Categoria(s) do post: Dicas de produtividade

Hoje eu gostaria de falar sobre uma técnica de produtividade que gosto muito.

“Most important tasks” = “tarefas mais importantes”

A ideia original se trata de, diariamente, você definir as 3 tarefas mais importantes que você precisa fazer. Aquelas que, se chegar ao final do dia tendo concluído, você se sentirá satisfeita/o.

Essa tática conversa com o GTD™ também, porque nos ajuda a ter foco apropriado.

No GTD™, a gente foca no que estiver no calendário e nas próximas ações diariamente.

Para mim, as MITs geralmente são:

  • resolver algum problema que está me preocupando
  • trabalhar em um projeto-chave que vai fazer andar muita coisa
  • antecipar algum prazo

Veja, todo mundo tem muita coisa para fazer – eu sei disso. Mas as coisas têm importâncias diferentes. E, se a gente deixar, até o final do dia fica só apagando incêndio e deixa de lado tarefas realmente importantes. Estabelecer desde o início do dia as “metas do dia” ajuda a configurar mentalmente o foco.

Você pode anotar em um post-it, na sua agenda, no seu Bullet Journal, onde quiser. Eu gosto de anotar no Bullet Journal como “foco do dia”. Às vezes, nem defino três, mas apenas uma. Me ajuda bastante, de fato, com relação ao foco.

As perguntas para você definir suas MITs podem ser:

  • Quais são as três coisas mais importantes que eu preciso fazer hoje?
  • O que, se eu concluir hoje, vai fazer TODA a diferença na minha vida ou no trabalho?
  • Qual deve ser meu foco hoje?

Se você quiser ir na produtividade nível faixa preta, tente concluir suas MITs antes das 11 horas da manhã. É uma boa prática.

Você já usou essa técnica? Por favor, compartilhe suas percepções nos comentários.