Categoria(s) do post: Áreas da Vida
Imagem: Lindsey Wilson
Imagem: Lindsey Wilson

Ontem eu vi um vídeo muito bacana gravado pela Rita e fiquei pensando sobre o assunto “organização pessoal”. A reflexão gerou um pequeno texto que eu gostaria de compartilhar aqui no blog.

Basicamente, o “como se organizar” varia muito de pessoa para pessoa e, mesmo para um único indivíduo, pode variar bastante, pois temos diversas fases e momentos na vida em que temos necessidades diferentes. Eu já comentei sobre isso no blog, mas acho sempre importante relembrar porque o objetivo aqui não é dar o peixe, mas ensinar a pescar.

Por exemplo: estou em um período bem corrido, com muitas pendências para resolver pré-férias, e decidi me organizar “no papel” novamente. Tenho fases em que prefiro usar aplicativos, celular, tablet, agenda eletrônica, mas tenho fases em que sinto uma necessidade enorme de desenhar e escrever. Eu sou uma pessoa absolutamente visual e preciso fazer isso para aprender e refletir, e mesmo utilizando aplicativos eu ainda utilizo bastante o papel. Estava considerando comprar um quadro branco para pendurar em casa e fazer mapas mentais sempre que precisasse tomar decisões ou estudar algum assunto, para vocês terem uma ideia, mas folhas de sulfite atendem por enquanto (é menos ecológico, mas também é uma coisa a menos para comprar).

Como a Rita comentou, também funciono melhor se planejar o meu dia. Se eu tiver uma lista de coisas a fazer “quando der”, tenho dias em que estou muito produtiva e acabo fazendo, mas no geral eu acabo fazendo somente o que está estabelecido para aquele dia. Funciono assim. Se eu tiver 35 tarefas para um dia, executo as 35 tarefas. Se eu tiver só 3… faço as 3 e levo as outras tarefas em um ânimo bem mais low-profile. Sou metódica. Mas isso também é uma coisa que consigo administrar bem pela experiência que tenho de saber o quanto consigo executar em cada dia, o que precisa ser feito no dia em questão. No geral, a gente peca pela falta de experiência e enche a agenda de tarefas que vão sendo rabiscadas e passadas de um dia para o outro, simplesmente. Se isso estiver acontecendo, você precisa de um sistema diferente. Vá testando até encontrar o que funciona melhor para você.

Tenho um post sobre o uso da agenda com cores diferentes e bullets, e estou usando algo semelhante no momento. Se eu conseguir, antes de sair de férias, escrevo um post mostrando a minha agenda atualmente. Mas fica aqui o incentivo para que você não se prenda a um único método ou ferramenta de organização, e sim busque aquilo que esteja atendendo suas necessidades no momento. E que é super ok mudar, se aquilo não te atende mais.