Pular para o conteúdo

O que mudou da Thais de janeiro 2022 para a Thais de janeiro 2024?

Estou me referindo a uma mudança de cenário em dois anos. Aquele cenário que a gente fala quando conversa sobre objetivos de curto prazo.

A Thais de 2022 era outra pessoa. A empresa estava em outro momento. Crescendo, precisando de ajuda. Esse processo começou em 2021, e no início de 2022 eu tive a saída de uma pessoa que me impactou tanto que cheguei a entrar em depressão. De lá para cá, não creio que tenha me recuperado totalmente. Foram muitas as coisas que aconteceram. Eu tive COVID, e isso acabou com o meu nível de energia. Eu me sinto muito mais cansada hoje em dia, mais cedo no dia que antes. Eu era capaz de fazer 3 lives por dia – hoje não consigo mais, por limitações físicas mesmo.

Acho que a mudança mais impactante foi que, naquele momento, eu acreditava no caminho que estávamos desenhando para o Vida Organizada se tornar uma Universidade Corporativa. E veja bem, não que eu ache que isso não seja um bom caminho. É. Mas uma das orientações na época era sobre despersonalizar o Vida Organizada. Tirar um pouco a Thais e colocar outros professores – afinal, um curso de universidade tem vários professores. Foi muito enriquecedor estar em contato com outras pessoas tão apaixonadas pelo MVO quanto eu, mas eu não me senti bem. Me senti descolada do meu trabalho. Não queria mais. Foi difícil. Dei uma “bugada”. Eu não queria ser a Thais empresária apenas. Eu queria ser a Thais produtora de conteúdo, professora. Nesse sentido, o Doutorado foi um refúgio. Ter feito um intercâmbio em abril foi muito importante para mim. Me permitiu tirar um tempo e refletir sobre tudo isso.

A Alemanha foi muito importante para mim. Por mais que eu tenha sofrido o acidente e ter voltado para o Brasil na metade do intercâmbio, a impressão que eu tenho é de que vivi 10 anos em um mês.

Eu conheci (pessoalmente) uma pessoa que era minha amiga há muitos e muitos anos, que se tornou uma das pessoas mais importantes da minha vida e me deu uma nova perspectiva de futuro, de felicidade, de viver a vida… Fez eu me lembrar de quem eu sou, das coisas que sempre quis, dos sonhos que deixei pra trás por outras pessoas…

O que mais mudou da Thais de janeiro 2022 para a Thais de janeiro 2024 foi pensar: “calm down, babe”. Mas eu não me arrependo do que rolou. Foi um processo dolorido, mas importante. Sou muito grata a todas as pessoas que estiveram ao meu lado nesse meio tempo. E também sou muito grata às que saíram. Fizeram com que eu questionasse meus problemas, buscasse melhorar, encarasse meus defeitos de frente, aos mesmo tempo que abriram espaço para atrair quem se identificava comigo de verdade e não com a “lenda” Thais “do Vida Organizada.”

Quando eu conheci o David Allen, do GTD, disse que era realizar um sonho finalmente conhecê-lo e ele disse: “o mito é sempre melhor que a realidade”. E é exatamente sobre isso.

Thais Godinho

Thais Godinho

Meu nome é Thais Godinho e eu estou aqui para te inspirar a ter uma rotina mais tranquila através da organização pessoal.

3 comentários em “O que mudou da Thais de janeiro 2022 para a Thais de janeiro 2024?”

  1. Mudanças sempre são complicadas, mas inevitáveis.
    As coisas ao nosso redor mudam e a gente pode observar isso e ajustar as coisas para as mudanças serem boas pra gente, ou esperar e ver o que mudou e se adaptar as novas coisas.
    Fico feliz por poder contribuir um pouco nessa nova fase e estar junto.
    Feliz 2024!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *