Categoria(s) do post: Anual, Saúde

Não tenho tanto assim a escrever, a não ser dizer que:

  • Eu parei de beber em definitivo (nem socialmente) porque percebi que não trazia nada de bom para a minha família, nenhum exemplo positivo para o meu filho, me tirava do meu estado de clareza mental e era apenas uma convenção social que disfarçava questões que eu precisava trabalhar. Hoje, quando saio com pessoas que bebem, eu percebo como usava a bebida como recurso para me soltar mais, ter mais confiança etc. E aí, vem o próximo item, que é:
  • Pegar todas essas questões mal resolvidas para mim e levar para a terapia DE VERDADE. E aí sim a coisa fez total diferença. Todo mundo tem comentado no Instagram que está me achando mais iluminada, mais autoconfiante etc, e tudo isso tem a ver com esse processo de olhar para dentro e compreender as cicatrizes, questões diversas, e trabalhar nelas.
  • Percebi como a minha alimentação ficou bagunçada no último ano e não teve um dia este ano que eu disse “vou chutar o balde”. Fiz escolhas conscientes e, mesmo quando consumia alguma besteira, era sabendo das consequências.
  • Uma coisa que falhou mas que já mudei foi o excesso de delivery. Como as coisas estavam caras no mercado, muitas vezes compensava pedir delivery. A questão é que isso virou hábito e eu basicamente não cozinhei este ano – coisa que adoro fazer não apenas para prestar mais atenção na minha alimentação saudável como para ter esse momento zen no meio do dia. E quero retomar isso daqui em diante. Já até deletei o aplicativo do meu celular.
  • A pandemia me deixou malzona da cabeça e eu voltei a ter crises de ansiedade. Voltei a fazer o tratamento desde então e este ano ainda continuei. Mas me considero melhor. Acredito que, a partir do ano que vem, já role começar a tirar alguns remédios aos poucos.
  • Uma coisa que ficou pendente mas já está em desenvolvimento: minha rotina de atividade física. A academia fica longe, então decidi me mudar (o escritório) para perto dela, para ir todos os dias. A mudança deve acontecer em janeiro e aí terei como retomar.

Eu só quero dizer que fico feliz por ter escolhido saúde como foco este ano porque, se não fosse por isso, sabe-se lá como eu estaria! Tive muitos desafios relacionados e me sinto bem pelas escolhas que fiz e o estilo de vida que estou construindo para mim.

Meu nome é Thais Godinho e eu estou aqui para te inspirar a ter uma rotina mais tranquila através da organização pessoal.

Deixe seu comentário

1 comentário

  1. Juliana Andrade comentou:

    é real isso de você estar transmitindo uma imagem que dá gosto de ver! pra mim que te acompanho há anos, tem dado um quentinho enorme no coração te ver assim. estou real com a sensação de que você saiu do casulo e tá sendo você 1000%
    feliz demais por você <3