ou

Semana passada, nós finalmente nos mudamos para o apartamento novo. Esse processo de mudança foi complicado, porque não pude organizar a mudança como estou acostumada – eu estava trabalhando intensamente em São Paulo e sem condições de voltar um dia que fosse para Campinas para organizar tudo. Portanto, posso dizer que, juntando todos os dias em que me dediquei à mudança, eu levei uns 5 dias para organizar tudo (encaixotar, desfazer de algumas coisas, contratar caminhão etc). Foi bom? Não, foi corrido e até um pouco estressante. Me dava muita aflição estar trabalhando em São Paulo todos os dias e continuar pagando as contas de um apartamento que eu não estava usando. Por fim, finalmente nos mudamos e as coisas começaram a entrar nos eixos novamente. Ainda estou sem Internet (trapalhadas da Net, que vem resolver ainda esta semana, com sorte), então por isso não postei a continuação da série do GTD no Evernote (preciso estar no meu PC para isso, por causa dos prints).

Porém, toda experiência de vida traz muitos aprendizados. Eis o que eu aprendi com essa mudança:

  • Quando tiver a ideia de uma mudança surgindo no horizonte, comece a selecionar e encaixotar seus pertences. Quando eu mudei de trabalho, no final de junho, eu imaginei que nos mudaríamos somente em janeiro, então não comecei a encaixotar nada. E, a partir da semana seguinte, foram agendados tantos compromissos para mim em outra cidade que eu não tive mais tempo de “ir para casa” cuidar do assunto. Tivemos que antecipar a mudança porque isso estava prejudicando a rotina da nossa família.
  • Se puder pagar, pague para uma empresa que encaixote as coisas para você. Isso facilita muito o processo. (Não foi o nosso caso.)
  • Se puder conciliar duas residências ao mesmo tempo, pelo menos ao longo de um mês, providencie mudanças ao longo desses dias, como ponto de Internet, tv, gás, modificações na rede elétrica e por aí vai.
  • No dia da mudança, preocupe-se em deixar os cômodos minimamente arrumados. É cansativo mas, com um pouco de esforço, dá para deixar com cara de casa logo no primeiro dia. Deixe as caixas menos importantes para organizar aos poucos, mas dê-se um prazo, senão elas ficarão lá para sempre. Pode ser uma boa dedicar 1 hora por dia, todos os dias, para ir abrindo as caixas e organizando o que tem dentro delas.
  • Muitos itens, a gente só vai perceber que não quer mais quando chegar na casa nova. Reserve um lugar para colocar todos os objetos que quiser doar ou se desfazer. Aproveite a mudança para filtrar o que você vai manter na sua casa.
  • Se você não tiver tempo para organizar a chegada da mudança, contrate um personal organizer. Sim, também é nossa função fazer isso. Com um PO, você vai ter a tranquilidade de deixar a organização e a arrumação nas mãos de uma pessoa competente que já deixará tudo prontinho para você.
  • Recicle as caixas que for abrindo. Reserve um canto da residência para deixá-las e, uma vez por dia, leve-as a um posto de coleta de recicláveis. Também pode ser interessante conversar com a empresa que você contratou para a mudnça, pois eles podem ter interesse em ficar com as caixas para estoque.

Eu realmente espero que esta tenha sido a minha última mudança nos próximos cinco anos, no mínimo Amamos nosso apartamento atual e esperamos ficar aqui durante muito tempo.

Obrigada pela compreensão ao longo desses dias. Estou aproveitando para fazer algumas modificações no layout do blog, que comentarei em breve, quando forem finalizadas.

Você tem experiências que gostaria de compartilhar sobre mudanças? Poste nos comentários!

Thais Godinho
14/08/2014
Veja mais sobre:
27
Inspiração do dia: cozinha de verdade
Saiba por que você não consegue finalizar seus projetos (de acordo com o GTD)
Gerenciando o guarda-roupa das crianças

 

  1. Taty 14/08/2014

    Thais, quanto a net, um conselho que eu dou: expirou o prazo, faça logo a reclamação neles e em seguida na anatel. Digo isso pois quando me mudei fiquei 1 mês sem o serviço e só resolveram depois que liguei para a anatel. E vi amigas minhas acontecerem a mesma coisa. A gente liga e sempre falam que vão resolver, que está agendado o técnico pro dia tal mas é mentira. Só com anatel que resolveram.
    Abraços

    • Thais Godinho respondeu Taty 14/08/2014

      Oi Taty, obrigada, mas o problema foi outro. Espero que até amanhã resolvam.

      • Hernane respondeu Thais Godinho 14/08/2014

        Sugiro que mude para GVT ou outra. Os técnicos da NET são quase sempre terceirizados. Não tive boas experiências com eles.

  2. Jack Lins 14/08/2014

    Olá menina,
    Mudança é mesmo muito complicado. Pretendo mudar no ano que vem, e já estou pensando na minha biblioteca, pois os livro ficam muito pesados nas caixas, então precisarei de caixas pequenas para esse fim, só que dessa forma, teremos muito volume, aí já viu, você tenta fugir por um lado, e já pega do outro. Talvez o melhor, seja levar aos poucos, só que é em outra cidade também, enfim, já estou pensando na melhor opção e todas as dicas são muito bem vindas.
    Beijos e fico na torcida pra que você consiga se organizar bem rapidinho por ái.

  3. Claudiana 14/08/2014

    Thais, como eu havia comentado uns dias atrás, eu logo farei dois meses de casamento. Estou amando tudo, principalmente de uns dias pra cá pois estou lendo seus textos e recebendo orientações sobre como me organizar tanto em casa quanto no meu trabalho. E olha que está funcionando… na minha casa tenho mudado meus conceitos sobre lar e o meu tempo tenho aproveitado melhor, lógico, ainda tenho muito a aprender e a mudar. Já coloquei em prática elaboração do menu semanal, rotinas ao acordar e antes de dormir e tenho efetuado declutter todos os dias.
    Já no meu trabalho, nem estou acreditando como em pouco tempo pude fazer tanto. Trabalho em um departamento de garantia de uma concessionária. Tudo relacionado a processos e organização de peças defeituosas e arquivos, são minhas responsabilidades… pensa na quantidade de papéis que passam em minhas mãos por dia. Como o tempo é curto, muitas vezes meu serviço fica acumulado. Tenho cronometrado meus tempos para executar determinadas tarefas, estou me programando através do Evernote e sinto uma diferença tremenda no meu desempenho. Uma coisa que li e achei interessante tanto para o trabalho qto para a casa é que muitas vezes é melhor vc fazer pouco do que que não fazer nada… a verdade é que esse foi o ponto principal que despertou an awakening em mim… “Acooorda!!!!! Vc precisa se organizar e isso não é impossível!!!!!!!!” Foi o que me motivou a iniciar o processo de organização.
    Hj tenho dividido meus processos e análises em grupos… cada dia eu faço um pouco e devagar estou me organizando.
    Então a experiência de mudança que estou tendo recentemente é em mim mesma… para ser mais clara, em minhas atitudes e modo de pensar. Tenho me desprendido de muitas coisas que na verdade hj vejo que não são tão importantes e isso tem me aliviado muito. Ahhh… vou comprar meu caderninho… vejo que preciso urgentemente de uma caixa de entrada.
    Agora vc me pegou em uma coisinha… Estava lendo um post seu sobre como planejar uma mudança. Vi que estou parada no item 2. Estimar datas.
    Me casei e ainda não mudei por completo. rsrsrsrs…. Minhas coisas “quase todas” ainda estão na minha mãe. Não encaixotei, não eliminei e muito menos levei o que tinha que levar para a nova casa… Fomos só eu, algumas roupas, sapatos, meu violão e teclado. O restante ficou para trás me esperando e de vez em quando eu preciso de algo, tenho que ir buscar, e olha que minha mãe mora longe de mim hein!!!!
    Então vamos fazer o seguinte… vou planejar a minha mudança e me organizar, assim que tiver concluído eu te digo como foi.

    • Thais Godinho respondeu Claudiana 14/08/2014

      Boa sorte e obrigada por compartilhar. Vamos superando nossos desafios diariamente, não é?

      • Claudiana respondeu Thais Godinho 15/08/2014

        Obrigada! E é verdade todos os dias temos opções de escolhas: buscar o novo ou permanecer inerte. Hj minha escolha é o novo, mesmo sabendo que preciso abandonar minha zona de conforto. Bjs…

  4. Victoria 14/08/2014

    Mudanças realmente trazem diversas experiências! Eu que morei durante 10 anos na mesma residência, tive um pouco de dificuldade de adaptação, e depois de 18 anos morando em Taboão da Serra, tive que mudar de cidade devido ao trabalho e a faculdade! Mas agora também estou com os pés no chão e feliz onde moro! Não pretendo mudar tão cedo…. rs

  5. Camila 14/08/2014

    Moro na mesma casa a 20 anos e sei quando me mudar daqui (moro com os meus pais) vai ser bem complicado, não pela mudança em si, mas pelo apego que tenho pela casa. Você sentiu alguma dificuldade nesse sentido?

  6. Fernanda 14/08/2014

    Tais, depois coloca fotos do apto novo!! Estamos curiosas!!! Bjs e boa sorte na nova casa!

  7. Milena 14/08/2014

    Obrigada Thais!!!
    Mesmo num período tão conturbado você ainda consegue ver o que pôde aprender e ainda ajudar os outros!! É por esse e muitos outros motivos (espontaneidade, simpatia, heart writing) que me tornei fã e grande divulgadora do seu blog!!
    Obrigada a você por tudo!!!
    Um beijo,
    Milena.

  8. Douglas 14/08/2014

    Poxa Thais não me aguento de tanta ansiedade para a continuação do Guia! alguma previsão?

    Gostei muito do poste na Nestle tenho um filho 🙂

    Seu livro deve ser o segundo que vou comprar na Amazon (sempre li muito lá, mas os grátis 😀 ) o primeiro foi o Organizando a vida com o Evernote, por indicação sua 😀

    Abraços e sucesso! no aguardo.

    • Thais Godinho respondeu Douglas 14/08/2014

      Assim que a senhora Net instalar minha Internet em casa eu continuo. ;D

  9. A dica de contratar alguém para encaixotar para você é a mais precisosa de todas. Embora renovador, mudar-se cansa e nos dá um trabalho enorme!

  10. Valéria 14/08/2014

    oi Thais! o layout (não sei se continua se escrevendo assim… ) ficou muito legal!
    letras maiores são um bom chamariz principalmente para quem tem a vista cansada de ficar o dia todo na frente do micro… e chega a noite sem condições nenhuma de leitura. Amei!

    a única coisinha que estranhei – e não sei se isso faz parte de uma estratégia sua – foi os baners de posts ficando logo acima da matéria… como eu estava acostumada a deixar o blog em aba fixa, no que eu clicava na aba, já aparecia o título da matéria nova, e em caso de atualização da página, imediatamente sabia se tinha alguma novidade… agora é necessário rolar a página para saber essas coisas.

    talvez seja eu a chata, e se for o caso, apenas ignore. quis só dar uma contribuição do meu ponto de vista.
    quem sabe seja só também pq eu vejo o blog apenas em notebooks, que tem tela wide não muito grande (15″).

    De qualquer forma, parabéns! ficou linda a nova aparência e estou muito contente com as novas atividades suas!!

    bjos e muito sucesso por vir!

    • Thais Godinho respondeu Valéria 14/08/2014

      Ainda não foi finalizado, mas obrigada! Estamos mexendo.

  11. Carla Corrêa 15/08/2014

    Olá Thais

    Eu passei por três mudanças, e olha não gostei nem um pouco das experiências. Minha cidade é pequena, não contamos com serviços de empresas de mudança, a mudança por aqui é com colaboração de família, todo mundo pega no pesado rsrs. Meu marido que sofreu. Me mudei a primeira vez quando fui morar com marido, odiei a casa, a segunda me mudei grávida de 3 meses, pra uma casa que estava tudo certo para comprar depois de oito meses a dona pediu a casa porque não poderia mais vender por conta de herdeiros, imagina o desespero nós com um bebê de dois meses a procura de outra casa, graças a Deus conseguimos uma e hoje conseguimos comprar e estamos na nossa casa. Se eu tivesse conhecido seu blog antes das mudanças com certeza me ajudaria muito, pois foi muito difícil as minhas.

    Já estou providenciando seu livro.

    Beijos e sucesso.

  12. Adriano 15/08/2014

    Thais, passei por mudança no final do ano passado. Nós mudamos de cidade pela primeira vez. Foi muito estressante porque nós temos muitas coisas! Mas foi importante pra ter uma noção do tanto de coisa que a gente tem, não usa, mas continua guardando. Aliado às dicas do seu blog, estou conseguindo me organizar muito mais agora. Já tenha aquela consciência de processar tudo o que chega, sejam informações, objetos, deveres ou papelada e isso está sendo muito valioso agora que estou estudando de manhã e trabalhando até à noite. Te agradeço muito mesmo! Ah, aproveito pra contar que já comprei seu livro e vou levá-lo à Bienal (24-Domingo) e estou ansioso pra te encontrar e pegar o autógrafo *-*

  13. Adriana castor 15/08/2014

    amei as dicas pois Thais estou me mudando em outubro para outra cidade .obrigado valeu bjs <3

  14. Carla Renata Ferreira 15/08/2014

    Thais, mais algumas dicas sobre mudanças, Pode?
    Quando sai da casa dos meus pais separei um cantinho para colocar todas as minhas coisas e jogar fora tudo o que eu não precisaria na nova casa. E olha que, depois de três anos, ainda encontro coisas minhas na casa deles, afff.
    Se você puder se desfazer de algumas coisas antes da mudança, melhor. Se não, mesmo que Vc tenha um PO para te ajudar, procure estar junto o tempo que vc puder porque depois fica difícil se desfazer de coisas que estão tão bem guardadas. E, é claro, o PO não jogará nada fora se vc não estiver junto para concordar.
    No dia a dia, mesmo que não tenha uma mudança pela frente, tente manter em casa apenas aquilo que é essencial. Eu tento imaginar como seria minha vida numa kitnete e procuro manter apenas o que caberia nela. Vai que, da noite pro dia, eu precise me mudar para uma, Né?
    O que dói é encaixotar livros, cds e discos. Com o tempo alguns (poucos, muito poucos) também podem sair.
    A mudança na nossa vida é essencial. Muitas filosofias utilizam a figura da Trindade para representa-la. No ioga é a dança de Shiva que a provoca para que Brahma construa novas perspectivas e Vishnu mantenha as escolhidas.
    Boa mudança a tod@s.
    Abraços, Carla.

  15. Thais, já comentei noutro post sobre dicas de mudança. Demorei um pouco mais que você para assimilar como transcorreu tudo, mas achei nossa última a mais organizada. Apesar de gestante de 6 meses, consegui colocar a mão na massa legal. No blog fiz 5 considerações sobre nossa última mudança link = http://bit.ly/1BkN9LB, e também sobre como foi reorganizar a nova casa link = http://bit.ly/1t30ww0. Só não escrevi como é difícil entrar na nova rotina, principalmente quando se tem filhos pequenos, e o mundo deles parece que vira de cabeça pra baixo quando não ganha a mesma atenção que antes, sei lá, achei essa parte a mais difícil. Com filhos adolescentes também deve ser ainda mais difícil. Também não gostaria de vivenciar uma mudança tão cedo novamente, rs… abraços, espero ter contribuído com sua reflexão!

  16. Priscila 27/02/2015

    Thais, eu quero mudar, o apartamento que estou morando não é nosso… ele é grande. Meu esposo gosta demais desse apartamento, mais eu não. Vou descrever, são 6 cômodos grandes, lavandeira e varanda… eu estou há 3 anos aqui. Não sei, enjoei, ele é muito grande… eu vou tentar fazer algumas mudanças aqui mesmo nesse atual apartamento, só não sei como :/ por favor me ajude com dicas!??? cores…objetos… Thais obrigada!

    • Thais Godinho respondeu Priscila 01/03/2015

      Olá querida, não sou decoradora… acho que seria legal você buscar inspirações no Pinterest de acordo com os seus gostos, para encontrar dicas legais. Espero que ajude. Bjs