07 Oct 2014

3 soluções de organização para banheiros pequenos

Veja algumas dicas de organização para banheiros pequenos:

1. Instale cabides atrás da porta

Imagem: alibaba.com

Imagem: alibaba.com

Hoje em dia são muito comuns os cabides semelhantes ao da imagem acima, que não demanda furação de portas, mas apenas encaixe na parte superior. Esses cabides são ótimos para pendurar toalhas, pijamas e roupões.

2. Enrole as toalhas, em vez de dobrá-las

Imagem: RGB Stock

Imagem: RGB Stock

Além de economizar seu tempo por não precisar passar roupa (sim, ainda é comum passar roupa de cama e banho), enrolar as toalhas é a melhor maneira de guardá-las. Além de não amassar, fica melhor visualmente e é mais fácil de pegar sem desmanchar a pilha inteira.

3. Utilize cestos e potes para guardar miudezas

Imagem: Jen Gooch

Imagem: Jen Gooch

Guardamos muitos objetos pequenos no banheiro, como algodão, cotonetes, esponjinhas para maquiagem, grampos, elásticos de cabelo e tantos outros. Mesmo itens maiores, como pentes, chapinhas e potes de cosméticos podem ser agrupados e guardados dentro de cestos ou potes, a fim de uniformizar o visual e deixar os mesmos tipos de produtos juntos, facilitando o manuseio diário.

Três dicas fáceis e baratas para organizar seu banheiro ainda hoje.

07 Oct 2014

[Editorial] Produtividade X Organização

Gosto muito de pensar que os editoriais mensais que escrevo fecham um ciclo e iniciam um novo. Acredito que, no caso deste, isso seja mais verdade do que nunca. Talvez por esse motivo eu tenha demorado uns dias a mais para publicá-lo, porque só consegui tirar o texto da minha cabeça neste momento.

Este mês, o blog completa oito anos de idade. Em outubro de 2006, a Thais, esta que vos fala, criou um blog com url do blogspot e começou a escrever publicamente sobre organização pela primeira vez.

Muitos acontecimentos recentes têm me feito questionar sobre a essência do blog e os motivos pelos quais ele existe. A opinião dos leitores contou enormemente nessa reflexão que eu fiz e ainda não terminei de fazer, porque não se trata de uma mudança, mas de um direcionamento.

Tenho percebido, até mesmo pelas mudanças recentes na minha vida, que o blog acabou pendendo muito mais para o lado do assunto produtividade, em vez de ser um blog sobre organização. Eu me perdi com isso, os leitores se perderam, e ninguém saiu ganhando muito. Nenhuma experiência se perde, mas ela serve para ensinar alguma coisa. E o que eu aprendi é que produtividade não é a mesma coisa que organização. Logo, eu não deveria deixar de escrever sobre organização no meu blog criado sobre este assunto, para falar sobre produtividade. Pareceu confuso?

Organização é uma palavra originada do Grego “organon” que significa instrumento, utensílio, órgão ou aquilo com que se trabalha. De um modo geral, organização é a forma como se dispõe um sistema para atingir os resultados pretendidos. Produtividade é o resultado daquilo que é produtivo, ou seja, do que se produz, do que é rentável. É a relação entre os meios, recursos utilizados e a produção final. É o resultado da capacidade de produzir, de gerar um produto, fruto do trabalho, associado à técnica e ao capital empregado. Produtividade é a expressão da eficiência de qualquer negócio.*

Para mim, organização é encontrar soluções para problemas que podemos ter com relação a planejamento, nossas ideias e o ambiente físico que nos rodeia, como a nossa casa e nosso espaço de trabalho. Também precisamos organizar a nossa agenda, os nossos e-mails, as nossas anotações, as nossas contas, compras, comida, roupa de cama, livros, rotinas, a fim de encontrar qualidade de vida e ter tranquilidade no nosso dia a dia. A organização em si não é (nem deve ser) um fim, mas um meio de atingirmos esse equilíbrio entre todas as nossas áreas de responsabilidade. Da mesma maneira, mas por caminhos diferentes, produtividade é o “como” – como gerenciar o nosso tempo, a nossa vida, o nosso dia, a nossa semana, para fazer tudo o que a gente precisa fazer com eficiência, efetividade e eficácia. Organização e produtividade têm tudo a ver, mas não são a mesma coisa.

No entanto, eu não quero deixar de escrever sobre produtividade, GTD, Evernote, projetos, tarefas e otimização do tempo de forma geral, para que a gente produza melhor na vida, seja em que ramo for. Por isso, estou preparando um novo canal onde poderei fazer isso para quem quiser acompanhar livremente o que escrevo sobre produtividade, e deixarei o blog (e a marca) Vida Organizada também livre para escrever sobre organização. Esse canal, um novo blog, ainda não está pronto (está em planejamento), mas avisarei quando estiver no ar. Eu quis avisar antes para vocês porque gosto de ter esse relacionamento transparente com os leitores, para que vocês saibam o que esperar.

Esse “click” aqui no botãozinho macrotemático do blog foi tão intenso que se refletiu inclusive nas categorias, que estavam imaculadas desde a reestruturação do blog, há dois anos, e que giravam em torno de determinados assuntos: produtividade, casa, família, finanças, bem-estar e lazer. Agora, o assunto principal do blog voltará a ser dicas de organização e, como categorias, temos:

Organize-se! – Tudo o que você precisa saber para começar a se organizar.
Sua casa – Dicas de organização para tudo o que envolve a vida doméstica: cômodos, armazenamento, animais, carro, mudanças e mais.
Soluções de organização – Aplicativos, agenda, sistema FLY Lady, GTD, produtos organizadores e tudo o mais que for uma solução de organização estará aqui.
Rotinas – Muito do sucesso da organização vem da implementação de rotinas para todas aquelas áreas que citei anteriormente (casa, família, finanças etc). Veja nesta categoria todos os assuntos relacionados e como se organizar com relação a eles.
Equilíbrio pessoal – De nada adianta a gente organizar as nossas coisas se, por dentro, não estivermos bem. Por isso, esta é uma categoria para falarmos sobre saúde, comportamento, desenvolvimento pessoal etc.
Sobre mim – A ideia é que, aos poucos, tudo o que for mais pessoal sobre mim acabe indo para o meu outro blog, o Thais Godinho.com, justamente para não ficar tomando espaço por aqui. No entanto, se tiver a ver com organização, estará nesta categoria.
Seções fixas – Ainda não sei se manterei este nome, mas a ideia é agrupar aqui todas as categorias fixas do blog, como os editoriais, as linkagens de domingo e outras.
Etc – Existem muitas categorias extras que ficam aqui para consulta do leitor.

Gostaria de pedir um pouco de paciência a todos durante esse processo de mudança. Apesar de já ter migrado os posts para as novas categorias, quero analisar um por um para categorizá-los da melhor forma possível (são mais de 1.500 textos), o que levará algum tempo. Muitos posts também deverão migrar para o blog novo, quando ele estiver no ar – mas avisarei todos vocês quando isso acontecer.

Espero que gostem das novidades e que curtam essa nova fase do Vida Organizada que vem por aí e se inicia hoje. Tenho certeza que agora tudo ficará mais coerente e focado tanto aqui quanto em outros canais que estão por vir.

Obrigada por tudo, pessoal.

* Fonte: Significados.com.br

06 Oct 2014

Menu semanal para 6 a 12 de outubro

menu-semanal

O objetivo de criar um cardápio semanal é facilitar o seu dia-a-dia. Quem nunca perdeu tempo pensando no que fazer para jantar, vasculhando os ingredientes pela despensa e na geladeira? Você não precisa disso. Leia o texto Como planejar o menu semanal (guia prático para pessoas ocupadas) e otimize a sua rotina.

Seguem sugestões de receitas para você incrementar o menu desta semana:

Para o dia a dia

Petiscos

Sobremesas

Bom apetite!

04 Oct 2014

Desculpas que nos damos quando adiamos nossos sonhos (e como contornar cada uma delas)

Tenho pensado muito ultimamente sobre as mudanças que vêm acontecendo na minha vida e como eu poderia escrever sobre elas aqui no blog. Mudanças internas, eu quero dizer. Porque, por mais que a gente mude por fora, significa que existiu uma revolução por dentro. E hoje eu gostaria de comentar sobre as principais desculpas que costumamos nos dar diariamente para não fazermos aquilo que queremos fazer, seja o que for.

A primeira desculpa é a velha “eu não tenho tempo”. Todas as pessoas do mundo têm a mesma quantidade de tempo – 24 horas por dia e 168 horas por semana. Precisamos aprender a gerenciar nosso tempo de vida o melhor possível, e para isso existe a organização. É justamente para pararmos algumas vezes ao longo do ano e pensar: “ok, onde eu quero chegar? porque preciso me organizar para chegar até lá”. É só isso. É simples, mas um trabalho que deve ser feito dedicado, ocasionalmente, para que a gente não perca nossos objetivos de vista. Se a gente continuar dizendo que não tem tempo, nunca vai ter mesmo. Ninguém vai chegar até você e dizer: “senhor, você foi contemplado com 30 horas a mais todos os dias para trabalhar em seus sonhos”. Portanto, precisamos aprender a fazer bom uso do tempo que todos nós temos.

A segunda desculpa é “eu não tenho dinheiro”. Geralmente, quando queremos mudar de carreira, de cidade, de país, fazer um mestrado, viajar ou qualquer outro projeto assim, vamos adiando dizendo que não temos dinheiro. Dinheiro é como tempo – a gente não tem, a gente providencia. Precisa gerenciar bem o que ganha, parar de gastar com bobagens e ter metas. Muitas vezes, quando pararmos para listar o quanto precisamos de dinheiro para realizar aquele sonho, percebemos que não é tanto quanto imaginávamos. Só de colocar no papel já ajuda a ter uma visão mais realista do que a gente pretende. E, com isso, vira um objetivo a ser alcançado, e podemos buscar outros meios para chegar até lá (bicos, investimentos e por aí vai).

A terceira desculpa, e a que mais me entristece, por ser tão comum, é “nunca vou conseguir fazer isso”. As pessoas costumam dar esse tipo de desculpa porque nasceram em uma família pobre (de dinheiro), ou porque não concluíram uma faculdade, ou porque nunca saíram do país, ou porque tem filhos e por aí vai. As desculpas vão alimentando umas às outras para chegar à conclusão mental de que nunca conseguirá o que quer. Supere o comodismo e busque soluções. Pare de falar que nunca conseguirá e monte um plano. Qual seria o primeiro passo? Às vezes é necessário apenas agir, colocar as coisas em movimento, que o resto você vai fazendo.

A quarta desculpa é “melhor um pássaro na mão do que dois voando”. Meus amigos, eu fiquei com essa desculpa em mente durante tanto tempo! Até que percebi que o que estava trocando não era um pássaro voando por um na mão, mas dois pássaros na mão por um só. Entenderam a diferença? Toda mudança envolve algum tipo de risco, mas ficar onde está também envolve – especialmente se estivermos falando de sonhos! Diminua os riscos o tanto quanto possível e simplesmente acredite que conseguirá o resultado que deseja, porque é provável que ele ainda supere as suas expectativas.

A quinta desculpa é a simples “eu tenho medo”, que a gente acaba confessando só lá no fundo, pra gente mesmo. É normal ter medo! De verdade. Porém, não deixe que esse medo paralise você. Como eu comentei na desculpa anterior, muitas vezes estamos trocando algo muito melhor pela situação em que nos acomodamos agora. Use o medo como parâmetro para decisões bem pensadas, mas de nada adianta decidir sem agir.

Apenas alguns pitacos sobre essas questões que estavam na minha cabeça e quis passar para vocês.

03 Oct 2014

Novidades bem legais do Evernote na EC4

ec2014-01

Quem acompanha o blog no Instagram já deve ter visto que estou em San Francisco esta semana, participando da EC4 – a grande conferência anual do Evernote. Vim a convite deles e estou gostando muito. É uma oportunidade maravilhosa de respirar produtividade e empreendedorismo ao lado de muitas pessoas que buscam o mesmo que você. Só tenho a agradecer o Evernote pelo convite.

Hoje de manhã nós realizamos um Google Hang Out comentando algumas novidades. Quem não viu ao vivo pode conferir a gravação no You Tube:

Tem bastante coisa acontecendo e ainda não deu tempo de absorver e testar todas as novidades. Hoje está acontecendo o segundo e último dia da conferência e ainda há muito mais por vir. Mas foi muito legal ver o Phil ao vivo (CEO do Evernote), além do Tim Ferriss e outras palestras muito legais sobre o Evernote. Vi uma empresária falando sobre como ela aplica o GTD no Evernote Business e uma apresentadora de tv daqui mostrando como ela usa o Evernote para administrar a vida familiar com dois filhos, marido, cachorro, tudo. É bem legal estar aqui fazendo parte disso.

Muita gente me diz assim “ai Thais, queria tanto aprender a usar o Evernote, mas nunca consegui” ou “como posso começar a usar?” e minha resposta é: não tem muito segredo – tem que criar uma conta e ir usando. Aqui no blog tem bastante material, tem o livro do Vladimir Campos (Organizando a vida com o Evernote, na Amazon), o próprio site do Evernote tem muito material para iniciantes, além de vídeos no You Tube mostrando absolutamente tudo o que você precisa fazer. O legal do Evernote é justamente que, quanto mais você usa, melhor ele fica, porque existe uma coisa muito importante chamada contexto. Só usando para saber! O Evernote trabalha para você fazendo a pesquisa que você precisa enquanto trabalha em uma nota. Tem muitos recursos e serve para todos os fins.

Sobre as novidades até agora, seguem as principais:

  • O recurso de work chat, que é basicamente um chat nas notas do Evernote Business, que fica guardada como uma conversa entre as pessoas que estavam trabalhando naquela nota. Muito interessante e facilita muito ao trabalhar em equipe.
  • Os recursos do modo de apresentação das notas. Para quem não sabe, o Evernote tem um recurso que é assim: você seleciona as notas que gostaria de apresentar em uma reunião e clica em um recurso de apresentação, substituindo um Power Point, por exemplo. É muito mais rápido e o visual fica clean e certeiro. Dá para substituir os ppts da vida e usar no dia a dia, sem ter que ficar montando apresentações (particularmente, um dos motivos que me fazem detestar reuniões é justamente o trabalho que se tem para montar apresentações). Aqui na EC4 foram apresentados diversos recursos novos para ajudar nesse processo.
  • O Evernote é muito focado na questão do contexto – as notas relacionadas são um bom exemplo – e trouxe novidades sobre isso também. Por exemplo, se você estiver trabalhando em uma nota de trabalho, a integração com o Linkedin funciona indicando pessoas (!) que possam te ajudar naquele trabalho em questão. Isso parece até mágico! Outra coisa é puxar notícias do NY Times que tenham a ver com o que você está trabalhando, o que pode ajudar muito o trabalho de jornalistas, por exemplo. Nós acreditamos que isso acabe se expandindo para outras fontes de conteúdo mais tarde.
  • Um aplicativo novo de digitalização de documentos que vem por aí, integrado ao uso do scanner do Evernote (mas podendo ser usado separadamente), que é tão rápido que sequer precisa de clique para digitalizar os documentos.
  • A versão nova do Evernote Web, que é simplesmente a coisa mais clean e bonita dos últimos tempos, voltada para ter foco total no que se está fazendo. Quem gosta de usar o Evernote apenas na web vai adorar as novidades (já está no ar!).

ec2014-02

Uma novidade BEM legal é a agenda da Moleskine para 2015, que é integrada ao Evernote. Eu comprei mas ainda não testei. Prometo fazer testes e postar aqui no blog e estou bastante ansiosa para fazer isso! Sou super fã da agenda com visão semanal da Moleskine e tinha até pensado em usar em 2015. Agora definitivamente vou usar! Custou 32 dólares e deve chegar em breve no Brasil (não tivemos essa informação), como os outros produtos da Moleskine + Evernote.

É isso! Gostei muito de ver o Phil ao vivo – me lembrou bastante o Steve Jobs, mas em uma versão mais simpática e humilde. Ele bate um papo com a galera mas fala de conceitos certeiros. Não é para menos – afinal, o cara inventou o Evernote. Enfim, tem sido bem bacana e eu estou tentando passar um pouquinho sobre tudo para vocês. Espero que gostem das novidades porque tem muita coisa a ver conosco, para melhorar nossa produtividade. Porque, na verdade, é isso que importa, não é?

Obrigada por tudo, pessoal.