Categoria(s) do post: Lazer, Saúde, Dicas de produtividade

Como está o seu nível de energia hoje? Você acordou facilmente, sentindo-se descansada(o), empolgado(a) para as atividades do dia? Mas, mais do que isso, feliz, com um sentimento de tranquilidade no coração? Se não, por favor, faça alguma coisa. Pode ser que já há algum tempo você se sinta assim. Neste post, vou trazer uma reflexão que pode te ajudar, além de trazer dicas práticas, como sempre. 🙂

Você tem alguns tipos de energia. A primeira é a física. Para estar fisicamente bem, você precisa cuidar do seu corpo em toda sua complexidade. Tem o sono, a alimentação, os exercícios físicos, seus hormônios, entre outros. Outro tipo de energia é a mental, que é a que vamos abordar aqui, e outra é espiritual, também relacionada. Elas são importantes porque são as fontes que seu organismo busca para encontrar energia em tempos de necessidade.

Uma vez postei aqui no blog um texto muito importante sobre o conceito de produtividade para o método GTD (método de produtividade que uso há muitos anos), em que digo a importância de alternarmos descanso com esforço mental e físico. Vale a pena ler o texto como complemento a este aqui. (link)

Steve Jobs costumava dizer que não se interessava em ser o homem mais rico do cemitério, mas em viver uma vida com propósito – ir para a cama sabendo que trabalhou em algo maior.

Se o que você faz te traz felicidade, por que tornar a sua rotina uma fonte de sofrimento? Não vale apenas para o trabalho, mas para a maternidade, seus hobbies e estudos. Por favor, pense sobre isso hoje. Veja a que respostas chega internamente.

Você quer chegar a um estado de esgotamento tamanho que te obrigue a parar porque foi para o hospital ou até algo pior? Quer chegar a esse estado apenas porque não recarregou suas baterias?

Quando meu filho nasceu, eu adorava uma autora chamada Tracy Hogg, que escreveu uma série de livros com o apelido de “Encantadora de Bebês” (inclusive recomendo fortemente!). E me lembro de um dos pontos mais importantes que ela ensinava, que foi: um bebê não sabe reconhecer quando está cansado. Ele não pode simplesmente dizer: “estou cansado pacas! preciso dormir!”. Então ele chora. Muitas vezes, os pais superestimulam os bebês e depois ficam desesperados porque ele não para de chorar mesmo estando alimentado e com a fralda seca! É só sono!

Às vezes eu acho que nós, adultos, nos tornamos grandes bebezões. Precisamos da permissão de alguém de fora (ou da ordem mesmo!) para dizer: pelamor, PARE, descanse, vá dormir. Vivemos nossa vida ao limite da exaustão. Uma leitora até pediu para eu escrever sobre essa dificuldade que temos de desligar (Ana Carolina, este post é para você! <3). A grande questão é que, quando não desligamos, os circuitos começam a pifar. Os problemas começam a aparecer. Dor de cabeça, dificuldade para dormir, brigas nos relacionamentos. E então tratamos os problemas com aquilo que parece ser a solução mais fácil: tomando remédios. Ou ignorando até um ponto em que não dá mais, e a gente chora ou passa mal.

[Tweet “Se o que você faz te traz felicidade, por que tornar a sua rotina uma fonte de sofrimento?”]

Sempre lembro daquele jogo The Sims quando estou com fome, com sede, cansada ou com vontade de ir ao banheiro. No jogo, que é um simulador, o personagem que você controla precisa ser cuidado o tempo todo. Ele precisa ficar bem. O indicativo de seu bem-estar são algumas barrinhas que aparecem no painel de controle e que servem para você analisar se ele precisa comer, tomar banho etc. Se você permitir que suas barrinhas fiquem no vermelho, isso vai influenciar demais no seu bem-estar, que pode mudar de um momento para o outro.

Imagem: The Sims Wiki

Se a bateria do seu celular estiver baixa, o que você faz? Você carrega. O mesmo deve ser feito com você. E ponto! Se estiver com a energia baixa, recarregue! Simples assim.

Para saber se você precisa recarregar suas energias, segue uma checklist importante para você ter como referência aí sempre com você e verificar de tempos em tempos. Se estiver sentindo algum desses sintomas, pode ser o momento de colocar seu celular na tomada para recarregar:

  • sonolento ou cansado em horários em que normalmente não se sentiria assim
  • antipático e indelicado em demasia
  • reclamando demais das coisas da vida
  • ofendendo as pessoas por nada
  • à beira de um ataque de nervos – nervoso a ponto de achar que qualquer gota d’água pode fazer o seu copo transbordar
  • preocupado em excesso com todo tipo de coisa
  • egoísta, porque se preocupa com seu bem-estar como modo de sobrevivência
  • excessivamente emotivo, deprimido ou frustrado

Eu não estou dizendo que os sentimentos acima estejam certos ou errados, ou sejam não naturais. Eles são completamente naturais. Somos seres humanos e não máquinas felizes o tempo todo. Mas, justamente por serem naturais, eles indicam o que está acontecendo com cada um de nós, e isso precisa ser observado – assim como a felicidade – pois isso gera autoconhecimento. O ponto é que, quando nos sentimos de acordo com os sentimentos acima, tendemos a desenvolver uma visão mais negativa da vida. Até sua saúde é afetada.

Seguem então algumas dicas para que você aprenda a recarregar as suas energias não de vez em quando, mas todos os dias:

  • Encontre uma atividade física que goste e que se encaixe em seu estilo de vida.
  • Cuide com carinho do seu sono.
  • Busque uma forma de alimentação que traga benefícios a você.
  • Consulte um profissional da saúde para fazer uso de vitaminas complementares.
  • Procure fazer algo que você goste muito todos os dias. Usar um creminho gostoso depois do banho, assistir seu canal favorito no YouTube, ler um livro que te deixe feliz, conversar com os seus filhos, cozinhar, brincar com os cachorros etc.
  • Alterne os tipos de atividades ao longo do dia. Se trabalhou durante uma hora no computador, faça uma pausa. Beba água, dê uma volta pelo escritório, converse com as pessoas. Faça um telefonema. Leia um documento impresso.
  • Não se obrigue a preencher os espaços na sua agenda. Valorize o tempo livre.
  • Em vez de esperar o ano inteiro pelas férias, faça do dia a dia suas férias. Viva um estilo de vida mais leve e feliz.
Imagem: Pensador

Para ajudar a manter a energia no dia a dia, cadastre-se na newsletter do blog. <3