Categoria(s) do post: Estudos, Áreas da Vida

O assunto surgiu em alguns comentários e a minha resposta estava ficando tão grande que eu resolvi escrever um post para que todos lessem. =) Resumo: algumas pessoas me perguntaram como poderiam organizar seus estudos, como conciliar com o trabalho e como eu fazia para conciliar. Bem, então hoje vou comentar um pouco sobre o que eu já fiz e o que eu faço hoje, que tem funcionado para mim. Espero que ajude.

Eu utilizo um sistema de estudos em ciclos.

Gosto de ler todo e qualquer material relacionado a organização. Se for um livro tipo “como organizar uma farmácia”, já estou interessada. Adoro ler sobre métodos e como as pessoas fazem sua gestão do tempo. Adoro o tema, muito muito, e procuro sempre estar lendo algo relacionado.

Pesquisando sobre métodos de estudo, encontrei as dicas de um professor chamado Alexandre Meirelles, que passou em concursos públicos disputadíssimos e hoje dá palestras sobre o tema. Me apaixonei pelas dicas imediatamente, porque ele é ótimo. Comprei seu livro e li em poucas horas. Como estou sempre estudando, as dicas foram muito úteis. O nome do livro é “Como estudar para concursos”.

Lá, ele ensina a montar uma rotina de estudos baseada em ciclos. E eu percebi que essa rotina pode ser aplicada não só para concursos, mas para qualquer área de estudos na vida. A ideia é que os assuntos sejam cíclicos, de forma que você nunca fique muito tempo sem ver cada um deles. Estou resumindo muito aqui, viu gente? A melhor fonte são os artigos dele e o próprio livro, que recomendo fortemente a quem estiver interessado no assunto específico de estudos para concursos.

 Como fazer

Você deverá listar todos os assuntos que precisa estudar. Se você estiver começando a estudar para um concurso público, a técnica muda um pouco (ele recomenda começar pelas disciplinas básicas e só depois ir acrescentando outras).

Suponhamos que você tenha que estudar, no momento atual da sua vida: inglês, duas matérias da pós-graduação e o TCC. Então você define quanto tempo de estudo por ciclo você pretende estudar cada uma delas. Isso depende da quantidade de tempo que você tem e do quanto precisa se dedicar a determinado assunto. O Alexandre recomenda (e eu também) que fique em torno de 1h30 e nunca ultrapasse 2h30, pois o rendimento começa a cair. Então ficaria assim:

Inglês: 1h
Matéria 1: 1h30
Matéria 2: 1h30
TCC: 2h

O seu ciclo tem 5h. O que você vai fazer é estudar quando puder, sem horários fixos, na ordem do seu ciclo.

Agora são 19h57 e você começa a estudar Inglês. Se você parar para ir ao banheiro (procure não fazer pausa em períodos curtos como 1h), anote a pausa. O importante é que você tenha 1h líquida de estudo, não 1h no relógio. Entenderam?

Se você estiver se sentindo bem disposta(o) e quiser continuar estudando durante mais 1h, passe para a disciplina seguinte, que é a Matéria 1. Estude durante 1h e, quando você for estudar novamente, talvez no dia seguinte, comece por ela e complete a 1h30.

Vá seguindo a ordem até recomeçar o ciclo pela primeira disciplina que você estudou. Você também terá uma noção de quanto tempo leva para “rodar um ciclo” de estudos.

Pegue uma folha em branco e desenhe um círculo. Faça as divisões como se fosse uma pizza, mas somente na quantidade de disciplinas que você estabeleceu (no exemplo acima, foram quatro). Escreva cada disciplina com a carga horária em cada divisão. Procure alternar os assuntos para não deixar disciplinas parecidas na sequência.

Cole esse ciclo na parede ou em seu mural e siga a sequência. Simples, não?

Vantagens

A vantagem do estudo em ciclos é que você não depende de um horário fixo para estudar. Isso é particularmente interessante para quem tem filhos, trabalha fora ou tem uma rotina com horários bagunçados. A outra vantagem é que você rotaciona os assuntos, de modo que todos têm sua devida atenção no tempo certo.

Eu tenho aplicado e gostado bastante. Costumava fazer quadros com horários mas, se algo atrapalhasse o meu dia (algum imprevisto, que sempre pode acontecer), adeus rotina. Com o ciclo, isso não acontece mais. E claro que você precisa ter a disciplina necessária para estudar, mas isso aconteceria com ou sem horários.

É assim que eu tenho feito diariamente, independente de estudar 3h ou 8h.