Categoria(s) do post: GTD™, Áreas da Vida

O que te permite desligar o computador e ir assistir Strange Things sossegado?

O que te permite largar o projeto e abrir uma cerveja?

O que te permite sentar com seu filho na sala e brincar sem se preocupar com os e-mails não respondidos?

O que te permite ir ao cinema na terça-feira à noite?

O que te permite acordar mais tarde na segunda-feira de manhã?

O que te permite ir lá fora brincar com os seus cachorros no meio de uma tarde de quarta-feira?

O que te permite tirar férias?

O que te permite pegar o violão na tarde de domingo sem se preocupar com a segunda?

O que te permite ir regar as plantas no jardim?

O que te permite preparar uma refeição com calma no meio da semana?

fazer-nao-fazer

Você só pode se sentir bem com o você não está fazendo quando você sabe o que não está fazendo. – David Allen

Isso significa que, se você tem seus projetos sob controle, seus prazos – tudo o que você precisa fazer, de alguma maneira, organizado, – você fica tranquilo(a) para deixar tudo isso de lado e fazer algo que não estava “na sua lista” – e geralmente isso é uma coisa criativa, relax, de lazer, inusitada, inesperada, corajosa. Você simplesmente consegue fazer todas essas outras coisas sem se preocupar, sem se culpar, e consegue estar presente naquele momento.

Enquanto essas coisas ocupam espaço na sua mente, te preocupando, porque estão desorganizadas, elas não liberam espaço para você estar presente e despreocupado, curtindo aquilo que realmente importa.

É por isso que vale a pena se organizar. Não para “ser organizado(a)”. Mas para conseguir viver e ser feliz com todas as coisas que não precisam ser organizadas.

O primeiro passo é ter o hábito de tirar as coisas da mente. Anotar em um papel, no computador, gravar – passar para um dispositivo de coleta, enfim. Depois, esclarecer o que aquilo que você coletou significa. Demanda algum tipo de ação? Sim? Eu que devo fazer? Outra pessoa? Se sou eu, tem prazo certo? É rápido, posso fazer agora? É um projeto? Se não demanda, onde posso guardar como referência? Posso querer me lembrar disso no futuro? Depois, preciso revisar com regularidade essas informações para garantir que minhas listas estejam atualizadas, de modo que eu não perca nada. E, no dia a dia, vou executando aquilo que precisa ser feito, sem perder prazos e confiando nas minhas escolhas.

Se você está chegando agora e não sabe do que eu estou falando, esse parágrafo foi um resumo do método GTD, que você pode aprender aqui.