Categoria(s) do post: Criatividade

Hoje eu quero compatilhar uma “técnica” (se é que posso chamar assim) que aprendi lendo Napoleon Hill e que também é uma excelente ideia para se pensar antes de dormir. Ele chama de “conselheiros invisíveis”.

Não lembro onde li essa referência pela primeira vez, mas atualmente estou relendo o “Pense e enriqueça” em uma versão nova que foi relançada, e me deparei com a ideia em um dos capítulos.

Em resumo, ele agrupa em uma sala (na imaginação) as pessoas que ele admira. Ford, Copernico, Sócrates, Dale Carnegie – gente de todas as épocas e tipos, desde que ele se identifique com o pensamento dos caras. E ele imagina que estão todos sentados em uma mesa de reunião esperando ele chegar para trazer o “assunto da vez”. Quando ele tem dúvidas sobre algum tema importante, ele leva ao tal “conselho” em sua imaginação e, por conhecer os avatares, ele consegue imaginar como se daria a reunião e o que aconselhariam a ele.

Ele chama o resultado dessa reunião de sexto sentido. Maravilhoso.

O procedimento é o seguinte: toda noite, antes de dormir, deve-se fechar os olhos e imaginar essa sala de reunião com os seus supostos mentores. Ali você tem a possiblidade de se encontrar com eles e apresentar um tema para discussão.

Acho essa ideia divertidíssima e tenho feito desde que li pela primeira vez! No meu conselho eu tenho pessoas como Steve Jobs, Joana D’Arc, David Allen, Dumbledore, Mark Zuckerberg, Martha Stewart etc. Eu acho sensacional, além de divertidíssimo! É um exercício de imaginação e de criatividade que realmente traz bons insights, e eu quis compartilhar hoje com vocês.

Alguém já tinha lido? Já testou a ideia? Deixe um comentário. 🙂