Categoria(s) do post: Áreas da Vida

O escritório no nosso apartamento na verdade é um terceiro quarto bem pequeno, com 2,5m de largura e 2,1m de profundidade. Ele não tem armários instalados, então eu pude cobrir uma das paredes com uma estante para colocar os meus livros. O planejamento desde o início era colocar uma mesa razoavelmente espaçosa na parede em frente à estante e duas prateleiras para fazer algo mais ou menos assim:

Imagem: Martha Stewart

(In)felizmente, antes de comprar as prateleiras, me atentei para o fato de que aquela parede era também a parede do banheiro da suíte e poderia comprometer o encanamento. Pedi a planta hidráulica para o proprietário e, teoricamente, daria para furar, mas era arriscado. Resolvi não ter essa dor de cabeça e fiquei desanimada desde então, pensando em como eu faria sem as prateleiras. Eu tinha uma série de planos para elas, pois o escritório não só será meu centro de leitura e escrita, como quero finalmente retomar minhas atividades de artesanato que eu gosto tanto. Então quero ter um lugar para guardar material de costura, tintas, pincéis etc, e as prateleiras seriam o lugar certo para isso.

Mas essa semana, em uma noite qualquer, eu fui estudar o espaço com a minha trena. Medi a janela. Medi o espaço da parede com a porta aberta. Medi o espaço entre a estante e a janela. E, numa sala de espera do consultório médico, desenhei no meu caderno um esboço do que poderia ser o escritório. E eu achei que ficou bastante bom!

Resumindo, a mesa que eu quero cabe perfeitamente embaixo da janela. Isso é uma boa decisão porque gosto de escrever olhando pela janela (oi, Carrie). Mas eu preciso de espaço para armazenamento. O que eu pensei foi em instalar uma estante baixinha na parede em frente aos livros, no mesmo padrão da estante deles. Essa estante seria maior que as prateleiras que eu pensei inicialmente e, o melhor: mais resistentes. Sendo assim, eu poderia guardar revistas embaixo, por exemplo. Enfim, fiz todo o planejamento. Meu único receio é depender da loja, pois não sei se eles fazem a estante planejada do jeito que eu quero (a dos livros foi feita assim, mas o modelo é parecido com o que eles já têm). Ainda não fui lá, mas estou torcendo MUITO para dar certo. O plano B é comprar uma estante baixinha normal, mas que certamente não causará o mesmo efeito. Blé. Nem estou pensando nessa possibilidade.

Essa solução não é perfeita porque vai colocar no chão mais uma coisa, mais um móvel, e dá um certo medo de ficar poluído visualmente. Porém, infelizmente é o que temos para hoje. O espaço é pequeno para eu fazer tantas exigências, é alugado e não posso me queixar muito das mudanças que não posso fazer. O que não dá também é para eu ficar sem as soluções que preciso, pois um home-office deve ser funcional.

Tirando a prateleira na parede, o aproveitamento do espaço deve ficar bem parecido com isso aqui:

Imagem retirada do Pinterest

Meu planejamento de compra de móveis para este mês então é o seguinte:

  • escrivaninha
  • uma boa cadeira
  • estante

Como esses três serão gastos consideráveis, não pretendo mais comprar e instalar as cortinas este mês. Fica para a próxima. Em setembro vou organizar a sala e também terei muitas compras para fazer, e não quero ficar com dívidas grandes. Mas ainda falta muita coisa para comprar, como pastas, fichários, caixas, suprimentos de escritório mesmo. Sinceramente? Essa é a parte boa. =)

E é isso. Agosto é o mês de colocar a coisa toda para funcionar de verdade. Com certeza vou ter mais pique para escrever, estudar, enfim, fazer tudo o que eu gosto. Atualmente tenho que ficar revezando entre a sala e o quarto quando quero escrever, mas naquele desconforto que todas(os) nós conhecemos. Nada como ter uma mesa na altura certa, uma cadeira confortável, a iluminação, tudo por perto. Outro papo.

Quem é mãe e consegue entender a importância de ter um cantinho só nosso dá um curtir! ;D

Meu nome é Thais Godinho e eu estou aqui para te inspirar a ter uma rotina mais tranquila através da organização pessoal.