08 Oct 2014

Prazo de validade de maquiagens e cosméticos

Imagem: Web Parx

Imagem: Web Parx

Produtos de maquiagem e cosméticos têm data de validade e é importantíssimo respeitá-lo, senão podem causar sérios danos à sua pele. É claro que um produto não estraga de um dia para o outro, mas o prazo de validade diz que, usando depois daquele período, o fabricante não garante mais os resultados ou consequências não muito agradáveis podem resultar para quem estiver usando. Os que têm que pele sensível e alergias devem redobrar os cuidados.

Confira a data de validade média dos principais cosméticos e artigos de maquiagem:

3 meses
Máscara, creme para a região dos olhos

6 meses
Base, cremes hidratantes para o rosto, demaquilantes

8 meses
Corretivo

12 meses
Pó, sombra, gloss, batom, blush (creme), lápis (olho, sobrancelha, lábios), delineador, tônicos de rosto, filtro solar

24 meses
Blush (pó), pó bronzeador

Vale lembrar que produtos artesanais e/ou naturais duram menos que os produtos industrializados, que têm outras formas de conservantes.

Outro ponto de atenção é com relação aos produtos que compramos fora do Brasil. A legislação difere de acordo com o país. Nem em todos os países as marcas são obrigadas a colocar a data de validade no potinho, mas elas colocam outras informações. Os produtos da MAC, por exemplo, têm a validade estimada em meses (“24M” equivale a “24 meses”, ou 2 anos).

Além desses cuidados mais certinhos, tem o cuidado que vem do bom-senso também. Se você comprou um produto novo, ou o produto está dentro do prazo de validade, mas mesmo assim ele te dá algum tipo de reação alérgica ou você sente uma reação não muito legal, pode valer a pena descartar. O mesmo vale para alguns produtos que, na teoria, passaram da validade, mas continuam super bons. Eu procuro ter mais cuidado com os produtos que vão nos olhos, como lápis, cremes e máscaras, e os pós, no geral, costumam durar bem. Isso para produtos de maquiagem! Cremes e cosméticos de tratamento eu sempre considero a data de validade, porque tenho a pele sensível.

Também vale dizer que, mesmo dentro da validade, se armazenar incorretamente, os produtos podem estragar antes do prazo. Não vale deixar produtos cosméticos e maquiagens dentro do banheiro (por causa da umidade) ou em um lugar onde pegue sol, pois eles acabam estragando mais rápido mesmo. Um bom lugar para deixar é naquela penteadeira do quarto (que nunca pega sol) ou dentro do guarda-roupa (se ele não for úmido, claro).

Algumas outras dicas que podem ajudar a aproveitar mais os seus produtos:

  • Procure adquirir produtos secos, sempre que possível, em vez das versões em creme ou líquido. Isso vale para bases, corretivos etc. Os produtos em pó costumam durar mais.
  • Sempre lave seus pincéis de maquiagem, para que não acumulem pele morta e bactérias, passando isso para os produtos ao entrarem em contato com eles durante o uso.
  • Não use maquiagem de outras pessoas e não empreste os seus itens também. Se for testar o produto em uma loja, certifique-se de que eles usam um produto higienizador.
  • Vale mais a pena ter um kit duplicado de maquiagem sempre no trabalho que levar todos os dias uma necéssaire na bolsa. Além de economizar espaço, você garante que os itens não peguem calor no trajeto diário.
  • Talvez valha mais a pena comprar itens menores (em menor quantidade) que aqueles potes com o dobro de quantidade do produto, justamente por causa da validade.
  • Procure não ter produtos duplicados: dois lápis de olho marrons, dois batons iguais abertos etc. Vale mais a pena ter um e usar até o fim que usar dois pela metade e precisar descartar no futuro.

Por fim, vale a pena, uma vez por mês, analisar o seu inventário e descartar o que saiu da validade ou estragou. Não guarde um produto apenas porque foi caro. Da próxima vez, planeje melhor seus gastos e compre somente o que precisa mesmo (ou vai usar muito).

07 Oct 2014

Como organizar telefones, e-mails e endereços

071014-telefones

Hoje em dia, é comum mantermos todos os nossos contatos em nossos celulares. Afinal, é prático e dedutivo, além de estarem sempre com a gente. Porém, em algum momento, já passamos por situações como ter o celular roubado e pedir o telefone para todos os amigos novamente ou ter que anotar os endereços em outro lugar, porque acha muito difícil digitar no celular.

Como acontece com outros assuntos relacionados a organização, é importante a gente encontrar uma ferramenta que tenha a ver com a gente. Não importa se será uma agenda de telefones de papel ou um iPhone de última geração. Não se sinta culpada(o) por preferir modelos mais tradicionais, pois o importante é utilizar algo que seja funcional, não ideal.

Celular / Smartphone

A vantagem do celular é estar sempre conosco e facilitar no momento da discagem. Hoje, é a maneira mais comum de armazenar contatos. No Android, você pode associar seus contatos à sua conta do Google, assim, centralizar seus contatos lá. A vantagem é poder editar através do computador e inserir dados adicionais (como endereços). Os usuários do iPhone podem fazer a mesma coisa, conectando à sua conta Apple. Quem utiliza Microsoft Outlook também consegue gerenciar através do Exchange, no celular. Se você se dá bem com essa alternativa, ela certamente é a ideal, por facilitar bastante o seu dia a dia.

Programa ou arquivo de computador

Tenho uma amiga que tem uma planilha com todos os seus contatos e não troca esse formato por nada. Já vi essa mesma lista em um documento do Word. Outras pessoas usam o Google Drive ou o Evernote, que tem um aplicativo relacionado chamado Hello (que linka seus cartões de visita digitalizados com a conta da pessoa no Linkedin). A vantagem de usar um arquivo ou programa é a acessibilidade, então garanta que ele esteja na nuvem, e não local. Outra vantagem é a customização – dá para montar listas de contatos bem bonitinhas no Word e, se precisar, imprimir e guardar em um fichário ou deixar no mural.

Caderno

A turma do papel certamente vai preferir a sua boa e velha caderneta de telefones e endereços para manusear essas informações. Se for o seu caso, tenha uma única, em casa, e uma para contatos “móveis” ou de trabalho, que você pode levar sempre com você. A vantagem de usar papel neste caso é não ficar nunca sem acesso às informações só porque acabou a bateria, além de manter os dados no caso de um roubo de celular.

Como dicas finais, seja qual for a ferramenta escolhida, ficam:

1 – Procure utilizar somente UM formato específico, para não se perder procurando as informações e inserindo dados em mais de um sistema diferente.

2 – Pegue um dia e organize todos os seus contatos, migrando o que estiver em outras plataformas. Se precisar do endereço de alguém, contate essas pessoas, pedindo. Quando elas responderem, migre para o seu sistema.

3 – Leve seus contatos sempre com você.

Como você costuma organizar os seus contatos telefônicos, de e-mail e endereços? Compartilhe nos comentários!

07 Oct 2014

3 soluções de organização para banheiros pequenos

Veja algumas dicas de organização para banheiros pequenos:

1. Instale cabides atrás da porta

Imagem: alibaba.com

Imagem: alibaba.com

Hoje em dia são muito comuns os cabides semelhantes ao da imagem acima, que não demanda furação de portas, mas apenas encaixe na parte superior. Esses cabides são ótimos para pendurar toalhas, pijamas e roupões.

2. Enrole as toalhas, em vez de dobrá-las

Imagem: RGB Stock

Imagem: RGB Stock

Além de economizar seu tempo por não precisar passar roupa (sim, ainda é comum passar roupa de cama e banho), enrolar as toalhas é a melhor maneira de guardá-las. Além de não amassar, fica melhor visualmente e é mais fácil de pegar sem desmanchar a pilha inteira.

3. Utilize cestos e potes para guardar miudezas

Imagem: Jen Gooch

Imagem: Jen Gooch

Guardamos muitos objetos pequenos no banheiro, como algodão, cotonetes, esponjinhas para maquiagem, grampos, elásticos de cabelo e tantos outros. Mesmo itens maiores, como pentes, chapinhas e potes de cosméticos podem ser agrupados e guardados dentro de cestos ou potes, a fim de uniformizar o visual e deixar os mesmos tipos de produtos juntos, facilitando o manuseio diário.

Três dicas fáceis e baratas para organizar seu banheiro ainda hoje.

07 Oct 2014

[Editorial] Produtividade X Organização

Gosto muito de pensar que os editoriais mensais que escrevo fecham um ciclo e iniciam um novo. Acredito que, no caso deste, isso seja mais verdade do que nunca. Talvez por esse motivo eu tenha demorado uns dias a mais para publicá-lo, porque só consegui tirar o texto da minha cabeça neste momento.

Este mês, o blog completa oito anos de idade. Em outubro de 2006, a Thais, esta que vos fala, criou um blog com url do blogspot e começou a escrever publicamente sobre organização pela primeira vez.

Muitos acontecimentos recentes têm me feito questionar sobre a essência do blog e os motivos pelos quais ele existe. A opinião dos leitores contou enormemente nessa reflexão que eu fiz e ainda não terminei de fazer, porque não se trata de uma mudança, mas de um direcionamento.

Tenho percebido, até mesmo pelas mudanças recentes na minha vida, que o blog acabou pendendo muito mais para o lado do assunto produtividade, em vez de ser um blog sobre organização. Eu me perdi com isso, os leitores se perderam, e ninguém saiu ganhando muito. Nenhuma experiência se perde, mas ela serve para ensinar alguma coisa. E o que eu aprendi é que produtividade não é a mesma coisa que organização. Logo, eu não deveria deixar de escrever sobre organização no meu blog criado sobre este assunto, para falar sobre produtividade. Pareceu confuso?

Organização é uma palavra originada do Grego “organon” que significa instrumento, utensílio, órgão ou aquilo com que se trabalha. De um modo geral, organização é a forma como se dispõe um sistema para atingir os resultados pretendidos. Produtividade é o resultado daquilo que é produtivo, ou seja, do que se produz, do que é rentável. É a relação entre os meios, recursos utilizados e a produção final. É o resultado da capacidade de produzir, de gerar um produto, fruto do trabalho, associado à técnica e ao capital empregado. Produtividade é a expressão da eficiência de qualquer negócio.*

Para mim, organização é encontrar soluções para problemas que podemos ter com relação a planejamento, nossas ideias e o ambiente físico que nos rodeia, como a nossa casa e nosso espaço de trabalho. Também precisamos organizar a nossa agenda, os nossos e-mails, as nossas anotações, as nossas contas, compras, comida, roupa de cama, livros, rotinas, a fim de encontrar qualidade de vida e ter tranquilidade no nosso dia a dia. A organização em si não é (nem deve ser) um fim, mas um meio de atingirmos esse equilíbrio entre todas as nossas áreas de responsabilidade. Da mesma maneira, mas por caminhos diferentes, produtividade é o “como” – como gerenciar o nosso tempo, a nossa vida, o nosso dia, a nossa semana, para fazer tudo o que a gente precisa fazer com eficiência, efetividade e eficácia. Organização e produtividade têm tudo a ver, mas não são a mesma coisa.

No entanto, eu não quero deixar de escrever sobre produtividade, GTD, Evernote, projetos, tarefas e otimização do tempo de forma geral, para que a gente produza melhor na vida, seja em que ramo for. Por isso, estou preparando um novo canal onde poderei fazer isso para quem quiser acompanhar livremente o que escrevo sobre produtividade, e deixarei o blog (e a marca) Vida Organizada também livre para escrever sobre organização. Esse canal, um novo blog, ainda não está pronto (está em planejamento), mas avisarei quando estiver no ar. Eu quis avisar antes para vocês porque gosto de ter esse relacionamento transparente com os leitores, para que vocês saibam o que esperar.

Esse “click” aqui no botãozinho macrotemático do blog foi tão intenso que se refletiu inclusive nas categorias, que estavam imaculadas desde a reestruturação do blog, há dois anos, e que giravam em torno de determinados assuntos: produtividade, casa, família, finanças, bem-estar e lazer. Agora, o assunto principal do blog voltará a ser dicas de organização e, como categorias, temos:

Organize-se! – Tudo o que você precisa saber para começar a se organizar.
Sua casa – Dicas de organização para tudo o que envolve a vida doméstica: cômodos, armazenamento, animais, carro, mudanças e mais.
Soluções de organização – Aplicativos, agenda, sistema FLY Lady, GTD, produtos organizadores e tudo o mais que for uma solução de organização estará aqui.
Rotinas – Muito do sucesso da organização vem da implementação de rotinas para todas aquelas áreas que citei anteriormente (casa, família, finanças etc). Veja nesta categoria todos os assuntos relacionados e como se organizar com relação a eles.
Equilíbrio pessoal – De nada adianta a gente organizar as nossas coisas se, por dentro, não estivermos bem. Por isso, esta é uma categoria para falarmos sobre saúde, comportamento, desenvolvimento pessoal etc.
Sobre mim – A ideia é que, aos poucos, tudo o que for mais pessoal sobre mim acabe indo para o meu outro blog, o Thais Godinho.com, justamente para não ficar tomando espaço por aqui. No entanto, se tiver a ver com organização, estará nesta categoria.
Seções fixas – Ainda não sei se manterei este nome, mas a ideia é agrupar aqui todas as categorias fixas do blog, como os editoriais, as linkagens de domingo e outras.
Etc – Existem muitas categorias extras que ficam aqui para consulta do leitor.

Gostaria de pedir um pouco de paciência a todos durante esse processo de mudança. Apesar de já ter migrado os posts para as novas categorias, quero analisar um por um para categorizá-los da melhor forma possível (são mais de 1.500 textos), o que levará algum tempo. Muitos posts também deverão migrar para o blog novo, quando ele estiver no ar – mas avisarei todos vocês quando isso acontecer.

Espero que gostem das novidades e que curtam essa nova fase do Vida Organizada que vem por aí e se inicia hoje. Tenho certeza que agora tudo ficará mais coerente e focado tanto aqui quanto em outros canais que estão por vir.

Obrigada por tudo, pessoal.

* Fonte: Significados.com.br

06 Oct 2014

Menu semanal para 6 a 12 de outubro

menu-semanal

O objetivo de criar um cardápio semanal é facilitar o seu dia-a-dia. Quem nunca perdeu tempo pensando no que fazer para jantar, vasculhando os ingredientes pela despensa e na geladeira? Você não precisa disso. Leia o texto Como planejar o menu semanal (guia prático para pessoas ocupadas) e otimize a sua rotina.

Seguem sugestões de receitas para você incrementar o menu desta semana:

Para o dia a dia

Petiscos

Sobremesas

Bom apetite!