Categoria(s) do post: Plenitude & Felicidade

Talvez seja o momento de você olhar todas aquelas coisas que você sempre quis mudar na sua casa mas nunca teve tempo.

Talvez seja o momento de aprender a meditar.

Talvez seja o momento de revisar toda a papelada em casa, digitalizar documentos importantes, reorganizar as pastas.

Talvez seja o momento de estudar direito inglês.

Ou aprender um novo idioma. Ou estudar melhor português.

Talvez seja o momento de elaborar um novo projeto de pesquisa que você já queria fazer faz tempo, mas nunca tinha tempo.

Talvez seja o momento de voltar a fazer as refeições junto com a sua família, sem celular, com conversas sobre o dia, os sentimentos, a piada que ouviu.

Talvez seja o momento de relembrar histórias.

Talvez seja a hora de voltar a tocar aquele seu violão que estava parado e você nunca quis vender porque sabia que em algum momento ia pegá-lo de volta.

Talvez seja o momento de ler todos os livros não lidos na sua estante.

De ouvir aquele seu disco preferido que você nunca mais tinha ouvido com calma, da primeira até a última música.

Talvez seja o momento de revisar as pastas no seu e-mail.

Talvez seja o momento de escrever um diário. Ou começar um Bullet Journal.

Talvez seja o momento de organizar as fotos da família em uma grande sessão coletiva para relembrar memórias.

Talvez seja o momento de buscar um curso online sobre um assunto que sempre te interessou mas você nunca teve tempo de encaixar no seu dia a dia.

Talvez seja o momento de ligar para cada um dos seus amigos e bater um papo como vocês não fazem desde a adolescência.

Talvez seja o momento de você finalmente começar a escrever aquele livro que você sempre sonhou a escrever. Ou a criar um blog, ou um canal no YouTube, para seus netos verem seus vídeos na posteridade.

Talvez seja o momento de reassistir todos os seus filmes preferidos.

Talvez seja o momento de montar aquele quebra-cabeça de 3.000 peças que está guardado na parte de cima do armário, pegando pó.

Talvez seja o momento de mostrar para os seus filhos como é o seu trabalho.

Talvez seja o momento de usar aquelas roupas que você adora mas deixa guardadas para uma “ocasião especial”.

Talvez seja um bom momento para revisar todos os seus projetos em andamento e planejar com mais detalhes aqueles que pode focar em concluir mais rapidamente.

Talvez seja o momento de colocar o sono em dia.

Talvez seja o momento de ficar sem fazer absolutamente nada por um dia inteiro.

Talvez seja o momento de aprender a cozinhar.

Talvez seja o momento de conversar mais com os seus filhos.

Talvez seja o momento de adotar um animal de estimação.

Talvez seja o momento de começar uma pequena horta em casa e aprender sobre plantas.

Talvez seja o momento de sentir a brisa no rosto, tomando sol (que seja pela janela).

Talvez seja o momento de olhar para dentro.

Um instrutor indiano do método GTD postou esse insight no fórum do GTD Connect e eu amei! Usei a referência para elaborar uma lista de coisas neste post, mas gostaria de creditar a ideia inicial a ele. Obrigada.