ou

Recentemente li o novo livro da Patricia Lages, “Lugar de mulher é onde ela quiser”, e gostaria de fazer uma resenha aqui para o blog. Já adianto que gostei muito do livro e recomendo para mulheres que trabalhem e/ou empreendam. Traz muitas dicas e orientações que teriam sido diferenciais no meu caminho se eu tivesse lido quando estava começando a trabalhar como PJ e a prestar serviços para pessoas e empresas diferentes.

O livro é dividido em duas partes: “Encontre seu lugar” e “Conquiste seu espaço”.

A primeira parte é dedicada à pavimentação do negócio e de você como empreendedora. O que é empreender, como saber se você tem o perfil, sobre ser especialista e ao mesmo tempo ter que ter multifunções, o que pode te impedir de crescer, como organizar o tempo, principais desafios, o impacto do empreendedorismo no relacionamento e muito mais.

Quando eu terminei essa primeira parte, fiquei muito impressionada como ela conseguiu ir em pontos-chave e que farão bastante diferença em qualquer empreendedora que o leia. Sabe, estamos mudando o mundo. E tudo é muito novidade não só para a gente quanto para as pessoas ao nosso redor, especialmente parceiros e crianças.

Na segunda parte, ela fala sobre a organização da empresa em si para que você decole: como começar, erros comuns, como administrar o seu negócio, como administrar as finanças da empresa, como conhecer o seu cliente, modelo canvas (!), branding, marketing no geral, relacionamentos com clientes e outros assuntos relacionados.

O capítulo final, “Você não está sozinha”, foi como um suspiro sincero de apoio. Terminei pensando: “que livro!”.

Sou suspeita para falar do trabalho da Patricia porque gosto muito de todos os seus livros anteriores (todos best-sellers, a saber: Bolsa Blindada 1 e 2 e Virada Financeira). Mas esse é sensacional. Nós, mulheres empreendedoras, precisávamos de um livro assim. Minha única reclamação é que eu não queria que a leitura acabasse! Eu poderia ler mais umas 200 páginas escritas pela Patricia sobre esse tema.

Traz orientações e reflexões mas também dicas práticas, tipo prints de planilhas, sabe? Mostrando ali, mão na massa, como fazer. Eu gostei muito e acredito que será útil demais para quem simplesmente não tem onde buscar orientações similares. Muitas vezes, a empreendedora é a primeira da família a abrir e tocar uma empresa. Pode ser algo muito solitário e com muitas cobranças.

Obrigada, Patricia, por um livro tão bacana. E você, que está lendo este post: já leu o livro? Por favor, deixe um comentário dizendo se gostou. Obrigada!

Thais Godinho
08/04/2017
Veja mais sobre:
Livros
4
Como manter o mindset empreendedor e superar a crise
Livro: “Lugar de mulher é onde ela quiser” (Patricia Lages)

A Páscoa é um feriado cristão, com raízes pagãs, e celebrado por pessoas no mundo todo. Além do apelo religioso, promove um final de semana prolongado, iniciando na Sexta-Feira da Paixão. Vamos ver algumas dicas para organizar a vida nesse feriado?

Vá de chocolate

Aqui no blog nós já publicamos receitas que levam chocolate e que fogem um pouco do furor dos ovos caros. Que tal tentar algo diferente? Seja para você, para a sua família ou para dar de presente, a associação da Páscoa com o chocolate é evidente. Pode ser que você queira aproveitar.

Curta sua religião

Eu acredito que esses feriados religiosos sejam uma boa oportunidade de se reconectar ou se conectar ainda mais com a sua religião e/ou espiritualidade. Aproveite para participar das celebrações, estudar, ter seus momentos de silêncio, meditar/rezar/orar ou simplesmente curtir o espírito da ocasião. Talvez você perceba até que está sentindo falta de ter mais disso no seu dia a dia.

Faça uma boa Revisão Semanal

Nada como um feriado na sexta-feira para fazer uma bela Revisão Semanal. Se você não for trabalhar, utilize o guia do blog para revisar todo o seu sistema e voltar triunfalmente ao método GTD, caso sinta que tenha saído dos trilhos.

Declare o Imposto de Renda

Se ainda não o fez, faça nesse feriado. O prazo final para a declaração é no dia 28, mas deixar para a última hora sempre é mais estressante e pode gerar ansiedade. Veja aqui como fazer.

Separe roupas para doar

Vale a pena revisar constantemente seu guarda-roupa para manter apenas as peças que realmente usa, gosta e ficam bem em você. Um feriado sempre pode ser um bom dia para fazer isso. Se você tiver dificuldade em garantir o comprometimento, agende com uma instituição de caridade para ir buscar as roupas em sua casa na semana seguinte. Assim, você não deixará de fazer essa separação.

Limpe a casa

Não sou muito fã de dedicar toda semana um dia inteiro para limpar a casa, mas sou a favor de faxinas física-espirituais de imersão de vez em quando. A Páscoa é uma boa época para isso, especialmente porque (em algumas regiões do Brasil) o frio está chegando com mais intensidade. Pode ser uma boa se livrar do pó, lavar os pisos e paredes, enfim, fazer aquela faxina caprichada.

Leia mais

procure dedicar mais tempo à leitura e menos ao computador ou qualquer outra tela. Nada contra! Não sou dessas pessoas que acham que “precisamos desligar o wifi e conversar entre nós”, apesar de isso ser ótimo. Acredito na relação saudável com a tecnologia. Porém, é inegável que ficar um tempo offline, no dia a dia, pode parecer difícil. Eu ouço muito isso das pessoas: “não tenho tempo para ler no dia a dia”. Oras, aproveite o feriado. Coloque em dia a sua leitura ou escolha um novo livro ótimo para ler.

Acredito que você já tenha boas ideias para aproveitar o feriado da Páscoa! Aliás, me conte nos comentários: quais são seus planos? Será que vocie já tinha planejado fazer alguma das coisas que estão na lista acima?

Thais Godinho
07/04/2017
Veja mais sobre:
, Páscoa
6
O que sua casa significa para você?
Para que servem as cozinhas?
Ideias para organizar na Páscoa

Este post faz parte de uma série que explicará como conciliar os dois métodos.

FLY Lady é um método de cuidados com a casa – clique aqui para saber mais.
GTD é um método de produtividade – clique aqui para saber mais.

Baby steps, ou “passinhos de bebê”, são uma recomendação no método FLY para você implementá-lo aos poucos. É uma maneira bem legal porque se trata de um guia mesmo em que você faz só uma coisa por dia para implementar o método. É um projeto típico para o GTD: Implementar o método FLY Lady. Cada um dos passos é uma próxima ação que você pode inserir no seu calendário, já que se trata de uma ação a ser feita em um dia específico (conceito do que entra no calendário de acordo com o GTD).

Você consegue encontrar todos os passos traduzidos no blog da Roseli. Aliás, blog maravilhoso e grande fonte de estudos em português da FLY Lady. Aqui você encontra a versão original em inglês.

O fator de sucesso para a implementação de qualquer método é a consistência. Por isso, fazendo um pouco por dia você irá, aos poucos, implementando não só o método FLY Lady como qualquer outro hábito que você queira incorporar. Mas, mais do que isso, curta o processo!

Falta apenas mais um post para concluirmos esta série, quando falarei sobre a relação entre o controle journal da FLY Lady e o sistema do GTD. Caso tenha dúvidas, por favor, deixe um comentário! A série está te ajudando? Espero que sim.

Thais Godinho
06/04/2017
Veja mais sobre:
, FLY Lady, FLY Lady e GTD
7
Conciliando organização do casamento e trabalho
Projetos em andamento – Julho 2014
Dica do leitor: usando o GTD