Categoria(s) do post: Áreas da Vida

loveitEstamos em 2014 e ainda é comum o pensamento de que o ano começa mesmo depois do Carnaval. Este ano, além do Carnaval, temos Copa do Mundo e eleições presidenciais, então fico me perguntando até quando vamos deixar essas desculpas dominarem a nossa vida.

Adiamos nossos sonhos por logística. Afinal, para que se matricular em um curso se, em março, teremos Carnaval (mesmo que sejam somente quatro dias)? Ou a matrícula na academia, se ninguém vai sair de casa nos dias de jogos da Copa?

O objetivo de ter uma vida organizada não é ter uma vida complicada, cercada por métodos que dão preguiça só de pensar. Estamos falando em ser felizes. Em ter realização pessoal. A organização deve servir para isso. Se você virou escravo(a) dela, está fazendo errado. A organização serve para facilitar, não complicar a vida.

Em mais de sete anos deste blog, eu já falei sobre muitos assuntos. Sobre como organizar as coisas em casa, como se organizar no trabalho, como organizar a rotina da família, como organizar momentos de lazer e proporcionar bem-estar a nós e aos nossos. Hoje, eu entendo que ter uma vida organizada vai muito além de colocar objetos em caixas e papéis em pastas. Tem a ver com você desde o momento em que você acorda até o momento quando vai dormir. Ser organizado(a) não é respirar organização, mas fazer o que é certo para cada um de nós – coerente com o que acreditamos. Isso é ter uma vida organizada.

Pequenas intervenções no dia a dia dizem respeito a uma vida organizada. Escolher a melhor alternativa para um lanchinho no meio da tarde, aprender a cozinhar, a costurar, conhecer aplicativos e ferramentas diferentes para usar para gerenciar arquivos e tarefas, saber que roupa comprar, ou mesmo como decorar a casa. No final das contas, tudo diz respeito não só à organização da vida, mas à vida em si. E cuidar da vida significa sim ser uma pessoa organizada.

Sabe aquele momento quando você está feliz, com muitas coisas boas acontecendo ao seu redor? Que você se sente motivado(a) para fazer diversas atividades? Que, sim, tem problemas e chateações ao longo do dia, como todo mundo, mas sente que está bem e no caminho certo? É disso o que eu estou falando. Não da pilha de roupas ao lado da sua cama, se aquilo não te atrapalha em nada.

Por esse motivo, os assuntos do blog estão se expandindo. Não dá, em pleno ano de 2014, pra continuar falando em colocar meias em colméias organizadoras enquanto sua vida pessoal está conturbada. Porque não se trata de uma coisa isolada da outra. Não se trata de ter a mesa arrumada e as relações deterioradas. Tudo faz parte de um mesmo todo, e é impossível pensar em organização se tudo não estiver funcionando bem.

Talvez eu nem precisasse escrever isso aqui hoje, porque vocês já devem ter percebido que o blog tem mudado aos poucos. Mas eu devo dizer que estou muito feliz com o rumo que ele tem tomado, porque, afinal, é um trabalho original, autoral, e é um filho meu, construído em conjunto com os leitores, a minha família e todo o mundo.

Melhor do que envelhecer é o sentimento de estar viva. Que você tenha um mês de março maravilhoso.

Acompanhe o Vida Organizada nas redes sociais: