Categoria(s) do post: Trabalho

Muitos leitores do blog têm me trazido essa pergunta e eu pensei que, para falar sobre o assunto, a melhor maneira seria descrever como eu faria, se fosse necessário voltar a trabalhar fora neste momento devido ao meu emprego ou outra circunstância do tipo.

Para quem é novo por aqui, vou explicar minha situação, só para você entender o contexto. Sou autônoma e, por mais que eu tenha um escritório externo, não é necessário trabalhar de lá todos os dias, além de eu ter essa autonomia de decisão (decidir onde posso trabalhar). Logo, minha configuração de vida hoje permite que eu fique em casa.

O meu ponto de vista sobre essa “retomada” pode parecer um pouco polêmico, mas estamos em um blog pessoal, afinal de contas, então minha opinião sempre será passada. Não há absolutamente nenhuma diferença no cenário mundial da pandemia desde que iniciamos a nossa quarentena, em março, para o cenário que temos hoje. Se existe algo “diferente”, é o maior número de mortos e pessoas contaminadas, o que apenas aumenta o risco de contágio. Logo, para mim, qualquer abertura agora para quem não precisa é um ato bastante inconsequente, apesar de eu saber que a quarentena deu uma achatada na curva e evitou a sobrecarga dos hospitais (que bom). Mas, para quem ainda puder permanecer em casa, como nós por aqui, eu recomendo fortemente que aguente firme. Vai passar, mas ainda não passou. Quem sair agora precisa saber que estará mais “disponível” para pegar o vírus do que quem estiver em casa, então você precisa estar preparado/a caso pegue.

Se eu tivesse que trabalhar fora neste momento, ou porque eu sou da área da saúde, ou porque fui obrigada pela empresa que sou contratada ou algo assim, e não houver qualquer possibilidade de conversa, eu buscaria tomar todas as precauções possíveis. Em que sentido?

  • Em casa, reajustar ainda mais a questão dos limites para quando chegar da rua, fazer a higienização das coisas, colocar a roupa para lavar, higienizar o sapato, bolsa, tudo.
  • Deixaria uma malinha com minhas coisas para o hospital preparada, caso precise ser internada. Inclusive isso é algo que já tenho hoje, mesmo de quarentena.
  • A roupa de ir trabalhar seria a mais coberta possível. Iria não apenas com máscara mas óculos, luvas e touca. Teria que ter um estoque maior de máscaras para trocar ao longo do dia e ter reservas para quando um lote estiver lavando.
  • Se houver a possibilidade, não usar transporte público. Ir a pé, com meu carro, bicicleta, transporte por aplicativo no máximo. Se tiver que ir de transporte público, tentar ir em horários alternativos, evitando aglomerações. Se não for possível, me proteger ao máximo.
  • Álcool gel o tempo todo. Lenços umedecidos com álcool até no trabalho.
  • Jamais “aproveitar que saiu” para ir em outros lugares, como comércios ou passeios, se não houver necessidade (não só você pode pegar como pode contaminar outras pessoas com a maior circulação).
  • Evitar contato físico e próximo em casa, com as outras pessoas que moram juntas. Ter um talher, prato, copo etc. para cada um na casa. Todas as precauções máximas de higiene, que eram regra no início da quarentena.

Se você for empresário e sua equipe não precisar trabalhar no escritório, por favor, continue com a mão na consciência e preserve sua equipe.

Sei que não é fácil você ter que fazer algo contra a sua vontade. Se você não se sente seguro/a para ir para o trabalho nessas condições atuais do mundo e mesmo assim é obrigado/a, tome todas as precauções necessárias e procure implementar um estilo de vida (sono, alimentação) que favoreça a sua imunidade. Pois, caso você fique doente, isso talvez não te afete tanto (ou pelo menos dá uma chance maior de recuperação). Boa sorte. <3