Pular para o conteúdo

Voltamos a usar o Todoist para tarefas da empresa

É, minha gente. Mesmo querendo, mesmo tentando, mesmo com treinamento, mesmo dando tempo ao tempo, o Notion não virou pra nossa empresa. Voltamos a organizar nossas tarefas e demandas pelo Todoist. Os projetos e outras informações ainda estão no Notion, mas o “grosso” do dia a dia, aquilo que precisamos demandar e acompanhar o que foi feito, voltou para o Todoist. Ele simplesmente funciona melhor para nós, é mais prático e cumpre uma única função: gerenciar tarefas.

Cada pessoa é livre para organizar seu Todoist como achar melhor. O meu no momento está assim (lembrando que é apenas para tarefas e não para projetos):

Um exemplo dentro de Responsabilidades (algumas listas estão compartilhadas) e um exemplo dentro de uma das listas compartilhadas:

  1. Embora o Notion seja uma ferramenta poderosa e altamente personalizável, percebemos que sua flexibilidade também pode ser uma distração. Com tantos recursos e possibilidades, acabamos nos perdendo em personalizações excessivas e nos distanciando do objetivo principal: concluir nossas tarefas de forma eficiente. O Todoist, por outro lado, é conhecido por sua simplicidade e interface intuitiva, que nos permite focar no que realmente importa: a conclusão das tarefas.
  2. O Notion, apesar de suas muitas vantagens, exigia um tempo considerável para configurar e ajustar sua estrutura. Embora tenhamos apreciado a liberdade de personalização, percebemos que estávamos gastando mais tempo organizando e ajustando a ferramenta do que realmente executando nossas tarefas. Com o Todoist, podemos criar rapidamente tarefas, adicionar prazos e prioridades, e acompanhar nosso progresso com apenas alguns cliques. Sua simplicidade e usabilidade tornam a gestão de tarefas mais ágil e eficiente.
  3. Outro fator importante em nossa decisão foi a integração perfeita do Todoist com outras ferramentas que já usamos em nosso fluxo de trabalho diário. Com a capacidade de sincronizar com calendários, receber notificações em dispositivos móveis e integrar-se a outros aplicativos, o Todoist se encaixa perfeitamente em nosso ecossistema de produtividade. Essa integração nos permite manter tudo em um só lugar, facilitando o acompanhamento e a execução das tarefas.

Basicamente, lembrando que a ferramenta inteira serve para organizar apenas ações, tarefas, demandas menores e não gerenciar grandes projetos – o acompanhamento geral dos projetos está no Notion. Uma vez definidas as ações, elas são colocadas no Todoist e vou acompanhando semanalmente.

Na empresa nós usamos a versão Business do Todoist.

Embora tenhamos experimentado o Notion com entusiasmo, a decisão de voltar ao Todoist foi motivada pela simplicidade, facilidade de uso e integração que essa ferramenta oferece. Reconhecemos que cada pessoa tem suas preferências e necessidades únicas quando se trata de organização, e é importante encontrar a ferramenta que melhor se adapte a cada indivíduo. No nosso caso, o Todoist se mostrou a escolha certa para nos ajudar a manter o foco, simplificar nosso fluxo de trabalho e cumprir nossas tarefas com eficiência.

Thais Godinho

Thais Godinho

Meu nome é Thais Godinho e eu estou aqui para te inspirar a ter uma rotina mais tranquila através da organização pessoal.

7 comentários em “Voltamos a usar o Todoist para tarefas da empresa”

  1. Traduziu meu sentimento pelo Notion aqui: “Embora o Notion seja uma ferramenta poderosa e altamente personalizável, percebemos que sua flexibilidade também pode ser uma distração. Com tantos recursos e possibilidades, acabamos nos perdendo em personalizações excessivas e nos distanciando do objetivo principal: concluir nossas tarefas de forma eficiente.”

    Hahaha no momento voltei ao analógico para minha lista de tarefas, mas, no fim, acabo sempre indo para as ferramentas mais simples: todoist e evernote.

  2. Para quem gosta de combinar Evernote com Trello (ou outros tipos de Kanban), acabei de descobrir que existe uma extensão do Evernote que faz isso: Kanban Note*

    Essa extensão permite você criar gratuitamente um board, e colocar nele as colunas referente a tags ou cadernos. Pareceu bem legal!

    Procurem na Internet por esse nome. Evitei colocar um link aqui para não gerar suspeita de spam.

  3. “Embora o Notion seja uma ferramenta poderosa e altamente personalizável, percebemos que sua flexibilidade também pode ser uma distração”
    Era minha vida no trello, no Notion e em outros. Como minhas tarefas até o começo do ano não eram compartilháveis eu fazia um doc seco no drive, nunca amei o todoist, tentarei novamente depois de cinco anos.

  4. É sobre isso.
    Penso que dependendo do momento e necessidade que se esteja vivendo, este tipo de combinação faça mais sentido.
    Uso o Notion também, para anotações, concepção de ideias, coleta de referências e elaboração de projetos, mas a ação fica dentro do TickTick, ferramenta com propósito específico, direcionado, com uma curva de aprendizagem baixíssima e que de tabela ainda tem controle para hábitos.
    Até o momento, me atende perfeitamente.

  5. bah, me identifiquei TANTO com esse relato! Amo o Notion de paixão e uso para muitas (muitas!) coisas, mas realmente o microgerenciamento pega forte nele… as possibilidades são tantas que nos perdemos. Apenas no meu caso o Todoist é substituído pelo TickTick hehe peguei um certo ranço pela cara do Todoist devido a um antigo trabalho e nunca mais consegui usar, e quando conheci o TickTick foi amor à primeira vista! Uso já há uns três anos e não troco por nada, me encontrei nele ????

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *