Categoria(s) do post: Diário da Thais, GTD™

Olá pessoal, tudo bem? Nos próximos dias estarei bastante dedicada a outras atividades intelectuais e provavelmente não atualizarei o blog tanto quanto estamos acostumados. É semana de planejamento da Call Daniel e, na semana que vem, vamos viajar para o encontro das franchises na Holanda. Em paralelo a tudo isso, estou traduzindo materiais do GTD, estudando para as duas certificações, escrevendo meu segundo livro, entre outras atividades relacionadas a projetos diversos, tanto de trabalho quanto pessoais.

Justamente por ser uma pessoa organizada e entender a importância da priorização na minha vida, estou diminuindo o ritmo de muitas atividades: profissionais e pessoais. Com relação ao blog, venho produzindo muitos textos nos últimos meses e anos, mesmo quando fiquei doente, e optei por pegar um pouco mais leve daqui em diante, sem a obrigação de postar todos os dias. Achei legal compartilhar essa decisão com vocês.

Vocês já devem ter percebido que eu venho desapegando das redes sociais também. Deixei o Instagram de lado (muitos comentários negativos que eu não sou obrigada) e estou usando o Facebook apenas para interagir no grupo GTD Brasil e atualizar a fan page do blog.

Isso não quer dizer que o blog não é importante – só quer dizer que acho importante diminuir o ritmo. Para mim e como exemplo para os leitores.

Dois recados sobre o blog como um todo. Por favor, leiam, pois recebo todos os dias comentários sobre isso:

  1. Peço que olhem com carinho o aviso na lateral do blog sobre links quebrados. Tivemos um problema no servidor e os links tiveram sua URL alterada. Isso significa que vou precisar alterar manualmente cada um dos mais de 3 mil textos do blog que tenham referência a outros textos aqui. Como isso não vai terminar tão cedo, gostaria de pedir encarecidamente que usem o sistema de busca na lateral para encontrarem o que precisam como solução temporária. Nenhum texto foi deletado e pode ser encontrado rapidamente por ali.
  2. O design do blog será reformulado para uma versão muito mais simples. Estamos trabalhando para colocar em breve essa nova versão, mas mesmo assim demorará algumas semanas. Peço paciência – eu sei que o design atual tem bastante informação, que tem coisas que precisamos arrumar etc. Por isso estamos trabalhando nisso, mas não é do dia para a noite. ;D

Alguns eventos relacionados ao blog se aproximam e eu os divulgarei em formato de post nos próximos dias para que vocês saibam.

Agradeço a atenção. Fiquem bem. 🙂

Categoria(s) do post: Armazenamento, Áreas da Vida

Se você não mora em uma cidade que tem praia e, pelo contrário, tem prédios e mais prédios (ok, alguns parques!), você sabe o que é passar por um verão escaldante precisando bater perna e ir trabalhar pegando metrô, ônibus, ou mesmo de carro. Por isso, vou trazer aqui algumas dicas que funcionam comigo quando se trata de montar um guarda-roupa versátil para usar nessa estação tão quente.

Eu venho passando por um processo profundo de conscientização sobre moda e meu estilo e gostaria de compartilhar essas dicas com vocês, como sempre fiz no blog. <3

Privilegie compras que você vai usar agora

Imagem: College Fashion
Imagem: College Fashion

Estamos em época de grandes liquidações. Se não tivermos foco, nosso orçamento vai por água abaixo. É claro que podemos encontrar excelentes achados de inverno nessas liquidações? Sim! Podemos comprar alguma peça que achamos incrível e que vestiu de maneira espetacular em nosso corpo? Lógico! Mas o que estou querendo dizer aqui é que aprendi com o tempo, depois de anos de consumo de moda, que as roupas nunca vão acabar. Sempre existirão lojas, coleções novas, opções mil. Se eu sair comprando de tudo apenas porque ficou fantástico, não vai ter fim.

Por isso, neste verão eu fiz uma análise do meu guarda-roupa e pensei: o que eu estou realmente precisando neste momento? E lá, em meio a camisas de manga 3/4 ou compridas, cheia de blusinhas de malha que não fazem diferença, eu constatei: preciso de boas blusas e camisetas fresquinhas para trabalhar. Então esse tem sido o meu foco. O seu poderia ser comprar saias, por exemplo.

O que estou querendo dizer aqui é para você questionar se precisa mesmo comprar aquela camisa verde militar de sarja na liquidação sendo que não tem uma blusa de manga curta decente para usar hoje no trabalho.

Não deixe no seu guarda-roupa nada quente demais

Eu se que em algumas cidades do Brasil a gente tem quatro estações no mesmo dia, mas não dá para deixar um sobretudo de lã no armário quando temos um verão de 40 graus (para mais!) na maior parte do tempo.

Guarde as peças mais quentes na parte de cima do armário e deixe suas peças respirarem também. Mantenha sempre à mão apenas aquilo que você pode usar nessa época, sem complicações.

Você pode precisar de um cardiganzinho ou de uma camisa de manga comprida em algum dia? Pode. Mas não são peças que precisam estar tão acessíveis como camisetas, blusas de manga curta, vestidos, entre outras. Otimize a organização do seu guarda-roupa para a estação também.

Preste atenção aos tecidos

Tecidos naturais como linho, algodão e viscose fazem com que você transpire menos, então são ideias para os dias mais quentes. Mesmo uma calça de linho é mais leve que uma camisa de manga curta de poliéster, por exemplo! Poliéster é plástico! Logo, faz seu corpo transpirar muito mais porque não deixa o ar sair, fica abafado. No verão, procure usar peças com tecidos naturais. Isso pode (e deve) até mesmo direcionar as suas compras para cada estação.

Invista em bons curingas

Fui eu que desenhei :)
Fui eu que desenhei 🙂

E, para os meninos:

  • Mocassins em vez de sapatos fechados.
  • Camisas de manga curta de algodão ou linho.
  • Calças de alfaiataria em cores como cáqui e cru.
  • Cores mais claras no geral.

Espero que as dicas sejam úteis. 🙂