Pular para o conteúdo

Resumo do Mês – Junho 2023

E eu que achei que tivesse tido um mês meio monotemático por causa do acidente – nada como fazer o resumo mais abrangente para ter perspectiva e ver que bastante coisa andou mesmo eu estando com a perna imobilizada o mês inteiro! Por isso que eu AMO esses posts de resumo do mês. Eles me ajudam a ver que, mesmo com imprevistos e em tempos mais difíceis, se a gente tiver um sistema de organização e um método para lidar com ele, a sua vida acontece mesmo assim e sem tanto esforço.

Acredito que eu possa dividir o meu mês de junho em três fases:

  1. pré acidente
  2. pós acidente
  3. no Brasil

Meu acidente foi no dia 5. Antes disso, eu fiz muitas coisas na Alemanha ainda. Visitei o campo de concentração de Dachau, no dia 1. Viajei para Hannover no dia 2, onde vi o show do Mötley Crüe no dia 3. Dia 4 foi um domingo de descanso e passeio pela cidade. Dia 5 foi um dia muito caótico de viagem, com trens cancelados e muita demora, e além de tudo sofri o acidente de noite depois de jantar, voltando para o hotel.

Fui levada de ambulância para o pronto socorro em Heidelberg e, depois, transferida para o hospital ortopédico da cidade, quando fiquei até quarta (dia 7), dia em que retornei para o Brasil. Fazer essa viagem foi uma loucura mas eu fico feliz por tê-la feito. Chegando no Brasil, na quinta dia 8, eu fui direto para o hospital, onde fui engessada. Ficaria uma semana em casa para ver se haveria alguma evolução com esse tratamento conservador, mas não teve. Então, no meu retorno ao médico dia 15, a decisão foi pela cirurgia, que aconteceu na manhã seguinte. Eu fiquei no hospital até sábado, dia 17, e vim para casa.

O primeiro dia em casa foi o mais dolorido de todos mas, aos poucos, fui melhorando. Na última quinta-feira, dia 29, eu tirei a tala e os pontos, e agora estou em casa com a tala móvel sintética que dá para tirar na hora de tomar banho. (maravilhoso)

No trabalho, o mês de junho foi importante. Eu venho fazendo várias reformulações porque, lá na Alemanha, eu consegui colocar a minha cabeça no lugar e ter bastante clareza do meu papel no mundo e do que eu quero fazer. Precisei fazer duas demissões, o que é sempre muito difícil, e reformulações de papéis e responsabilidades, especialmente meus, e fazendo mais coisas mesmo ainda estando imobilizada. Eu entendo que deveria estar de licença médica, no cenário ideal, mas na minha configuração de trabalho não consigo me afastar totalmente, porém consigo trabalhar menos e mais focada, sem forçar tanto.

Eu ainda não retomei nada do Doutorado. Eu tô tendo bastante dificuldade de fazer isso depois do acidente. É como se estivesse vivendo um luto. (e não é..?) Considerei até trancar o doutorado no próximo semestre, mas não tranquei porque não quero adiar – já estou naquele mode “só quero terminar logo”. Espero que os próximos meses me ajudem nessa reorganização e em me motivar novamente para tudo relacionado aos estudos.

Por mais que eu tenha tido uma série de questões adversas, eu alcancei três objetivos importantes do meu planejamento de vida neste primeiro semestre do ano: fazer as cirurgias reparadoras em janeiro, viajar para a Alemanha e… um último objetivo que você vai ler agora com exclusividade aqui no blog (rs – não falei em nenhum outro lugar), que foi alugar um apartamento. Pretendo falar mais sobre isso futuramente, mas a ideia foi poder me dedicar à minha recuperação em uma casa que eu possa me deslocar, ao contrário do sobrado em que moro hoje, com escadas, e que me faz ficar 100% dependente de ajuda. Plus, eu já queria mudar para um apartamento faz tempo, pois tenho questões com a casa onde moro hoje, então isso finalmente saiu do papel. Estou há quase 5 anos aqui e já deu. Estou feliz e empolgada com essa nova fase.

O mês de junho, então, teve de tudo. Por mais que eu tenha ficado meio morosa, achando que era tudo sobre o acidente, não foi. Muita coisa andou, e eu só tenho créditos a dar para o Método Vida Organizada, sem modéstia, pois foi ele que me ajudou a conquistar todas essas coisas sem mal eu ver – a vida foi acontecendo de maneira leve e, os objetivos, sendo alcançados.

A vida é uma doideira rs

Thais Godinho

Thais Godinho

Meu nome é Thais Godinho e eu estou aqui para te inspirar a ter uma rotina mais tranquila através da organização pessoal.

6 comentários em “Resumo do Mês – Junho 2023”

  1. Thais, acompanho o blog já a alguns anos, acredito que 10 anos e sempre você me inspira. Sou da turma 8 do Método Vida Organizada e tem sido muito importante na minha trajetória. E este post não foi diferente. Eu comprei uma casa em 2016 e morei até o ano passado (2022) e como adoeci neste ambiente. O lugar é lindo, mas não tive sintonia nenhuma. E no ano passado, decidi sair dali. Aluguei um apto e coloquei a casa para vender. Algumas pessoas disseram que era loucura, deixar a casa própria e alugar outra, mas só eu conheço as minhas lutas e feridas. Ainda não consegui vender, mas onde moro atualmente sou tão feliz que penso em comprar um apto neste prédio, mas eu sempre gostei de morar em casa e estava com muitas dúvidas. Lendo o que escreveu, percebi que de novo eu estava apegada a ideia de que qualquer decisão é imutável e acordei. Se daqui a alguns anos eu decidi sair do apto para uma casa é só me planejar e ir atrás do que desejo. E isso deixou meu domingo (02/07/2023) tão feliz. Obrigada por abrir um tiquinho da sua vida conosco, pode ser que você não tenha noção do quanto me ajudou e ajuda outras pessoas, mas hoje afirmo que você fez com que eu entendesse o que mais faz feliz :).

  2. Thais, tenho certeza de que esta sua decisão será mais um item que contribuirá para sua plena recuperação. Lembro-me quando comecei a acompanhá-la no blog e no canal do YT, houve várias mudanças, as quais, eu gostava de acompanhar (desde a visita até o planejamento e a organização do novo lar). Desejo que a cada dia você tenha uma vitória, afinal, você é um exemplo do que é querer algo e fazer acontecer.
    Um abraço,

  3. Desejando que essa recuperação vá acontecendo com o tempo e espaço que você precisa 🙂
    Surgiu-me uma dúvida. Para conseguir fazer o apanhado do mês, fazes algum registo diário de acontecimentos? Consultas a agenda?

    Muito obrigada! Abraço deste lado do oceano, para aí

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *