Categoria(s) do post: Diário da Thais, Plenitude & Felicidade, Anual

Esta semana, como parte dos meus planejamentos para o ano novo, fiz uma revisão de missão. Foi um exercício muito importante – quase como desembaçar os óculos. Ajuda a ter uma visão mais clara do que você pode escolher que venha pela frente.

Todo bom planejamento começa com a revisão da missão da empresa. Por que ela existe?

O verbo é importante. “Inspirar”. Inspiração é o fogo interior. O poder de criação a partir do que te inspira.

Mente tranquila, rotina tranquila. É o resultado desejado que temos para você através do que ensinamos.

Organização pessoal,
Produtividade compassiva,
Planejamento de vida

São a base do nosso trabalho.

A missão pode ser refinada com o tempo. A primeira versão da missão do Vida Organizada foi escrita em 2012. Hoje, 10 anos depois, ela ainda nos inspira, mas certamente terá ajustes nos próximos 10, 20, 50 anos.

Este é um trabalho para a vida. Queremos construir um legado.

A UEP nasceu em 2021, de uma necessidade de pensarmos melhor as trilhas de aprendizagem que desenhamos a partir do Método Vida Organizada.

A primeira versão da nossa missão está na imagem. Acreditamos que contemple o “por que” do nosso trabalho.

O grande objetivo é a emancipação do trabalho – a superação do capitalismo como meio de produção em busca de um futuro aem desigualdades sociais. O verbo não foi escolhido ao acaso: trabalhamos com EDUCAÇÃO, e acreditamos que, com isso, a gente APOIE essa revolução.

Através de cursos, pesquisas e programas educacionais baseados nas ideias de trabalho de base, consciência de classe e uma visão de produtividade crítica.

Temos MUITO trabalho pela frente. Consideramos um trabalho urgente para lidar com as demandas e sofrimentos do trabalho no nosso tempo.

A própria ideia de uma missão pessoal pode colocar uma carga desnecessária nas nossas costas.

O objetivo final de todo ser humano é ser feliz, e essa missão basta. No entanto, um objetivo baseado em SER, PARA, ATRAVÉS DE pode ser útil para compreender o que se está fazendo aqui neste mundo.

Escrevi uma primeira versão dessa missão em 2016. Atualmente, ela está como na imagem. Eu gosto. Ela me inspira e me coloca no eixo de quem eu sou caso eu esteja “voando muito” por aí.

“Leve, criativa e bem-humorada” são características que me definem de uma maneira muito significativa. Revisar essa missão também me lembra delas. Será que tenho agido de maneira alinhada a essas características tão essenciais?

Eu gosto muito do uso da palavra “dom”. Acho ela bonita. Vejo que muito do que eu faço, seja na vida pessoal, no trabalho, como MÃE, tem a ver com isso. Não se trata exatamente de trabalho, mas de despertar isso através de conversas e tudo o mais.

Revisar essa missão de tempos em tempos, mas especialmente nesta época do ano, é um ato fundamental para mim. A missão serve como lentes para ver o mundo. O que vejo a partir dela? É o que procuro construir todos os dias.

Meu nome é Thais Godinho e eu estou aqui para te inspirar a ter uma rotina mais tranquila através da organização pessoal.

Deixe seu comentário