Categoria(s) do post: Rotinas

Percebi que o último post que eu tinha publicado sobre a minha rotina noturna tinha acontecido em 2007 (!). Publiquei outros falando sobre a rotina da família e a rotina do filhote, mas rotina minha mesmo eu ainda não tinha atualizado.

Rotinas não têm a ver com horários necessariamente, mas com uma sequência de atividades que fazemos em situações recorrentes.

Minha rotina noturna pode ser chamada de “rotina antes de dormir” caso você tenha uma situação de trabalho em que trabalhe de noite e durma de dia, por exemplo. 😉

O propósito da rotina noturna é 1) facilitar a vida pela manhã e 2) proporcionar um ritual de janela de sono tranquilo. Por quê? Primeiro, porque eu não gosto de acordar cedo. Por isso, quero desperdiçar o mínimo de tempo de sono pela manhã. Tudo o que eu puder fazer de noite para adiantar eu faço. Segundo, porque sou uma pessoa meio chatinha pra dormir. Se eu perder a janela do sono, “já eras”. Demoro para pegar no sono, e se eu ficar agitada, ou não tiver todo um ritualzinho para pegar no sono, não consigo ter uma noite muito legal.

Eis as atividades que eu costumo fazer então.

  1. Se a louça não estiver lavada, eu lavo. Se estiver lavada, limpo a pia. Esse hábito vem do método FLY Lady e eu já tenho há muitos anos. Não gosto de ir dormir com a pia suja. Dou uma geral na casa no sentido de guardar as coisas que estão absurdamente fora do lugar (tipo uma embalagem vazia que acabou sobrando em cima da mesa ou roupas sujas que não estão no cesto). Tudo muito leve, já entrando em um ritmo mais lento da noite.
  2. Vejo a minha agenda para o dia seguinte: que compromissos terei. Aí olho a previsão do tempo, apenas para me preparar, e então separo a roupa para usar amanhã. Atualmente eu tenho uma arara no quarto, onde penduro essas peças e já deixo tudo separadinho, até sapato, para evitar ficar fazendo bagunça no quarto enquanto meu marido está dormindo. Gosto de pensar em uma peça que quero usar e aí faço uma busca rápida no Pinterest por ideias caso eu esteja sem inspiração para compôr o look.
  3. Ajusto meu alarme para acordar e procuro não usar mais o celular a partir desse momento. Deixo ele na mesa que uso como penteadeira no quarto, longe do meu alcance na cama, senão dá vontade de verificar qualquer coisa.
  4. Se eu for sair de casa cedo, já deixo minha bolsa / pasta / mochila arrumada com o que vou precisar. Checklists ajudam muito nesse processo, caso eu vá para um treinamento ou reunião, por exemplo, pois não me esqueço de levar coisas que sempre preciso.
  5. Preparo um chá bem quentinho. Atualmente, meu preferido é o de camomila com baunilha e mel, da Twinings. Aproveito que estou na cozinha esperando a água esquentar e já tomo minhas vitaminas.
  6. Vou para o quarto. Ligo meu abajour e o difusor de aromas com alguma essência que proporcione o relaxamento, como lavanda. No frio, também gosto de usar essências que me lembrem a floresta, como eucalipto. Também ajuda a respirar melhor…
  7. Deixo na minha mesa ao lado da cama os livros que estou lendo no momento. Sento na cama e escolho qual deles estou mais a fim de ler. Costumo ler um capítulo por dia do livro, aí mudo para outro. Assim, vou variando as leituras e lendo vários livros de uma só vez. Não costumo ler livros que vão agitar a minha mente – apenas leituras mais calmas e reconfortantes.
  8. Quando sinto que o sono está vindo com mais intensidade, paro de ler e vou escovar os dentes e fazer todo o ritual de higiene pessoal noturna. Quando volto para o quarto, gosto de passar um óleo de argan nas pontas dos cabelos e agora estou usando um oleozinho em alguns pontos do rosto também (minha pele fica super ressecada no inverno). Antes de dormir (depois de beijar o marido kkk) eu passo a pomada Bepantol nos lábios e ao redor da boca, que é o ponto mais delicado nessa época em que resseca a pele, por causa da saliva, acredito.
  9. Quando vou desligar o abajour para efetivamente dormir, tomo minha melatonina, coloco a máscara nos olhos (qualquer luz me incomoda) e tento desligar. Uma coisa que tenho adorado fazer já há alguns anos é ir dormir nesse momento sempre pensando em algo bom – agradecendo algo legal que aconteceu no dia, pensando em uma próxima viagem, lembrando de um momento gostoso que tive com o filhote no dia, essas coisas. Isso me permite dormir com a mente feliz e calma.

Não importa o horário, antes de dormir é a rotina que eu normalmente sigo e funciona bem para mim. É claro que existem dias em que saímos à noite e chegamos tarde, e eu não vou limpar a pia ou ler, por exemplo. Mas, de modo geral, na maior parte dos dias, a rotina acima é a que eu faço mesmo, diariamente.

E você, tem uma rotina noturna? O que você costuma fazer?