Categoria(s) do post: Rotinas

 

  1. Comece a planejar cedo, o máximo que puder. Buffets dão descontos para quem reservar a data com bastante antecedência, além de você ter a possibilidade de escolher dentre muitas opções. Se você pensar em um tema, também tem bastante tempo para providenciar os enfeites e a decoração. Se encomendar com algum decorador, planejar com antecedência pode lhe dar a possibilidade de parcelar e ainda conseguir um bom preço, pois fará muitas peças de uma só vez. Definindo o cardápio, também pode ir fazendo orçamentos. As lembrancinhas podem ser feitas por você mesmo, se começar cedo.
  2. Tenha em mente prioridades – suas e de seus filhos. Estabeleça um limite de gastos e atenha-se a ele. Converse com seus filhos e veja o que é importante para o aniversariante. Muitos amigos? Poucos, mas em um evento mais caro? Não faça a festa para você. A festa é da criança.
  3. Não pense em festa, mas em celebração. As coisas parecem ficar incrivelmente mais simples quando passamos a pensar desta forma. Quando falamos em festa, dá a impressão de um grande evento, com tudo perfeito. Uma celebração é uma forma de reunir os amigos e comemorar algo em particular, não importante quão simples seja. E às vezes é melhor que seja assim.
  4. Envolva a família. Afinal, o filho é seu, mas todos o amam de paixão. Conversar com parentes a respeito da festa pode abrir suas ideias e despertar criatividade em todos os envolvidos. Você também pode ter o luxo de alguma tia dizer “pode deixar que eu pago os refrigerantes”!
  5. Sempre tenha em mente que, quanto menos, melhor. Uma super festa com helicópteros de brinquedo e escorregadores gigantes para quê? O importante é seu filho se divertir, estar entre amigos, pessoas que ama e, é claro, com muita comida gostosa, refrigerantes à vontade e presentes. Todo o resto é supérfluo para ele. Pense nisso! Não faça a festa para mostrar às outras pessoas que você “pode”. Pensar assim já é começar errado, além de não ter nada a ver com o espírito da festa.
  6. Aproveite o dia! Planejando com antecedência, você tem grandes chances de tudo dar certo. Porém, imprevistos acontecem! A boleira pode atrasar, a luz pode acabar e seu filho pode derrubar sorvete na roupa nova assim que chegarem ao buffet. E aí? Não estrague o seu humor – e o dia do seu filho – com esse tipo de coisa! Improvise brincadeiras e mostre que você é uma mãe (ou um pai) muito bacana!
  7. Feche com chave de ouro. A festa não termina quando o último convidado vai embora. Lembre-se de tirar fotos inesquecíveis e depois enviar a todos que compareceram, agradecendo a presença. Organize um lugar em casa para colocar os presentes assim que chegarem, para não ter que deixá-los espalhados. E o mais importante: garanta que o seu filho descanse bem e feliz, depois de tanta festança!

Meu nome é Thais Godinho e eu estou aqui para te inspirar a ter uma rotina mais tranquila através da organização pessoal.

Categoria(s) do post: Áreas da Vida

Nem preciso dizer o quanto eu adoro quartos infantis que fujam daquela coisa pastel de sempre. Este aqui é mais um com paredes escuras e muitas cores.

Grafite + cores!

Esse cachorrinho branco na verdade é uma luminária e pode ser encontrada na Imaginarium. A manta colorida pode ser feita à mão por alguma tia habilidosa ou comprada pronta em feiras livres (se morar em São Paulo, vá até a feira do Embu das Artes aos finais de semana). Para os quadros, basta providenciar três molduras e enquadrar pôsters, imagens ou mesmo desenhos impressos pela internet. A roupa do berço é básica: branca e estampa neutra. A escadinha vermelha pode ser substituída por uma estante que, mesmo comprada branca, pode ser tingida de maneira fácil com aqueles sprays de tinta (a Suvinil tem sprays multiuso ótimos para esse fim). As cestas para brinquedos podem ser encontradas de lojas de R$1,99 a grandes redes de supermercados. O tapete colorido você pode substituir por inúmeras opções que existem por aí.

Móbile de pano.

O móbile também é fácil de ser feito. Sabem aquelas argolas de bordar, encontradas facilmente em lojas de armarinho? Elas podem servir como base – basta encapá-las com o tecido de sua preferência. Depois, faça bolas de pano ou revista com tricô bolas de isopor. Então é só pendurar com fios de nylon!

Dentro do berço.

Bichinho colorido, almofada de tricô (que pode ser feita à mão) e outras duas que você pode comprar prontas à sua escolha, além da almofada de amamentação.

Este quarto foférrimo é do blog Screamy Mimi.

Meu nome é Thais Godinho e eu estou aqui para te inspirar a ter uma rotina mais tranquila através da organização pessoal.