Categoria(s) do post: Rotinas, Dicas de produtividade, Vida Organizada

Este post é um breve lembrete.

A arte mais simples da Vida Organizada é andar sempre com um caderninho e uma
caneta com você.

Papel não acaba a bateria.
Papel é mais rápido de anotar.
Papel não tem limitações sobre o formato.

Lembrou de alguma coisa? Anota. Quando chegar no computador ou no seu espaço de trabalho, você lida com aquela demanda para organizar na agenda ou em uma lista de afazeres.

Comece com qualquer caderninho que você tenha em casa. O menor possível, pra não ser chato ter que carregá-lo pra lá e pra cá.

Comece hoje. Agora. Vai ajudar demais. Não “segure” as coisas na sua cabeça.

Meu nome é Thais Godinho e eu estou aqui para te inspirar a ter uma rotina mais tranquila através da organização pessoal.

Deixe seu comentário

3 comentários

  1. Julia Sampaio comentou:

    Thais! hoje mesmo precisei de uma papel e -principalmente- caneta e infelizmente não tinha as mãos. Este post caiu como uma luva! Quando li, dei um leve risada lembrando do acontecido. Tem razão, levar sempre que possível papel e caneta.
    Um grande abraco e ótimo mês.

  2. Maria Gorete comentou:

    Achei show essa dica e sugestão. As razões para ter o caderninho foram muito bem elencadas. Gratidão sempre!

  3. Miriam Góes comentou:

    Tem pouco tempo que comecei levar mais a sério essa ideia. Eu sempre amei ter cadernos e agendas, mas esquecia de anotar, ou tinha preguiça, porque também me preocupava com a estética da anotação rsrsrs.
    Agora tenho um caderninho pra generalidades e um oficial, onde coloco o que realmente importa, e do jeito que eu gosto.
    Suas dicas são ótimas, como sempre! Obrigada!