quero comprar um sling mais fresquinho para o verão (como este aqui).

Ele está lindo! Vejo um bebê na rua, quando estou fazendo alguma coisa e ele ficou em casa, e morro de saudades!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode gostar...

Posts mais acessados