Categoria(s) do post: Propósito e felicidade

Um dos conceitos mais importantes que eu aprendi estudando os livros do Napoleon Hill foi sobre a definição de um objetivo claramente definido.

Pelo que eu entendi, o objetivo pode ser tanto um objetivo mais de longo prazo, final, quanto um objetivo mais próximo, como por exemplo “entrar no doutorado”. O importante não é o conteúdo do objetivo mas tê-lo definido. Pode ser qualquer objetivo. “Descansar durante 45 minutos no meu almoço hoje”. O que ele está dizendo é que, uma vez que a gente tenha um objetivo qualquer definido, isso ajuda a gente a direcionar o nosso foco.

Ele recomenda você ter esse objetivo escrito e colado no seu espelho para olhar todos os dias de manhã. Eu tenho uma nota no meu Evernote com esse objetivo descrito. Resolvi imprimir e espalhar pela casa (além do espelho), pois assim não apenas eu visualizo mais vezes como também toda a minha família.

Eu gosto de trabalhar com metas e objetivos em diferentes perspectivas. Gosto de ter algumas metas para aqueles dias mais complicados (“quero dormir pelo menos 7 horas hoje” ou “espero conseguir concluir pelo menos tal tarefa até o final do dia”), estabeleço um foco para a semana, big rocks para o mês, objetivos de curto prazo de maneira geral. Tudo isso é feito muito levemente, como ferramentas, e não como coisas que engessam a minha vida. Servem apenas para direcionamentos.

O objetivo claramente definido que eu tenho nessa nota no Evernote é um objetivo de médio a longo prazo para a minha vida e para o meu trabalho. Envolve um cenário geral para a minha empresa, para a nossa família, para a nossa casa, para as nossas finanças. Eu simplesmente sentei um dia e descrevi o que eu gostaria de ter para a minha vida. Toda vez que reviso essa nota, reescrevo algum termo de uma maneira melhor para mim. Isso vem de anos. Muitas vezes, falo em sala de aula ou no grupo da mentoria sobre assuntos como “missão pessoal” e pode parecer algo imediato. Esse objetivo, por exemplo, eu escrevi pela primeira vez em 2016, se não me engano, e vou refinando regularmente. É um trabalho que nunca acaba, que a gente vai construindo aos poucos mesmo. Tudo na organização é sobre construção.

Eu não vou compartilhar o meu objetivo completo aqui no blog porque acredito no poder da concentração. Quando a gente espalha algo, a energia se dispersa. Prefiro manter apenas para mim e para os meus algo que é tão íntimo.

O que eu encorajo é que você tente fazer esse mesmo exercício.

O poder de ter o objetivo claramente definido é, em primeiro lugar, o foco. Onde eu devo colocar o meu foco. Mas isso vai além do foco diário. Ajuda quando a gente não está passando por uma fase muito fácil. Uma coisa que o Napoleon Hill gosta de falar é sobre a diferença entre fracasso permanente e derrota temporária. É muito comum que a gente passe por dificuldades. Todo mundo que fez grandes coisas na história da humanidade passou por dificuldades, algumas bem grandes. Você não pode confundir essas dificuldades com um fracasso total. Para alcançar seu objetivo, pode ser necessário alterar a rota, reestruturar o plano. Isso é perfeitamente normal. As coisas podem não sair conforme o planejado, mas isso não quer dizer que você perdeu tudo. Se você tiver seu objetivo em foco, você consegue se olhar com menos pressão, com mais compassividade. Não confunda uma derrota temporária com um fracasso permanente.

Foi muito importante para mim relembrar isso esta semana porque estou passando por uma fase difícil. Revisar meu objetivo, permitir me olhar com mais compaixão, ter humildade para entender que posso ter que voltar atrás em algumas iniciativas, tudo isso é importante. O objetivo continua em foco. É para isso que serve.

Amanhã vou publicar um post sobre a bibliografia do Nap, pois sei que pode ajudar. Para mim, é uma referência inestimável para a vida.