Pular para o conteúdo

Guia Completo para se Tornar uma Pessoa Autodidata

A maternidade me propulsionou a uma vida de estudos autodidatas, pois eu não tinha como estudar fora ou conciliar os horários dos cursos e aulas com o ritmo da minha família naquele momento. Por isso, eu elaborei o guia mais completo que consegui para você que quer começar a ser uma pessoa autodidata nos seus estudos e não sabe por onde começar. Segue.

No mundo acelerado e em constante mudança de hoje, a capacidade de aprender de forma independente é mais valiosa do que nunca. Ser um autodidata não apenas abre portas para novas oportunidades profissionais e pessoais, mas também promove um crescimento contínuo que pode enriquecer todos os aspectos da sua vida. Neste guia, exploraremos os passos fundamentais para iniciar sua jornada como uma pessoa autodidata, transformando a curiosidade em conhecimento e o conhecimento em sucesso.

Por que você quer fazer isso?
Defina Seus Objetivos de Aprendizado

Antes de mergulhar nos estudos, é crucial ter uma visão clara do que você deseja alcançar. Defina objetivos de aprendizado específicos, mensuráveis, alcançáveis, relevantes e temporais (SMART). Pergunte-se: “O que eu quero aprender?” e “Como isso vai me beneficiar?” Ter objetivos claros ajudará a guiar seu caminho e manter sua motivação.

Exemplos:

  • Quero estudar para desenhar o meu pré-projeto do mestrado e submeter em uma universidade até dezembro de 2024.
  • Quero estudar inglês para conseguir gravar uma aula de 1h de maneira fluente em até 3 meses.
  • Quero saber tocar os 10 melhores riffs das bandas que gosto na guitarra até o final do ano.

Como você aprende melhor?
Identifique Seu Estilo de Aprendizagem

Todos nós aprendemos de maneira diferente. Alguns preferem visualizações, outros aprendem melhor através da audição ou fazendo. Conhecer seu estilo de aprendizagem pode ajudar a personalizar sua experiência educacional, tornando-a mais eficaz e agradável. Experimente diferentes métodos e veja o que funciona melhor para você.

Ler? Assistir vídeo? Colocar a mão na massa? Tudo junto?

Todo planejamento ajuda
Crie um Plano de Estudos Flexível

Com seus objetivos definidos e seu estilo de aprendizagem identificado, o próximo passo é criar um plano de estudo. Este plano deve ser flexível o suficiente para se adaptar à sua vida, mas estruturado o suficiente para manter você no caminho certo. Inclua prazos, mas permita ajustes conforme necessário.

Existem duas maneiras de fazer, essencialmente. Uma é buscando criar contextos e planejar horários, outra é definindo uma sequência de estudos, sem dia específico (ciclos).

Por exemplo, você pode determinar que em cada dia da semana você se dedicará a um tema estudando à noite.

Segunda: música
Terça: caligrafia
Quarta: história
Quinta: xadrez
Sexta: literatura

Ou você pode determinar que você pretende estudar esses temas nessa ordem e deixar mais “solto”. Por exemplo, se hoje estudou música, quando for estudar alguma coisa, você vai para o segundo item da lista, que é caligrafia. Isso pode ser adaptado ao tempo que você tem e à sua disponibilidade.

O planejamento semanal pode te ajudar a identificar seus diferentes contextos e momentos para planejar estudar.

Livros e ferramentas
Escolha Recursos de Qualidade

A internet está repleta de recursos de aprendizado, mas a qualidade varia. Dedique tempo para encontrar materiais que sejam reconhecidos e recomendados. Isso pode incluir livros, artigos, cursos online, vídeos, podcasts e mais. Não tenha medo de investir em seu aprendizado, se possível.

Peça recomendações. Ao final de um livro, veja a bibliografia de referência e vá atrás do que considerou interessante. Veja vídeos sobre o tema. Peça ajuda ao ChatGPT, que é bem bom para essas coisas. Organize seus materiais para tê-los sempre acessíveis, e isso vale tanto para materiais físicos quanto para e-books, arquivos etc.

Por exemplo, se você está estudando caligrafia, precisa ter esses materiais organizados para conseguir praticar. Você já tem tudo o que você precisa ou tem que providenciar algo? Providencie.

Um estudante estuda todos os dias
Estabeleça uma Rotina de Estudos

A consistência é chave para o aprendizado autodidata. Consistência não é ter uma rotina perfeita, mas fazer um pouco todos os dias. Defina o mínimo viável de estudos diário e o que seria o ideal. Sua rotina vai variar entre esses dois extremos – tem dias que você conseguirá estudar mais, em outros menos. Faz parte. Mas se você priorizar os seus estudos, conseguirá fazer pelo menos um pouco todos os dias.

E lembre-se que tem várias formas de estudar. Não é só lendo um livro ou vendo uma vídeo-aula. Você está estudando quando busca sobre um assunto no Google, por exemplo, escreve sobre ele nas suas redes sociais ou faz perguntas para o ChatGPT, conversa com outras pessoas a respeito ou revisa o que já estudou.

Todo conhecimento é prático se você quiser
Pratique o Aprendizado Ativo

Além de absorver informações, envolva-se ativamente com o material. Isso pode incluir fazer anotações, ensinar o que aprendeu para outra pessoa, aplicar o conhecimento em projetos práticos ou participar de discussões online sobre o tema.

Por exemplo, quando eu assisto uma aula sobre criação de conteúdo, eu aproveito aquele momento da aula para planejar meus conteúdos e ir fazendo as coisas propriamente ditas. Eu não fico só vendo a aula e anotando os pontos importantes. Eu busco colocar em prática imediatamente aquilo que eu estou estudando.

Procure oportunidades para aplicar o que aprendeu. Isso não apenas reforça o conhecimento, mas também pode abrir novas portas em sua carreira e vida pessoal. Projetos práticos, prestação de serviços, ou até mesmo hobbies podem ser excelentes maneiras de fazer isso.

Tudo é aula
Adote uma Mentalidade de Aprendizado

Por último, mas não menos importante, cultive uma mentalidade de aprendizado constante. Veja os desafios como oportunidades de aprendizado e não tenha medo de falhar. O caminho para se tornar um autodidata é tanto sobre o desenvolvimento pessoal quanto sobre a aquisição de novos conhecimentos. Tudo na vida pode ser uma aula se você encarar assim.

Espero que este post tenha sido uma boa porta de entrada para que você se torne uma pessoa autodidata. Tem bastante coisa ainda pra gente falar a respeito e eu pretendo explorar mais esse tema nos próximos dias. Fique ligada/o nos diferentes canais do Vida Organizada. 😉

Thais Godinho

Thais Godinho

Meu nome é Thais Godinho e eu estou aqui para te inspirar a ter uma rotina mais tranquila através da organização pessoal.

2 comentários em “Guia Completo para se Tornar uma Pessoa Autodidata”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *